6 dicas para uma decoração oriental

18 de fevereiro de 2019
A decoração oriental é minimalista e tem como objetivo proporcionar uma atmosfera mais harmoniosa para a casa. Hoje, compartilharemos algumas dicas simples para começar a implementá-la em casa.

Certamente, a decoração oriental se tornou uma tendência para dar um ar renovado às casas no Ocidente. Embora tenha sido implementada há muitas décadas, nos últimos anos ela se tornou popular por ajudar a recriar ambientes minimalistas e tranquilos.

De fato, é uma das mais procuradas entre as pessoas que querem alcançar um equilíbrio energético em sua casa. Embora não se trate precisamente de implementar o Feng Shui, abrange o uso de elementos decorativos que têm um significado espiritual muito especial.

Você ainda não conhece as chaves para obter uma decoração oriental na sua casa? Neste artigo queremos compartilhar algumas dicas simples para que você possa começar a apreciar este estilo exótico nos seus espaços favoritos.

Dicas para conseguir uma decoração oriental

Para obter uma decoração oriental, existe uma regra básica: menos é mais. Uma característica marcante na definição do estilo é o uso apenas do necessário, do essencial no ambiente. Este estilo se caracteriza por apostar em ambientes tranquilos, pouco carregados e com tons que transmitem tranquilidade. Além disso, convida a usar móveis e elementos decorativos que dão um ar harmonioso.

Agora, não se trata apenas de adquirir acessórios japoneses ou chineses. Também vale a pena lembrar que é possível incluir detalhes asiáticos de outros países, como a Índia ou a Turquia. Você quer utilizar essa decoração na sua casa? Então siga as dicas que daremos a seguir.

1. Criar ambientes sóbrios

 Criar ambientes sóbrios

Uma das principais características da decoração oriental é o seu estilo sóbrio e pouco carregado. Isto ocorre devido à necessidade de obter espaços harmoniosos e de paz. Além disso, permite alcançar um melhor contraste entre os elementos de tons frios com cores mais marcantes, como vermelho ou preto.

É importante ter em mente que o objetivo é conseguir um interior equilibrado e minimalista. Portanto, enfeites desnecessários ou combinações de cores inadequadas devem ser evitadas. Os tons de branco, marrom e bege também se encaixam perfeitamente neste estilo.

2. Escolher materiais naturais 

Escolher materiais naturais

Os materiais de origem natural predominam em quase todas as culturas orientais. Embora nos últimos anos os elementos decorativos industriais e sintéticos tenham aumentado, originalmente são preferidos os que são feitos de madeira, bambu, seda, papel de arroz, entre outros.

Esses tipos de materiais têm um significado espiritual relacionado à conexão com a natureza. Eles oferecem muitas possibilidades quando se trata de obter diferentes contrastes na decoração dos quartos ou salas da casa.

3. Escolher móveis baixos

móveis baixos

O uso de móveis mais baixos do que o normal é ideal para apreciar a decoração oriental em casa. Essa característica em particular é uma das mais tradicionais no continente asiático. Geralmente são utilizados futons ou camas baixas para o quarto, como se faz no Japão.

Além disso, também é possível optar por sofás ou bancos colocados quase ao nível do chão, que podem contrastar com armários e mesas de cabeceira com pés altos e quadrados. Por sua vez, isso poderá ser complementado com tatames ou tapetes macios.

4. Usar painéis japoneses

 painéis japoneses

Os painéis japoneses são semelhantes à popular persiana que está tão em moda. Eles são ideais para as casas cujos quartos têm grandes janelas e espaços muito iluminados. Dependendo do tamanho escolhido, é possível cobrir uma parede inteira tanto na largura quanto no comprimento.

Portanto, eles são fáceis de instalar e podem ser comprados em diferentes cores, padrões e designs. Nesse sentido, como a ideia é conseguir uma decoração oriental, é aconselhável escolher tons de branco ou bege, ou o tom natural clássico dos painéis de bambu.

5. ‘Vestir’ o chão com tapetes

 Vestir o chão com tapetes

O minimalismo e a simplicidade são características próprias da decoração oriental. Apesar disso, o uso de tapetes ainda é válido para alcançar este estilo. De fato, vestir os pisos, como é feito com paredes e janelas, sem dúvida dá um ar mais harmonioso aos espaços.

Portanto, um tapete persa, turco ou paquistanês sempre será um bom complemento. Naturalmente, é essencial ter em mente que o seu design deverá combinar tanto com os móveis quanto com as cores da casa. Além disso, ele não deve estar saturado com muitos acessórios em cima, pois dessa forma, poderia perder o seu destaque.

6. Acessórios para a decoração oriental

 

Finalmente, vale a pena destacar alguns dos acessórios que são usados para criar uma decoração oriental. Os mais usados são, por exemplo:

  • Pinturas asiáticas com letras ou detalhes chineses
  • Almofadas
  • Estátuas pequenas ou porcelanas
  • Castiçais e incensos
  • Bonsais e plantas de interiores
  • Lanternas chinesas

Então, você ousaria decorar a sua casa com um estilo oriental? Se você é um amante do minimalismo, não hesite em seguir todas essas dicas.