3 dicas para colocar espelhos no teto

18 de abril de 2019
Atreva-se a decorar o teto da sua casa com espelhos.

Embora não sejam muito comuns, os espelhos no teto são uma das possibilidades que você pode levar em consideração ao decorar a sua casa. Eles ampliam os espaços, refletem a luz e dão um toque diferente a sua decoração.

Sem dúvida, os espelhos são objetos básicos no mundo do design de interiores, afinal não podemos imaginar uma casa sem nenhum espelho. Não há dúvida de que eles são os acessórios domésticos mais utilizados.

Além disso, existem modelos muito variados, tanto em termos de dimensões quanto de molduras, formas e até mesmo de estilos. Você poderá encontrá-los em qualquer loja, além de poder comprá-los através da Internet.

E embora o mais comum seja vê-los nas paredes dos quartos e banheiros, desta vez queremos falar sobre a possibilidade de colocá-los no teto, modificando a decoração do espaço. Eles também são amplamente utilizados em escritórios ou instalações comerciais.

1. Leve o estilo decorativo da sua casa em consideração

Os espelhos no teto têm um certo impacto visual, por mais simples que eles sejam. Por isso, devemos prestar atenção ao seu design, principalmente se eles tiverem uma moldura decorativa.

Mesmo que sejam colocados no teto, não podemos escolher qualquer modelo para isso. Devemos prestar atenção na pintura escolhida para o teto, no estilo da luminária…

Ou seja, dependendo do estilo decorativo do cômodo, você poderá colocar os espelhos de uma ou de outra forma. Pense que você não precisa colocar apenas um espelho, mas que também poderá optar por vários espelhos menores, para colocá-los ao redor da luminária.

Se eles tiverem molduras, elas também precisam se adaptar ao estilo do cômodo. Por exemplo: se for um interior de estilo industrial, é possível colocar lâmpadas ao seu redor; se for nórdico, é possível optar por uma moldura branca. Tudo dependerá das suas preferências.

Leve o estilo decorativo da sua casa em consideração

2. Espelhos no teto: escolha um espelho com as dimensões adequadas

Sem dúvida, isso é muito importante. Caso ele seja muito pesado, ele poderá cair; portanto, é necessário encontrar um espelho com o menor peso possível. Para isso, devemos prestar atenção ao tipo de material.

Da mesma forma que os espelhos de parede, é necessário levar em consideração o tamanho do espelho, de modo que ele seja proporcional ao restante do cômodo. Além disso, decorar um corredor estreito não é a mesma coisa do que decorar um quarto grande. No primeiro caso, escolheremos um espelho alongado, enquanto no segundo escolheremos um formato quadrado, por exemplo.

E se a luminária for muito grande, você poderá dispor pequenos espelhos em torno dela; não precisa ser de forma simétrica, assim como a forma dos espelhos: hexagonal, irregular, oval…

Tenha cuidado com o espelho que você for adquirir; se ele for de parede, os reflexos talvez fiquem um pouco deformados se você o pendurar no teto. Independentemente das dimensões, você verá que não é muito difícil pendurar esses espelhos.

3. Pense nas vantagens e desvantagens dos espelhos no teto

Antes de mais nada, pense que, com os espelhos no teto, a sensação de amplitude e luminosidade se expandirá automaticamente. Portanto, eles são ideais principalmente em cômodos ou corredores pequenos, estreitos ou com teto baixo.

Se você quiser aumentar ainda mais essa sensação, poderá usar espelhos de parede ou móveis com superfícies espelhadas, como por exemplo, as mesas. Ou então também poderá usar tintas esmaltadas com brilho; com elas, você conseguirá um efeito similar. Caso contrário, também poderá optar por acessórios espelhados, como por exemplo, bandejas ou acabamentos de móveis.

Escolha um espelho com as dimensões certas

Sem dúvida, os espelhos no teto acrescentam outra dimensão ao cômodo, seja ele qual for. No entanto, também é verdade que eles são mais comuns em alguns espaços do que em outros.

Por exemplo: de acordo com a filosofia oriental do Feng Shui, não é nada aconselhável ter espelhos no quarto, uma vez que a energia (com a qual esta disciplina lida em grande medida) iria e voltaria continuamente, o que afetaria o seu sono e descanso. Então cuidado com os exageros. Por esta razão, eles são mais comuns em motéis, isto é, em locais onde os casais podem passar uma noite, mas não moram ali.

Esperamos que essas ideias tenham sido úteis e que você se anime a incluir espelhos no teto. Você fará com que os cômodos pareçam mais espaçosos e luminosos. Além disso, isso poderá ser aplicado desde uma sala de estar até a uma loja de roupas.

Serrano, Casilda. “Empieza la clase”. Revista Architectural Digest. 2015. Información disponible en el siguiente enlace: https://www.revistaad.es/decoracion/casas-ad/articulos/la-casa-de-nacho-duato/17230