Escorredores e tigelas para fazer luminárias

5 de agosto de 2019
Se você quer ter em sua casa uma luminária original e inovadora, faça você mesmo utilizando um escorredor ou uma tigela da cozinha.

A originalidade não requer um design sofisticado ou muito complexo. Alguns elementos simples e sutis podem ser suficientes para se tornarem um recurso decorativo para o lar. Um bom exemplo é o uso de escorredores e tigelas para fazer luminárias.

Os utensílios domésticos podem ser considerados uma opção realmente interessante para a decoração. Portanto, pode-se alterar a sua funcionalidade e assim obter uma estética diferente com a finalidade de proporcionar um conteúdo que não havia em sua forma original.

No entanto, a própria forma dos escorredores e das tigelas permite que trabalhemos a sua aplicação no mobiliário e que tenha uma capacidade decorativa completamente inovadora; ou seja, o seu formato é algo novo e original, configurando-se como um elemento completamente vanguardista para qualquer espaço da casa.

Escorredores e tigelas: quando o funcional se torna decoração

Escorredores e tigelas: quando o funcional se torna decoração
Escorredores coloridos / pinterest.es

Ao observarmos diretamente um escorredor, talvez não consigamos identificar nele um recurso decorativo; talvez falte algo a mais para que nos desperte a simpatia e o desejo de trabalhá-lo. É, sem dúvida, um elemento funcional utilizado de forma habitual na cozinha.

No entanto, pode ser trabalhado de tal maneira para que possamos lhe dar um novo aspecto e transformá-lo em peça decorativa. Apresenta um resultado um pouco discrepante e em conflito com o próprio espaço onde será colocado. De qualquer maneira, essa concepção é alterada atribuindo-lhe outros conteúdos estéticos.

O mesmo pode ser dito de qualquer tigela, sejam as típicas, que são utilizadas para comida, ou as que servem como recipiente. Há as de cerâmica, de plástico ou de vidro, e todas elas podem ser uma luminária se aplicarmos as fórmulas exatas para realizar a transformação.

Qualquer objeto guarda em seu interior um pouco de arte.

Escorredores de metal

Se quisermos fazer uma luminária com um escorredor, os metálicos são os melhores

Se quisermos criar uma luminária com um escorredor, os metálicos são os melhores, principalmente por ser um material resistente e de qualidade, capaz de resistir ao calor proveniente da lâmpada. Que passos devemos seguir?

  • Eles têm formato troncocônico, com furos nas laterais e alças em duas extremidades. É necessário abrir um buraco na base para inserir a lâmpada e o cabo. Certifique-se de que tudo esteja bem fixado para evitar possíveis acidentes.
  • A luz irradia para fora através dos furos laterais, mas, acima de tudo, através da própria concavidade, servindo de cúpula e projetando a luz diretamente para baixo.
  • Por sua vez, os escorredores geralmente são de uma única cor. Isso permite dinamizar o ambiente e atribuir um toque cromático ao espaço. Desta maneira, é mais fácil inserir este elemento em um ambiente.
  • Os de plástico também podem ser úteis, mas é preciso ter cuidado para que eles não se aqueçam demais, pois podem ocorrer danos externos e o próprio material poderá ser danificado.

Tigelas: uma transformação fácil

Transformar uma tigela em uma luminária não é tão complicado
Tigelas / bricolaje.facilisimo.com

Transformar uma tigela em uma luminária não é tão complicado, tanto a nível manual quanto estético-decorativo. Por que isso? Principalmente, porque o formato contribui muito para que se consiga a função de luminária.

Assim como os escorredores, as tigelas de metal são as melhores, tanto pela resistência quanto pela firmeza. Além disso, por não sofrerem com o calor excessivo. No entanto, há uma desvantagem: fazer o orifício não é tão fácil, isto requer a intervenção de um especialista.

Quanto ao aspecto estético, é bastante simples de trabalhar a fim de que possa adaptar-se a qualquer estilo decorativo. A forma é bastante refinada e geralmente tem uma aparência simples que permite complementar perfeitamente qualquer ambiente.

Não importa o tipo de tigela; até mesmo as utilizadas para os alimentos podem ser uma boa opção.

E quanto às tigelas de madeira?

Os utensílios domésticos podem ser uma opção muito interessante para a decoração
Luminárias feitas com tigelas / tecnohotelnews.com

A madeira é um material que normalmente utilizamos para vasos decorativos ou esculturas, mas será que ela poderia estar presente no mundo das luminárias? Bem, sim; ela pode ser trabalhada com o objetivo de moldá-la com a forma desejada.

O próprio calor da luz será reforçado pela tigela de madeira transformada na cúpula da luminária. Desta forma, se consegue um design realmente sutil e inovador.