Baú: um recurso decorativo romântico e alternativo

· 23 de setembro de 2018
O baú se define como um móvel muito interessante para a decoração da nossa casa. Proporciona um conceito estético romântico, ousado, rural e alternativo.

Pode-se atribuir um conteúdo estético original para um ambiente através do mobiliário. Por isso, trazemos para você um elemento inovador e, ao mesmo tempo, funcional: o baú. É um recurso decorativo romântico e alternativo.

Podemos quebrar a dinâmica da decoração através da utilização de outros tipos de móveis. Neste caso, o baú se configura como um conceito decorativo incomum. Poucas casas possuem um e, fornece ao ambiente, características originais.

Na maioria das vezes, o baú é herdado dos nossos antepassados; no entanto, atualmente os grandes centros comerciais já vendem baús com uma estética antiquada, como se a passagem do tempo tivesse afetado a madeira.

Concepção estética do baú

Séculos atrás, os baús eram utilizados ​​como “mala” para transportar bagagem; ou seja, era um recipiente utilizado pelos viajantes para guardar roupas, utensílios e outros itens.

Baú antigo de madeira

Muitos emigrantes espanhóis que vieram para a América do Sul a partir do século XIX e início do século XX, trouxeram os seus baús. Atualmente, os baús ganharam fama pela importância decorativa e histórica que têm.

Nas casas antigas, sejam dos nossos avós ou bisavós, havia um baú guardado no sótão ou no depósito. Atualmente, os designers de interiores têm visto nesses baús um novo conceito estético que proporciona um ‘diferencial’ para a casa.

Evidentemente, a sua estética não se encaixa em todos os tipos de designs decorativos. No entanto, transmite um sentido inovador, casual, refletindo um caráter histórico e, ao mesmo tempo, tradicionalista.

-O baú é um móvel a mais da casa; deve ter o mesmo protagonismo que o restante do mobiliário.-

O baú dentro do estilo rústico

Se fosse necessário determinar o significado do baú e, além disso, o estilo em que melhor se encaixa, o rústico seria o mais conveniente. Fornece esteticamente as seguintes características:

  • Sentido histórico: por sua utilização no passado por viajantes, possui um valor histórico que agora pode ser explorado para a decoração da casa.
  • A cor da madeira: o tom marrom-queimado da madeira do baú e da superfície desgastada transmitem um toque romântico, tradicional, rural e informal.
  • Rebites de metal: o baú possui reforços de metal que se encontram normalmente desgastados; dessa forma, é complementado pelo desgaste da madeira.
  • Apesar de não ser de grandes dimensões, atrai o olhar dos convidados. Tudo se deve ao seu conceito de originalidade e rusticidade, nos transportando para o mundo rural.

-O conceito estético onde o baú melhor se encaixa é o estilo rústico.-

Funcionalidade de um baú

Como dissemos anteriormente, um baú pode proporcionar um conteúdo estético único, que contribui para a harmonia do ambiente e que, além disso, serve como mobília para diferentes propósitos.

Evidentemente, o baú será colocado no chão. A sua consistência e tamanho não permitem que seja colocado nas prateleiras, a menos que seja pequeno.

Em um quarto, atribui um sentido muito romântico, rural, campestre e alternativo. Da mesma forma, também pode ser colocado na sala de estar. Deixa o ambiente mais descontraído e traz o mundo do campo para o interior da casa.

Por outro lado, poderá ter uma função muito importante: guardar utensílios; dessa maneira, ajudará a organizar a casa, escondendo alguns objetos e economizando espaço.

Baú de madeira na quarto

O que você pode fazer se tiver um baú em casa

Imagine que você tenha um baú dos seus antepassados ​​ou simplesmente o comprou em um antiquário. É possível que não se encontre em bom estado de conservação e que precise de um tratamento. Tenha em mente as seguintes dicas:

  • Verifique o estado em que se encontra: se há partes quebradas, rachaduras ou partes faltando. Se você acha que é possível restaurá-lo, vá em frente.
  • Limpe com um pano e água. É muito provável que haja sujeira; verifique também se há cupins.
  • Lixe e remova as impurezas que possam estar na superfície; é importante que não haja lascas salientes que possam causar danos à pele.
  • Em seguida, pinte da cor que preferir. Os tons castanhos ficam muito bem e, se forem combinados com verde, preto ou granada, podem ficar com um aspecto muito interessante.
  • Envernize para que adquira um aspecto cuidado e esteticamente adequado.

Através deste processo, você poderá ter um lindo baú em sua casa. Escolha um que se encaixe no espaço que você tem disponível e abuse da criatividade. Ele dará ao seu ambiente um ar de leveza, charme e funcionalidade.