Fotografias da família: um recurso que está se perdendo

· 26 de fevereiro de 2019
As fotografias são um recurso decorativo que esteve presente nos lares durante várias décadas. No entanto, atualmente não é mais tão comum encontrá-las nas casas. Por que?

Tradicionalmente, existia uma fórmula decorativa muito interessante: as fotografias da família. Porém, há cada vez menos pessoas que usam os retratos dos seus entes mais próximos para decorar a casa.

É interessante ver como a sociedade está mudando e outras necessidades vão surgindo. No mundo do design de interiores ocorre exatamente assim: os elementos usados para a decoração ficam desatualizados e outros mais novos aparecem.

No entanto, alguns deles deixam de ser usados, seja por falta de um significado estético que agrade, seja porque são considerados um elemento do passado que não tem lugar no presente.

O que as fotografias da família nos trazem?

 as fotografias da família

Aparentemente, elas são imagens que se elevam a um nível artístico e que são decoradas com uma moldura. E, essencialmente, elas são uma representação das pessoas da família que ficam gravadas em um papel fotográfico. Qual é o seu propósito? Fazer-nos lembrar de quem são essas pessoas.

Essas imagens geralmente têm um sentido criativo; isto é, essa pessoa não aparece de qualquer jeito, mas sim com uma pose mais artística, em uma paisagem bonita, com outras pessoas próximas a você, etc.

Pode-se dizer que elas são um meio de expressar uma memória de maneira atemporal. Neste caso, seria a memória de uma pessoa que é importante para nós e que queremos que esteja presente na nossa casa.

As fotografias da família são um verdadeiro reflexo do nosso passado e do nosso presente.

Por que elas não são mais usadas no mundo da decoração?

 expressar uma memória de maneira atemporal

Hoje em dia, não está muito em moda usar fotografias da família para decorar as casas. Trata-se de algo que fica um pouco antiquado e que não parece muito atraente. Isto ocorre, provavelmente, devido ao fato de que estamos buscando um caráter mais atualizado do design de interiores. Vejamos algumas explicações sobre isso:

  • Acredita-se que as fotografias oferecem uma característica estética típica do passado; isto é, elas são associadas a uma concepção da primeira metade do século XX, de mostrar quem eram os parentes que já tinham partido e quais ainda estavam vivos. Essa ideia está sendo perdida.
  • O mundo da tecnologia fez com que as fotografias não sejam reveladas com tanta assiduidade, ficando armazenadas em meios digitais. Dessa forma, sempre que queremos ver fotos, não fazemos isso na nossa sala ou através de álbuns, mas sim com o celular, o computador, etc.
  • Por outro lado, a decoração das salas e quartos mudou. Agora, há uma tendência de depurar as formas, usando alguns recursos específicos e não acumulando objetos em excesso nas prateleiras.

Então, como tudo na vida, evoluímos e tentamos mudar. Portanto, não é nenhuma surpresa que existam novas possibilidades e que se procure oferecer uma outra estética.

Uma nova concepção estética

Uma nova concepção estética

Obviamente, o uso de fotografias da família mudou atualmente. De fato, podemos encontrá-las em outros formatos: impressões em almofadas, adesivos de parede, porta-retratos digitais, etc. No fundo, o mundo do design de interiores tem procurado novas formas de expressão.

  • Certamente, há pessoas que ainda colocam o retrato de família ou uma foto dos amigos na sala de estar, mas não há mais a tendência de encher de fotos a prateleira da lareira, a prateleira da estante ou a mesa de cabeceira.
  • Novas tendências decorativas, tais como o minimalismo, batem de frente com as características próprias do estilo clássico. Inclusive, trata-se de dar neutralidade ao ambiente e não de tematizá-lo de alguma forma.
  • A simplicidade ganha terreno no lugar dos excessos. Tanto por razões estéticas, quanto pela própria limpeza, é interessante ter espaços abertos que não estejam muito saturados nem com um excesso de decoração.

Recomendações para decorar com fotos

Recomendações para decorar com fotos

Se, no fim das contas, você gosta de decorar com fotos de pessoas da família e quer que a sua sala ou quarto tenham essas estampas decorativas, você poderá colocá-las da seguinte maneira:

  • Não sature demais. Escolha as fotos que você considera mais interessantes ou que queira destacar, mesmo que sejam retratos pessoais, mas é essencial que você não encha as prateleiras como se costumava fazer antigamente.
  • Coloque-as em lugares onde possam ser vistas ou que atraiam os olhares. Por exemplo, uma fotografia de parede, com uma moldura e disposição a título de quadro, ou então, também é possível organizar as fotos de formato reduzido nas prateleiras.
  • Procure o equilíbrio decorativo. Certamente não é conveniente encher tudo com fotografias; é preferível que elas tenham uma presença informal.