Como deve ser a manutenção do ar-condicionado?

22 de outubro de 2019
Para evitar problemas de saúde, é necessário fazer a limpeza adequada do nosso aparelho de ar-condicionado, pelo menos duas vezes por ano.

Os aparelhos de ar-condicionado e climatizadores se tornaram elementos essenciais para o nosso bem-estar. No entanto, devemos nos certificar de fazer uma boa manutenção de toda a instalação regularmente, para evitar problemas como mau cheiro, que o aparelho resfrie demais ou então que consuma energia desnecessária. Mas, como deve ser feita essa manutenção do ar-condicionado?

Por tudo isso, devemos ter alguns cuidados básicos pelo menos duas vezes ao ano. Além disso, é melhor que isso seja feito no início das estações de frio e de calor, para garantirmos que o seu desempenho energético esteja correto. Dessa forma, também evitaremos que eles causem problemas para a nossa saúde e para o meio ambiente.

Manutenção do ar-condicionado:

Em alguns casos, é conveniente recorrer a um profissional, mas em geral, a manutenção não é complicada e nós mesmos podemos fazê-la.

1. Os filtros

Eles estão localizados dentro da unidade interna, e são responsáveis por filtrar o ar e extrair a poeira do cômodo que eles resfriam. É fundamental limpar os filtros de desodorização e purificação de vez em quando visto que, com a sujeira acumulada nos filtros, a capacidade de energia é bastante reduzida. De fato, alguns fabricantes recomendam a sua substituição a cada 6 meses.

Sabão neutro e bastante água são suficientes para deixá-los como novos. Além disso, devem secar completamente antes de colocá-los novamente. Da mesma forma, também é necessário limpar com um pincel o espaço que fica livre ao removê-los.

Manter o cuidado dos filtros da unidade interior é essencial para que o ar seja saudável e evite problemas como, por exemplo, a bronquite ou a rinite.

Manutenção do ar-condicionado

2. Bateria de trocador de calor

Está na unidade externa dos aparelhos de ar-condicionado. Não costuma ter filtros, mas a sua limpeza é igualmente importante, embora ela geralmente seja a grande negligenciada das revisões domésticas. No verão, ela produz muita umidade e acumula uma grande quantidade de germes, bactérias e vírus, além de muita poeira, o que pode causar mau cheiro.

Também é necessário limpá-la com frequência e em profundidade. É possível recorrer a um profissional, mas nós mesmos podemos fazer isso passando uma escova ou um pincel de cerdas macias na sua parte externa. Para a limpeza mais interna, é necessária a ajuda de uma máquina de ar comprimido.

3. Bandeja de drenagem

Está na unidade externa. A unidade interna, em modo de ar frio, gera um processo de evaporação que se transforma em gotas que se acumulam como água suja. Se não for limpa regularmente, isso causará danos ao aparelho de ar-condicionado.

Além de limpá-la, é conveniente desinfetar esta parte do aparelho, tanto a bandeja de condensação quanto a instalação do dreno. Além disso, é necessário se certificar de que a instalação deste último não esteja obstruída.

4. Pressão do gás refrigerante

A análise da pressão do líquido refrigerante é muito importante, pois esta é a maneira de verificar se o sistema está vazando ou desequilibrado. Além disso, a sua manutenção regular prolonga a vida útil do aparelho de ar-condicionado.

Nos modelos de aparelhos de ar-condicionado que não possuem um indicador externo da pressão do líquido refrigerante, é conveniente que esta tarefa seja realizada por um profissional. Quando há uma incompatibilidade na pressão do líquido, notaremos um baixo nível de resfriamento ou até mesmo o bloqueio do aparelho.

Lembre-se: os gases refrigerantes são muito poluentes para o meio ambiente

5. Desinfecção

Uma vez que tenhamos limpado completamente o nosso aparelho de ar-condicionado, é conveniente desinfetá-lo bem. O uso de água com alvejante não é o mais conveniente nem o mais seguro. Para isso, existem produtos no mercado que são bactericidas e fungicidas. O melhor é que eles sejam em spray, visto que são seguros e mais fáceis de usar.

A manutenção regular prolonga a vida útil do aparelho de ar-condicionado

Recomendações finais

Para finalizar, podemos verificar se as conexões elétricas e a fiação estão em boas condições. Também verificaremos o funcionamento adequado dos termostatos de controle de temperatura. Quando a limpeza estiver concluída, o aparelho de ar-condicionado deve ser deixado no modo de ventilação por algum tempo antes do uso normal.

Além dos nossos cuidados, é aconselhável recorrer a serviços profissionais para outras tarefas, como a lubrificação e revisão do motor, dos dutos e difusores. Tudo isso dependerá do desgaste do aparelho. Não é demais fazer ao menos uma revisão detalhada uma vez por ano.

E lembre-se: a limpeza e a manutenção dos aparelhos de ar-condicionado é vital para a saúde do equipamento e das pessoas. Com esses truques simples, garantiremos que os nossos climatizadores estejam prontos para serem usados novamente.