Apartamentos de solteiro: chaves para decorá-los

6 de março de 2019
Existem três chaves principais para a decoração de apartamentos de solteiro: funcionalidade, estilo e conforto.

A decoração dos apartamentos de solteiro é algo de grande importância para aqueles que acabaram de se tornar independentes da família. E, embora à primeira vista possa parecer um desafio começar do zero, a verdade é que ter uma “folha em branco” nos dará muitas opções quando se trata de conseguir um espaço com estilo e personalidade.

Aqui está a primeira chave: personalidade. Todo apartamento de solteiro deve refletir as preferências do seu morador. Talvez nem sempre de uma forma contundente, mas sem dúvida presente, de uma forma ou de outra.

Chaves para decorar apartamentos de solteiro

Tendo em vista que nem todos os apartamentos de solteiro têm a mesma dimensão, é importante levar em conta o espaço disponível em cada um. No entanto, é fato que a maioria geralmente é de tamanho pequeno ou, melhor dizendo, com medidas precisas.

Chaves para decorar apartamentos de solteiro

Sim, além de terem personalidade, os apartamentos de solteiro devem ser espaços práticos. De certa forma, eles podem ser interpretados como um local de transição entre a casa dos pais e a futura casa própria (com família ou não).

Obviamente, isso se traduz na decoração como funcionalidade e estilo, mas acima de tudo, conforto. A seguir, veremos como obter esse trio e como adaptá-lo a cada espaço: seja com um ou com mais cômodos.

Aspectos a serem considerados

  • É aconselhável usar cores básicas: branco, cinza, preto. Ou então uma paleta neutra em tons terrosos, como marrom-claro e bege, por exemplo.
  • Se o apartamento for pequeno e tiver apenas um cômodo, não é aconselhável fechar os espaços; é melhor tentar integrá-los.
  • Embora seja um toque opcional, esta é uma boa contribuição porque ajuda a criar uma atmosfera mais relaxada e madura: incluir algumas pequenas suculentas e, adicionalmente, um prato com cerca de três velas de diferentes tamanhos.
  • Variar texturas trará diversidade e riqueza. Ou seja, não há necessidade de ter tudo de madeira, é possível incluir algo de metal e de outros materiais.
  • Incluir poucos móveis, porém funcionais. Também é necessário dar uma chance a móveis multiuso, como por exemplo sofás dobráveis, camas com gavetas, etc.
  • Poucos acessórios, mas com personalidade. Ou seja, que chamem a atenção ou então que sejam curiosos e interessantes.
  • A iluminação é extremamente importante! Então, é necessário lhe dar prioridade. Caso o cômodo seja pequeno, uma boa iluminação fará com que pareça muito mais espaçoso e confortável.
Área de trabalho à mostra

Área de trabalho à vista?

Hoje em dia, os escritórios em casa ou áreas de trabalho ficam à vista nos apartamentos de solteiro. Eles oferecem um toque interessante e, certamente, muito maduro e chique para a decoração. Então, se você tinha dúvidas, já pode desconsiderá-las e começar a procurar uma maneira de exibir a sua escrivaninha.

Exponha as suas paixões

Da mesma forma que está na moda mostrar a área de trabalho, o mesmo acontece com os hobbies. Então, se você tem uma prateleira, estante, ou outros móveis desse tipo, não hesite em expor o que você mais gosta: livros, quadrinhos, videogames, figuras, brinquedos vintage, discos de vinil, CDs e assim por diante.

Os cantos de leitura são uma excelente aposta para criar um ambiente maduro e, ao mesmo tempo, um tanto quanto boêmio. Ele não precisa ser composto por uma mesa e uma cadeira; você poderá colocar um pufe pequeno ou uma poltrona confortável perto da janela, uma luminária de chão ou de parede e colocar alguns livros sobre uma caixa de paletes pequena.

Caso haja espaço suficiente disponível, poderá ser incluída uma pequena área de jogos para quando houver visitas. Também é possível considerar a inclusão de outros objetos, como um frigobar, por exemplo.

Em resumo, decorar apartamentos de solteiro não precisa ser um pesadelo de forma alguma. Basta ter certeza sobre o que é mais importante e manter uma estratégia simples e organizada ao incluir os diferentes objetos.