Qual é a melhor opção: papel de parede ou tinta?

· 23 de julho de 2018
É difícil escolher entre papel de parede ou tinta, uma vez que as duas opções abrangem muitas variedades. Dependendo do seu gosto e necessidades, você escolherá uma ou outra opção.

Seguramente, mais de uma vez, nós ficamos em dúvida sobre colocar papel de parede ou tinta nas paredes da nossa casa. Por isso, se você está em dúvida ou essa tendência ainda não o convenceu, fique tranquilo. No post de hoje falaremos sobre os prós e os contras de ambos para ajudá-lo a decidir.

Sem dúvida, o amor pelo retrô, por coisas de outras décadas e séculos anteriores está experimentando o seu máximo esplendor atualmente. Portanto, no mundo da decoração, não seria diferente.

Já há algum tempo, observa-se uma tendência na decoração que recupera elementos de épocas passadas. Assim, eles são combinados com toques modernistas trazendo personalidade aos diferentes ambientes.

Nesse sentido, um elemento que chegou com tudo quando se trata de dar um toque especial a certos ambientes é o papel de parede. Entretanto, muitas pessoas o odeiam porque não querem correr o risco de “envelhecer” a casa e dar um aspecto contrário ao que esperava.

No entanto, se você é uma pessoa que gosta de arriscar, certamente já pensou na possibilidade de colocar papel de parede em um dos ambientes da sua casa.

Em primeiro lugar, você tem que considerar se sua casa é nova ou não. Se é uma construção recente, não haverá nenhuma dificuldade ao decidir sobre uma ou outra opção. Se, por outro lado, a casa é antiga, é provável que somente seja possível pintá-la, caso as paredes não estejam em boas condições.

Além disso, outro fator que influenciará na decisão é o custo e a versatilidade do espaço que você deseja mudar.

Papel de parede

Como já dissemos, o papel de parede está na moda. Além de ser um recurso estético, oferece uma alternativa mais atrativa do que a pintura.

Mas, antes de avaliarmos os prós e contras do papel, devemos falar sobre os tipos de papéis que existem.

  • Papel: composto de papel e uma base de tecido, o que o torna menos resistente que os demais. Nesse sentido, é ideal para áreas de pouco tráfego. Isso porque não é fácil de limpar, já que pode ser danificado se molhar mais do que o necessário. No entanto, é o mais elegante e oferece os melhores resultados.
  • Tecido não tecido (TNT): composto por uma base de tecido e uma camada de vinil. Ao contrário do anterior, é muito resistente à descoloração causada pela luz solar e especialmente pela umidade. Por isso, é perfeito para áreas muito utilizadas.
  • Vinil: é composto por uma base de papel e uma base de vinil. Nesse caso, é tão forte quanto o TNT, mas existem classes diferentes, dependendo da espessura da base de papel. Além do mais, este tipo de papel é uma grande tendência, pois consegue dar um toque pessoal a cada cômodo.
Papel de parede vinílico

Vinil sobre parede / ambiance-live.com

Vantagens

Sem dúvidas, podemos dizer que a primeira vantagem comum a todos é que aguentam melhor a passagem do tempo e admitem uma infinidade de combinações.

Além disso, a maioria deles é muito durável e resistente. Na verdade, eles geralmente são recomendados especialmente para áreas muito utilizadas. Inclusive pode ser colocado nos quartos das crianças, onde a parede “sofre” mais, já que agora existem muitas variedades que são laváveis.

O papel também pode gerar esse “efeito espelho” que proporciona efeitos óticos muito especiais. Desde ilusões de ótica e profundidade até acabamentos brilhantes que refletem a luz.

Outra grande vantagem do papel é que ele esconde imperfeições. Especialmente em casas antigas ou em paredes que não tenham um bom acabamento.

Por outro lado, se nos concentrarmos na parte estética, o papel pode fornecer um design muito mais marcante, original e diferente. Além disso, ele oferece uma ampla variedade de opções; podemos encontrar propostas para todo tipo de estilo e espaço.

Uma vantagem do papel é que disfarça imperfeições

Papel de parede / rebelwalls.es

Com certeza é uma das melhores opções quando se trata de dar uma nova cara para a sua casa. E sem ter que gastar muito dinheiro. Com este recurso, sua casa ficará totalmente diferente.

Inconvenientes

Uma das grandes desvantagens é que, dependendo da área da casa, podem se descolar da parede. Isso é algo que acontece quando há muita umidade, como na cozinha e no banheiro, onde o seu uso não é recomendável.

Além disso, outra desvantagem do papel é o processo de colocação, pois pode ser trabalhoso, principalmente se forem desenhos complicados. Nesse sentido, adicionamos o fato de que é geralmente uma opção mais cara do que a pintura, se escolhermos papéis de parede de boa qualidade.

Tinta

Vantagens

Um ponto a favor da tinta se comparada ao papel é que ela é um material que permite que a superfície respire. Embora, exatamente por isso, também deixe visíveis as manchas de umidade e outras imperfeições.

Outra vantagem é que, pintando com as cores corretas, você pode fazer um ambiente parecer maior, elevar ou abaixar os tetos e esconder as instalações. Além disso, pode ser aplicada em todos os tipos de superfícies, mesmo as mais imperfeitas, como tijolos à vista ou vigas.

Nesse sentido, ela pode ser usada como a cor base combinada com vinis ou diferentes técnicas decorativas, tais como texturas e grafiatos. Inclusive, combina muito bem com azulejos, se quisermos usá-la em espaços úmidos. 

Aliás, um benefício que quase ninguém sabe sobre a tinta é que ela desinfeta as paredes. Isso porque possui uma série de agentes que elimina todos os tipos de ácaros que estão escondidos em pequenos buracos e cantos. Além disso, ajuda a eliminar odores impregnados como os do tabaco e faz com que as paredes e o espaço voltem a respirar.

Vantagens da pintura

Tinta para parede / eslamoda.com

Inconvenientes

Um ponto negativo da tinta é que ela não é tão versátil como o papel.

Ela pode ficar um pouco monótona se você não combinar as cores corretamente ou não introduzir elementos de cores diferentes.

Outra grande desvantagem, especialmente se tivermos filhos em casa, é que a tinta suja muito mais fácil do que o papel e, de vez em quando, é preciso repintar.

No entanto, a tinta nos oferece mil possibilidades para expressarmos a nossa personalidade na casa.  Também podemos mudá-la com mais frequência, porque é fácil para aplicar e remover quando nos cansarmos da cor.

Por outro lado, os preços da tinta e do papel de parede podem variar muito dependendo da qualidade. Normalmente, o papel de parede costuma ser mais caro. Não só porque você tem que pagar pelos rolos, mas também há outros custos com os materiais necessários para a instalação.

Nesse sentido, a tinta é geralmente mais barata e utilizamos poucas ferramentas na sua aplicação.

Por fim, a nossa recomendação é combinar as duas técnicas no mesmo ambiente. Isso dará um toque diferente e moderno à sua casa.