Impermeabilização de porões e outras estruturas subterrâneas

6 de novembro de 2019
A impermeabilização dos porões é essencial porque esta é uma área onde a umidade está na ordem do dia. Existem diferentes técnicas para impedir a entrada da água.

Quando a casa tem uma estrutura subterrânea, é essencial garantir que ela não tenha problemas de umidade. Embora isso seja responsabilidade dos especialistas, nós, como proprietários, também podemos dar uma olhada no ambiente e descobrir se há alguma infiltração. No artigo a seguir, mostraremos tudo o que você precisa saber sobre a impermeabilização de porões e outros espaços subterrâneos, suscetíveis quando a construção não é adequada.

Impermeabilização de porões: danos causados pela água 

Os danos causados pela água em porões

Um porão é um espaço que podemos usar para armazenar coisas, construir uma sala de jogos ou então, de acordo com o acesso, até mesmo para guardar o nosso carro. Esta área, que geralmente cobre todo o espaço da casa, é aquela que corre o maior risco de sofrer danos causados pela água, principalmente em cidades ou lugares onde chove muito, que estejam perto de um espelho d’água ou cercadas por terra.

Quando chove muito a terra libera a água excedente e essa umidade passa através dos pisos ou paredes para o porão. Um dos fenômenos mais comuns é que o líquido suba através de um cano fino ou de certos materiais porosos.

Se um porão tiver problemas de umidade, a primeira coisa que veremos são manchas escuras (mofo) e partes com a tinta descascada. Mas isso vai além de uma questão estética, já que os ambientes úmidos correm o risco de desmoronar, de serem atacados por insetos, como cupins, ou de liberar gases tóxicos.

Como garantir uma impermeabilização adequada dos porões?

Em primeiro lugar, é essencial evitar que a água entre no ambiente. Para conseguir uma boa impermeabilização dos porões, podemos tomar diversas atitudes.

1. Trocar os ralos

Trocar os ralos

Primeiramente, é necessário remover os ralos com imperfeições que não permitem uma boa eliminação da água para o exterior e que, ao mesmo tempo, causem a entrada da umidade no porão. Se um cano de escoamento for muito curto, a água não escoará adequadamente e se acumulará nas paredes e pisos.

2. Instalar calhas

Instalar calhas

As calhas devem ser adequadamente instaladas para que mandem a água da chuva para longe das paredes da casa (principalmente as do porão). No local onde a água é drenada, devemos garantir que ela flua livremente e que nenhuma poça seja formada.

3. Construir valas pouco profundas

Construir valas pouco profundas

Existem valas chamadas swales que são usadas em construções localizadas em encostas ascendentes.

4. Consertar rachaduras e buracos

Consertar rachaduras e buracos

A impermeabilização dos porões não estará completa se não trabalharmos o interior da casa. Portanto, certifique-se de que não haja rachaduras ou buracos pelos quais a água passe. Se necessário, troque os móveis de lugar e preste muita atenção a cada centímetro.

Uma vez que as rachaduras tenham sido identificadas, o próximo passo é selá-las com resina epóxi e cimento de látex. Esta fórmula à prova d’água evita que a umidade penetre no porão.

5. Aplicar selador de silicato de sódio

Aplicar selador de silicato de sódio

Silicato / empack.mx

A impermeabilização dos porões deve ser perfeita, tanto nas paredes quanto no piso. Um bom material é o silicato de sódio, que produz uma estrutura sólida, preenche as rachaduras e tampa poros que não são visíveis.

Mais informações sobre a impermeabilização de porões

Mais informações sobre a impermeabilização de porões

Se tivermos um porão feito de tijolos ou blocos, a presença de umidade pode ter diferentes origens e razões. A água deposita sedimentos nas paredes e, por isso, elas se degradam, em muitos casos, rapidamente. Para resolver esse problema, a face interna das paredes deve ser revestida com uma impermeabilização especial que resista à água e seus sais ou partículas.

O primeiro passo é raspar as paredes e os revestimentos, mesmo quando os pontos de umidade (que podem estar escondidos atrás da tinta) não sejam diretamente visíveis. Em seguida, raspe e lave para que a superfície fique o mais limpa possível.

Se houver infiltrações ou vazamentos de água, orifícios devem ser abertos na parede e selados em seguida. Nesse sentido, outra opção é remover o rejunte dos tijolos defeituosos. De qualquer forma, um cimento impermeabilizante especial para porões deve ser aplicado, o mais espesso possível. Depois de seco, ele poderá ser lixado ou pintado como quisermos e, então, adeus aos problemas de umidade!

 

  • Rodríguez-Rojas, M. I., Cuevas-Arrabal, M. M., Moreno Escobar, B., & Martínez Montes, G. (2017). El cambio de paradigma de la gestión del drenaje urbano desde la perspectiva del planeamiento. Una propuesta metodológica. Boletín de La Asociación de Geógrafos Españoles. https://doi.org/10.21138/bage.2492