As prateleiras de vidro na decoração

18 de fevereiro de 2019
Mostraremos os diferentes estilos de prateleiras de vidro para expor os seus artigos de vidro e destacar os seus espaços.

As prateleiras de vidro trazem muita sofisticação à decoração de interiores. E embora este seja um material delicado, elas têm uma forte presença estética. Por isso, são uma aposta adequada quando se trata de obter um espaço moderno.

Este tipo de móvel fica muito bem na hora de exibir objetos decorativos, inclusive aqueles feitos do mesmo material. E onde está a diferença? Na técnica utilizada na fabricação de cada objeto e nas diferentes características oferecidas: cores, tamanhos, formas e acabamentos.

No entanto, tudo depende das preferências de cada um para avaliar a função das prateleiras de vidro. Há pessoas que as usam para colocar livros, enquanto outras as usam para colocar suas samambaias mais frondosas.

Tipos de prateleiras de vidro

A seguir, apresentaremos os diferentes tipos de prateleiras de vidro que você poderá encontrar no mercado e quais são as suas características. Tenha em mente que, independentemente do tipo de estrutura, é possível escolher diferentes acabamentos para o vidro: incolor brilhante, opaco, colorido, etc.

1. Fixas

Assim como o próprio nome indica, este tipo de prateleira é fixado na parede e, em geral, tem uma estrutura com formas retangulares, “descobertas”; ou seja, sem portas. Dependendo do design, podem ficar no chão ou embutidas na parede.

Tipos de prateleira de vidro

Foto cortesia de: Pinterest.

Por segurança, recomenda-se escolher os modelos que possuam cantos arredondados e um vidro de espessura média. Além disso, é essencial instalá-las corretamente na parede e prendê-las bem de ponta a ponta. Agora, no que diz respeito ao melhor local para colocá-las, é possível escolher entre a sala de estar e a sala de jantar (desde que ela seja grande).

2. Independentes

Obviamente, assim como existem prateleiras de vidro que são fixas, existem prateleiras que têm uma estrutura completamente independente. Dentre elas, é possível encontrar vários outros tipos: de canto, retangulares, curvas, etc.

A espessura do vidro nas prateleiras independentes varia de acordo com o material da base. Por exemplo, se a estrutura é de metal, a espessura do vidro é padrão para que a estrutura possa suportar bem o seu peso e dos elementos que serão adicionados.

prateleiras independentes

IKEA- RÖNNSKÄR.

Tanto as prateleiras de vidro fixas quanto as independentes podem ou não incluir portas e combinar vários materiais na sua estrutura, como:

alumínio / metal / madeira + vidro.

As melhores opções

1. De chão, com portas

As prateleiras de vidro de chão, com estrutura de madeira e portas, são um dos modelos mais populares no mercado. E embora continuem deixando à mostra parte do seu conteúdo, as portas são uma barreira protetora muito clara entre os objetos e o chão, ou as mãos curiosas.

As portas podem ter o mesmo acabamento que as prateleiras ou então podem ser opacas ou com relevos. Tudo dependerá do gosto e do grau de discrição desejado.

prateleira de chão

2. Com estrutura de metal

Hoje em dia, o metal está muito em moda, então se você quer que a sua casa siga as tendências, é conveniente incluir um móvel que integre metal e vidro ao mesmo tempo. Com isso, você terá uma atmosfera muito moderna.

Embora possam ter um ar “frio”, os móveis que combinam vidro e metal são, sem dúvida, muito marcantes. Existem modelos do tipo industrial que imitam as prateleiras de farmácias antigas que podem trazer um toque retrô à decoração.

Uma dica para romper com o aspecto “frio” desses modelos é colocar várias plantas e livros nas prateleiras. Dessa forma, os móveis parecerão muito mais “intimistas”.

Conclusão

Se você decidiu incluir uma prateleira de vidro na sua casa, não escolha a primeira que encontrar. Avalie bem o modelo, tenha em mente a decoração que você tem e o que quer alcançar. Existe uma grande variedade para escolher.

Obviamente, este tipo de móvel não é o mais escolhido quando se tem crianças em casa, devido aos riscos envolvidos. No entanto, hoje em dia existem vários designs que são bastante seguros e que podem ser levados em consideração.