Como decorar espaços pequenos sem cometer erros

· 8 de julho de 2018
Às vezes, quando colocamos 'mãos à obra' para tentar decorar pequenos espaços, é normal "nos desesperarmos" um pouco. Parece que em apenas 50 m² é impossível colocar tudo o que gostaríamos. Tire essa ideia da cabeça: você só precisa se organizar.

Pode-se dizer que decorar espaços pequenos é uma arte. Quando vemos um espaço tão pequeno, parece impossível que possamos colocar tudo sem que o resultado final seja sufocante. Na verdade, é necessário apenas um pouco de planejamento.

Pense em uma coisa: há momentos em que vemos apartamentos ou casas realmente grandes e, no entanto, provocam uma sensação de tédio, de vazio, de desordem. Muitas vezes, vemos a mesma quantidade de objetos e móveis em um espaço muito menor e não temos essa mesma sensação.

Portanto, não nos esqueçamos que, muitas vezes, o problema não é a falta de espaço, mas uma boa organização. A seguir, daremos algumas ideias para você ‘se inspirar’ para decorar espaços pequenos.

“Menos é mais”

Esta deve ser a sua primeira regra. No caso de pequenos espaços, o tamanho não é tão importante quanto a quantidade.

Sem dúvida, é preferível ter poucos móveis. Se o espaço que você quer decorar tem uma forma um pouco irregular, você pode encomendar móveis sob medida para aproveitar cada centímetro livre, inclusive aqueles espaços onde parece que nada pode ser feito. Você sempre poderá usá-los, mesmo que não saiba como.

Além disso, uma boa ideia é optar por móveis multifuncionais, como sofá-cama, camas dobráveis, mesas de centro e carrinhos auxiliares… Na IKEA, eles são especialistas nisso.

móvel sob medida

Embora acreditemos que seria melhor se os móveis fossem pequenos, descarte essa ideia o mais rápido possível. Você pode colocar poucos móveis, mas eles podem ser grandes. Nos espaços pequenos nunca é demais ter espaços de armazenamento.

Para organizar a sua casa você pode seguir as orientações estabelecidas pela decoração minimalista. É a melhor maneira de obter espaços abertos e ordenados. Embora esse tipo de decoração possa fica bem em qualquer casa, é muito recomendada para pequenos espaços.

Remover barreiras para decorar espaços pequenos

Se a nossa casa ou apartamento é pequeno, o normal é que todos os seus cômodos também sejam pequenos. Por isso, às vezes é preciso quebrar algumas paredes. Sem dúvida, é uma boa maneira de redistribuir espaços, como por exemplo, quando retiramos algumas paredes para transformar dois quartos pequenos em um quarto maior.

É o que acontece, por exemplo, com as cozinhas abertas, também conhecidas como cozinhas americanas. São aquelas que se abrem para a sala. Se tanto a cozinha quanto a sala são pequenas, poderemos conseguir uma sensação de amplitude. Para isso, é muito importante manter a continuidade visual, por exemplo, escolhendo o mesmo piso para a sala e para a cozinha.

O exemplo mais paradigmático de espaço aberto é a habitação do tipo loft. Está tudo em um mesmo ambiente, apenas o banheiro é separado. Embora muitas vezes sejam casas pequenas, podem parecer maiores.

Quando abrimos os espaços, além de aumentar a sensação de amplitude, geralmente também aumenta a luz natural. 

decoração de um loft

A importância de uma boa iluminação

Muitas vezes, encontramos cômodos que, além de serem muito pequenos, não possuem janelas. Isso pode produzir em nós uma sensação de claustrofobia.

Portanto, é muito importante potencializar toda a luz natural existente. Uma boa maneira de iluminar lugares sem janelas é eliminar algumas divisórias.

Além disso, recomendamos que você escolha cortinas finas, para que não bloqueiem a luz. Outra opção é colocar painéis de vidro para dividir as áreas da casa como por exemplo, a sala do quarto. Assim, você conseguirá a separação dos ambientes e não perderá luminosidade. Não se esqueça de que a luz natural dá um toque de alegria, que fará com que você se sinta mais confortável na sua casa.

Mesmo assim, é sempre necessário usar a luz artificial, com a qual você também pode conseguir espaços aconchegantes e acolhedores. Em alguns casos, você pode regular a sua intensidade, dependendo da atividade que está fazendo. Criará um ambiente para cada momento.

decoração de um loft

Aproveite cada centímetro disponível

Finalmente, queremos enfatizar a ideia de que tudo é possível com um bom aproveitamento do espaço. Você só tem que pensar bem em como distribuir os móveis, levando em conta espaços que às vezes não usamos, como cantos, áreas altas, terraços/varandas…

A arquitetura é a arte de aproveitar o espaço.

-Philip Johnson-

Por exemplo, se você quiser usar as áreas de canto, escolha um sofá de canto ou coloque uma mesa auxiliar nessa área. Sempre terá alguma utilidade, são muito práticas.

Quanto às áreas altas, é claro que você deve deixar as áreas das paredes livres, para não criar uma sensação sufocamento, mas há momentos em que as negligenciamos demais. Podemos colocar uma estante solta ou alguns móveis suspensos. Podemos guardar algumas coisas neles. Lembre-se de que em lugares pequenos a falta de áreas de armazenamento é muito comum.

Outra opção é fechar o terraço ou a varanda, se tivermos a sorte de ter um. Dessa forma, a sala, a cozinha ou quarto… ganharão alguns metros e, provavelmente, daremos mais utilidade a esse espaço, no qual prestamos atenção apenas em épocas mais quentes.

cama para decorar espaço pequeno

Conclusão

Como você pode ver, a chave é aproveitar todos os espaços. Você pode até remover as portas giratórias para colocar portas de correr. Assim, ganhará pelo menos 1 m².

Seguindo essas ideias, você terá uma casa pequena, porém aconchegante, organizada e acolhedora. Você pode colocar no seu espaço tudo o que quiser, precisará somente de organização, locais de armazenamento e uma boa distribuição.