A hera cultivada em exteriores: cercas e muros

· 29 de junho de 2018
Você quer mais intimidade em seu jardim? Ou uma fachada única e inconfundível em sua casa? A hera em exteriores é perfeita para ter privacidade e muita personalidade em sua casa.

A hera cultivada em exteriores é uma excelente opção se você quer espaços com privacidade.

Trata-se de uma planta da família das Arallaceae com mais de 15 espécies diferentes. Na decoração, design de interiores e jardinagem, é muito utilizada graças ao seu aspecto, já que é muito bonita.

É uma grande aliada na hora de criar espaços privados.

Além disso, a hera cresce rápido, criando ramificações que se estendem sobre a superfície escolhida. Por isso, é importante ter o compromisso de cuidá-la e de fazer a manutenção necessária para que a planta não invada outras áreas ou até outras propriedades.

No texto de hoje, falaremos sobre o cultivo da hera em exteriores. Uma planta fantástica para criar coberturas vegetais que dão privacidade aos nossos ambientes. 

Como é a hera?

A hera é uma planta utilizada para cobrir muros, paredes e cercas como um carpete, porque é tanto trepadeira quanto rasteira.

Em exteriores, pode ser colocada em muros, paredes e cercas, que não bata muito sol, pois a hera é uma planta que gosta de sombra. Se tomar muito sol, perde o verde brilhante das suas folhas. Realmente, é uma planta muito resistente e podemos encontrá-la tanto em interiores quanto em exteriores.

Além disso, trata-se de uma planta que cresce em climas temperados onde a temperatura está entre -4ºC e 40ºC e a sua manutenção é muito fácil.

A hera de exterior pode chegar a 30 metros de altura. O seu fruto, em forma de baga, é muito venenoso para o ser humano.

Como dissemos anteriormente, há muitas espécies diferentes, mas as heras utilizadas em exteriores são a hera comum e a hera das Canárias.

hera trepadeira

Que são os benefícios das heras?

Muitas pessoas decidem ter uma hera em ambientes externos por conta da estética. Embora a hera traga muita personalidade e presença para uma fachada, há também muitos outros benefícios.

Destacaremos os seguintes:

  • Previne a erosão: quando a hera cobre muros e paredes previne a erosão, porque o impacto do sol, das chuvas e da umidade recaem sobre ela, e não sobre a estrutura.
  • Atua como redutor térmico: geralmente a hera tem alguns metros. Em algumas casas, está presente em toda a fachada. Dessa forma, trazem frescor à casa e absorvem a umidade.
  • Benefícios ao meio ambiente: se você é uma pessoa que se importa com o meio ambiente, gostará de saber que a hera cultivada em exteriores através da sua fotossíntese, absorve gases tóxicos como o CO2 para convertê-lo em oxigênio e soltá-lo novamente na atmosfera.
  • Poucas exigências: a hera é uma planta que precisa de pouca manutenção. Precisa apenas de algumas guias para que cresça na direção que você quer; e de pouco sol, já que o seu desenvolvimento é melhor em áreas com sombra.
  • Versatilidade: as heras são plantas versáteis que podem estar tanto no interior quanto no exterior. Além disso, podem ser rasteiras ou trepadeiras.

Por outro lado, as heras cultivadas em ambientes externos podem ser plantadas em diferentes superfícies. Por exemplo: muros, paredes, fachadas inteiras, em casas, cercas ou jardins.

hera na parede

Como plantar a hera em exteriores?

Depois de conhecer as vantagens das heras, é hora de saber como plantar uma hera em ambientes externos.

Vale ressaltar que é sempre bom ter o conselho e a ajuda de um especialista. No entanto, você também pode fazer isso sozinho.

Em primeiro lugar, você deve escolher a sua espécie de hera preferida.

Depois, escolha o lugar onde você quer que ela cresça: um muro, uma cerca ou a fachada da sua casa.

Depois que escolher essas duas coisas, será o momento de colocar terra fértil e de regá-la muito bem. Você pode utilizar uma jardineira para isso.

É importante que a terra esteja bem úmida, para depois plantar a hera.

Antes de plantá-la, faça buracos na terra para as plantas. O recomendável é que haja 3 cm de distância entre cada buraco, e que cada um deles tenha cerca de 6 cm de profundidade.

Por último, semeie as plantas. É importante que você vá guiando a hera através de tutores para que ela cresça da forma correta.

Lembre-se de que as heras são trepadeiras, por isso vão tentar se agarrar a qualquer coisa para crescer. Por isso, você deve colocar guias para que ela cresça da forma que você quer e não invada outras áreas.

hera para exterior

Conclusão

As heras cultivadas em exteriores são uma opção perfeita se você quer ter privacidade no seu jardim, ou se quer que a fachada da sua casa seja única e inconfundível.

É uma planta muito fácil de cuidar, pouco exigente e, além de tudo, econômica.

Aproveite os muitos benefícios que essa planta pode nos oferecer.