O que você deve levar em conta ao projetar sua casa sob medida

8 de abril de 2020
Você quer aprender como projetar a sua casa sob medida? Pensando nisso, no artigo a seguir, deixaremos várias dicas para que você saiba o que levar em conta antes de colocar a mão na massa.

Ainda que projetar a sua casa sob medida possa parecer complicado, não é impossível. A nossa principal preocupação deve ser obter uma distribuição prática e funcional, com o máximo aproveitamento do espaço disponível.

Também seria interessante considerar a possibilidade de construir espaços que possam ser ampliados no futuro, já que as nossas necessidades podem variar com o passar do tempo. Imagine que, dentro de alguns anos, talvez a família possa ter crescido ou exista a necessidade de um espaço que não era necessário antes.

Por isso, não se esqueça de ter papel e lápis à mão, assim você poderá visualizar melhor todas as ideias que tiver. Comece com esboços que no final se tornarão uma planta em escala. Isso porque, com a planta, você obterá um resultado final próximo de todas as ideias que tiver em mente. Outra opção é usar programas online 3D.

Além disso, você deve estabelecer um orçamento de acordo com as suas possibilidades. Antes de tudo, você tem que ser realista, não queira fazer coisas que você não será capaz de pagar.

Por último, lembre-se de que é mais importante construir espaços de qualidade do que espaços de grandes dimensões.

Nesse sentido, trouxemos outras ideias para que você leve em conta ao projetar a sua casa sob medida.

Projetar sua casa sob medida: localizar as áreas de acesso

É algo essencial: pense que muitas vezes há apenas uma maneira de acessar as casas. Sem dúvida, isso condicionará a distribuição da casa.

Isto é importante, especialmente se você mora em um condomínio residencial ou em um chalé, já que neste tipo de moradia há geralmente uma área de jardim ou piscina, então muitas vezes há uma porta de acesso nessas áreas, geralmente na parte de trás.

Além disso, considere qual será a orientação da fachada principal, pois isso determinará a distribuição de todo o espaço restante.

Por outro lado, não podemos esquecer que em algumas casas há pátios internos e/ou terraços. Isto implica em um aumento no número de acessos à casa.

Por fim, você deve pensar nos possíveis sistemas de segurança, sempre adaptando-os ao seu orçamento. Para isso, é importante conhecer a área onde a casa ficará localizada; assim você saberá quais riscos poderão existir.

Projetar a sua casa

 

Medidas de portas e janelas

Para escolher as portas e janelas ideais para sua casa, leve em conta a dimensão dos cômodos, para que o resultado seja equilibrado, proporcional. Para que isso seja possível, é muito importante considerar a altura do teto e o tamanho das divisórias.

Em ambos os casos, há uma série de medidas padrão. Lembre-se de que as molduras ocuparão alguns centímetros a mais e que devemos acrescentá-los às medidas das portas e janelas.

No caso de janelas, considere a orientação de cada ambiente, para aproveitar e aumentar a luz natural disponível. Além disso, é importante saber a posição do sol e do vento.

Uma última ideia: leve m conta o espaço que as portas ocupam quando abertas. Se elas abrem para dentro, você terá que deixar um pouco de espaço disponível para não bater a porta em móveis ou objetos.

Projetar a sua casa

 

Áreas privadas e comuns

Por outro lado, você deve refletir sobre as suas necessidades atuais e possíveis necessidades futuras, considerando que você sempre dará mais importância a alguns espaços do que a outros.

Com base nisso, costumamos dividir em duas áreas, as de natureza mais social ou mais íntima. Isso dependerá um pouco da personalidade de cada um. Também de onde você quer passar mais tempo ou de quantas pessoas vão morar na mesma casa.

Se por exemplo, nós temos uma vida comunitária intensa, uma cozinha americana será uma boa opção.

Além disso, você deve pensar no futuro. Se no momento da construção da casa houver crianças pequenas na família, lembre-se de que nesse momento você precisará de um salão de jogos e, dentro de alguns anos, locais para estudo. A vantagem de ter a opção de projetar a sua casa sob medida é que você pode solucionar todos esses aspectos com mais facilidade.

Por último, lembre-se de que é muito tranquilizador saber que existe a opção de construir um sobrado, seja no momento da construção ou mais tarde. Ter um sobrado é a melhor maneira de estabelecer a divisão entre áreas comuns e privadas. Se no fim das contas você decidir construir um sobrado, a localização da escada é muito importante, assim como o tipo escolhido.

Metros úteis e metros construídos

É essencial saber a diferença entre os dois conceitos, é a maneira de saber o quanto a sua casa realmente mede, qual é, de fato, a sua superfície.

  • Metros úteis: na prática, são os metros que podemos pisar ao entrar em uma casa. A área ocupada pelos armários embutidos está incluída nessa medida.
  • Metros construídos: são todos os metros construídos no interior da casa. Neste caso, devemos contar também a superfície ocupada por elementos estruturais, como paredes, divisórias, dutos de ventilação… A única coisa que não conta como superfície construída são sótãos ou porões que medem menos de 1,5 m.

Se a sua casa pertence a um condomínio, é possível falar sobre superfície construída com espaços comunitários. Exemplos disso são as escadas ou corredores.

Planta 3d

 

Conclusão

Com essas ideias será muito mais fácil projetar a sua casa sob medida. Assim, o resultado será muito parecido com as ideias que você tinha em mente antes de embarcar nesse projeto.

Mesmo assim, sempre haverá algum tipo de restrição, algum inconveniente que não esperávamos. Temos que resolvê-los tentando adaptar ao plano originalmente estabelecido. Lembre-se de que existem muitos profissionais que podem ajudá-lo.

Por fim, lembre-se de que o seu projeto deve obedecer a vários regulamentos necessários para poder habitar residências e que deve estar perfeitamente integrado com o espaço ao redor.