3 dicas para decorar o seu jardim

· 1 de agosto de 2018
Decorar um jardim é uma tarefa na qual você deve pensar em dois elementos: estética e utilidade. Veja três dicas importantes para inspirá-lo.

Qualquer época do ano é boa para utilizar o jardim. É claro que quando o tempo está bom, temos mais vontade de utilizá-lo. No entanto, em outras épocas do ano, ele também pode ser usado de outras maneiras. Hoje, vamos lhe dar 3 dicas para decorar o seu jardim.

O jardim deve ser um espaço de relaxamento, ócio e desconexão com a realidade. Pode ser aproveitado de um ponto de vista útil e simples. O tempo investido para decorá-lo deve ser um momento de entretenimento e descanso.

Esse também é um espaço no qual podemos estar em contato com a natureza e aproveitar essa oportunidade para incluí-la em nossa decoração.

Design rústico

A disposição de espaços deve ser bem diversificada. Uma parte do chão pode ser de pedras, enquanto outra parte do jardim terá plantas e gramado.

O uso da madeira combina muito bem com plantas e com móveis de tons neutros. A disposição das mesas e cadeiras deve ser um elemento fundamental. Não podemos esquecer que o jardim é um lugar apropriado para as celebrações e refeições.

A pérgola é um elemento comum para trazer sombra ou cobrir os móveis. A madeira de teca é um material muito interessante para decorar um jardim. Atualmente, esse recurso é cada vez mais utilizado em jardins privados.

Para refrescar o ambiente no verão, existem os nebulizadores de água que podem ser colocados na pérgola. Esse aparelho é muito útil para uso doméstico, já que permite economizar energia, água e também ajuda a refrescar.

Além disso, existe a possibilidade de decorar um jardim com faixas de pedras, cascalho ou brita. O que pretende-se com isso é conseguir um aspecto natural. Assim, mesclamos texturas e tornamos o lugar um ambiente interessante, com bom gosto estético.

Com certeza, se você quer ter um ambiente relaxante e acolhedor, as espreguiçadeiras e as redes combinam com o ambiente rústico do lugar.

pergolado para decorar o seu jardim
Pergolado no jardim / stekmagazine.nl

Jardim com piscina

A água é um elemento indispensável se você quer fazer do seu jardim um ambiente mais fresco. As piscinas são o recurso mais comum para o verão e as épocas de calor.

Qual deveria ser o lugar ideal para colocar a piscina? Principalmente, um lugar agradável, afastado do vento, orientado para o sul e que tenha áreas de sombra próximas.

É muito útil colocar árvores e plantas altas nas proximidades da piscina. Assim, combina-se a água e a vegetação, criando um ambiente natural, relaxante e esteticamente bem elaborado.

Tanto no caso de ter um jardim grande ou menor, é importante não exagerar no tamanho da piscina. Tirar o protagonismo do jardim pode acabar com a harmonia do lar. Deve-se buscar um equilíbrio.

Uma piscina para poder se refrescar, nadar e com um gramado para tomar sol é o principal objetivo. Mas, além disso, o uso de passarelas com espreguiçadeiras pode ser muito decorativo e ousado. Aconselhamos materiais como a pedra, madeira ou cimento.

Não podemos nos esquecer de que existem tendências originais para combinar jardim e piscina. É o caso do estilo cottage. Pode parecer carregado de vegetação, mas, se for bem combinado, pode criar um espaço natural na entrada da sua casa.

decorar o seu jardim
Piscina no jardim / letmebeinspired.com

Decorar o seu jardim no estilo minimalista

O inverso do estilo rústico é o minimalismo. Ele é utilizado em espaços que não são muito grandes. Esse estilo busca a simplicidade, com linhas bem definidas e elementos bem estruturados.

A combinação de formas e cores deve ser organizada. Ou seja, no minimalismo, é importante utilizar cores neutras (branco, preto, cinza…), formas simples e não gerar tensão com nenhum elemento que quebre a harmonia do ambiente.

Com relação as plantas, elas geralmente são de tamanho pequeno, sem dimensões extraordinárias. Assim, você consegue um diálogo entre o natural e o estrutural.

A decoração não deve ser exagerada: móveis simples, sem cores fortes, gerando ângulos retos e buscando a horizontalidade vão proporcionar uma boa profundidade.

Com relação as luzes, elas devem estar escondidas atrás de outros elementos. Precisam evitar o protagonismo, ou seja, decorem o ambiente sem projetar uma luz direta.

O minimalismo não é uma questão de perfeição, e sim de criar um design com simplicidade e proporção, mantendo os elementos em escala e transmitindo uma sensação de controle sobre o jardim. Esse estilo transmite uma sensibilidade espacial.

Neste caso, os móveis podem ser cadeiras, espreguiçadeiras, poltronas e mesas baixas. Não é interessante criar um lugar de design quando ele não será explorado de um ponto de vista “zen”.

É importante ter tudo muito claro na hora de decorar um jardim. O estilo deve estar de acordo com a sua utilidade. De nada adianta combinar estilos ou explorar um jardim para usos diferentes. O estilo deve permitir que o jardim seja aproveitado.

decorar o seu jardim no estilo minimalista
Jardim minimalista / dominguezarquitectos.blogspot.com