Recomendações para ter um aquário em casa

7 de fevereiro de 2019
Ter um aquário em casa lhe permite apreciar um espaço natural e harmonioso. No entanto, você deve saber previamente quais são os cuidados necessários para, dessa forma, escolher a melhor opção.

Tomar a decisão de ter um aquário em casa poderá, inicialmente, representar um desafio. Embora esta seja uma ótima alternativa para contemplar e apreciar um pequeno espaço natural em casa, algumas considerações para a sua manutenção devem ser levadas em conta.

Acontece que não se trata apenas do lugar onde ele será colocado; também é essencial saber com antecedência como eles funcionam, que cuidados requerem e como dar aos peixes um ambiente apropriado para viverem. Você está pensando em comprar um aquário? Então siga estas recomendações.

Dicas que você deverá seguir para ter um aquário em casa

Já faz muitos anos que existe a possibilidade de reproduzir ecossistemas aquáticos dentro de casa. De fato, com os avanços tecnológicos das últimas décadas, passou-se de pequenos aquários para aquários mais chamativos.

ter um aquário em casa

 

No entanto, não se trata apenas de um acessório de decoração para diferentes espaços da casa. Como o cuidado dos peixes é delicado, é necessária tanta atenção quanto ao ter outros tipos de animais de estimação. Por isso, a seguir, falaremos sobre o que você deve considerar:

A escolha dos peixes

Em primeiro lugar, deve-se avaliar que tipos de peixe você quer no aquário. Por isso, é necessário ter certeza se você prefere peixes de água fria ou quente. A diferença entre essas variedades de peixe é que os de água fria são mais resistentes, têm movimentos lentos e costumam ser pacíficos.

Os peixes de água quente, por sua vez, devem permanecer em um ambiente entre 23ºC e 25ºC. Eles geralmente são escolhidos por terem cores mais chamativas; no entanto, eles são mais territoriais e podem provocar brigas pelo seu espaço.

Espaço disponível

Você já definiu a localização do aquário? Este ponto é muito importante, já que o tamanho do aquário dependerá do espaço disponível. Sempre que possível, tire as medidas para, dessa forma, escolher a opção mais apropriada; além disso, a escolha dos peixes e da sua quantidade também serão feitas em função disso.

Piso e plantas

O piso e as plantas são um bom complemento para ter um aquário mais atraente em casa. O piso quase sempre é feito de cascalho, isto é, pequenas pedras coloridas. No entanto, algumas pessoas também adicionam musgos e materiais orgânicos.

As plantas se tornam um refúgio para os peixes. Embora seja possível usar plantas artificiais, é aconselhável usar plantas naturais para dar benefícios extras aos peixes.

ter um aquário em casa

 

Água

Existem várias alternativas para acondicionar a água antes de usá-la para abastecer o aquário. Primeiramente, é possível ferver e então deixar repousar. Outra opção é deixá-la ao sol por um dia. Finalmente, a água da chuva também poderá ser coletada.

Se os peixes forem de água quente, é necessário comprar um aquecedor e um termômetro para controlar a temperatura da água. Caso contrário, existe o risco de que o ambiente mude, causando a morte das espécies.

Alimentação dos peixes

É essencial ter em mente que os peixes não podem ser alimentados “com qualquer coisa”. Uma alimentação inadequada poderá encurtar a sua vida. Portanto, o ideal é lhes dar uma ração especial que é feita com farinha de peixe, ovos, vegetais e vitaminas.

Além disso, eles devem ser alimentados apenas duas vezes por dia, seguindo a regra dos cinco minutos. Isso significa que eles vão receber comida somente durante esse período. Alimentar os peixes em excesso também é prejudicial.

Manutenção

Ao decidir ter um aquário em casa, o tempo para a sua manutenção também deve ser considerado. Não devemos ignorar que ele requer uma limpeza regular para manter as condições ideais. As trocas de água e os cuidados vão depender do número de peixes e da quantidade de alimento que é fornecida.

ter um aquário em casa

 

  • O mais aconselhável é limpar duas vezes ao mês (a cada duas semanas, por exemplo). A troca de água poderá ser feita com um processo simples. Na verdade, você poderá remover apenas a água do fundo, usando uma mangueira e um tubo.
  • O hábito de remover os peixes para a limpeza é coisa do passado. De fato, existem utensílios que permitem que os resíduos sejam removidos sem alterar o ambiente em que eles estão.

Luz artificial

Finalmente, é necessário levar em conta a importância da luz no aquário. Quase sempre são usadas luzes artificiais especiais, pois a luz solar direta pode causar o aparecimento de algas. Essas luzes ficam acesas entre 8 e 10 horas por dia.

Você quer montar o seu próprio aquário em casa? Então, não hesite em seguir estas dicas simples!