Quartos com camas baixas: última tendência em decoração

· 10 de agosto de 2018
Não só acrescentam um toque boêmio, mas também ampliam visualmente o quarto, ganhando alguns centímetros a mais.

Dormir em um colchão no chão pode parecer um pouco estranho. Há algumas pessoas que odeiam a ideia. Mas, a verdade é que nesse momento isso é tendência na decoração de quartos. Além de ser confortável, traz um toque boêmio que fica muito interessante. Certamente o uso de camas baixas ou diretamente no chão é uma tendência.

Entre outras características, as camas baixas ampliam o espaço visual do quarto, fazendo com que ele pareça muito maior e mais espaçoso. Essa é uma das razões pelas quais não paramos de ver ambientes com esse tipo de cama. Elas estão começando a ser cada vez mais utilizadas.

Se você está pensando em dar um outro toque ao seu quarto e renovar a sua cama, no post de hoje deixaremos alguns pontos-chave das camas baixas. Dê este toque boho-romântico ao seu quarto!

O suporte das camas baixas

O mais comum neste tipo de cama é incluir um sommier com pouca altura. Há muitas pessoas que preferem não colocar nada. No entanto, aconselhamos colocar alguma base, pois, a longo prazo, isso pode ser prejudicial. A base do sommier pode ser a estrutura com a qual você se sinta mais confortável. Pode ser feita de papelão, madeira, com uma base estofada como se fosse um tatame, e até mesmo paletes. Você também pode incorporar pés baixos para que assim você não se sinta “tão no chão”. Neste caso, é aconselhável incluir aqueles que não excedam 20 cm.

Suporte das camas baixas

É muito importante que o colchão seja de boa qualidade. Devido não possuir a altura de um sommier “normal”, devemos garantir que ele tenha uma grande espessura e que não se estrague na primeira oportunidade. Precisamos cuidar das nossas costas tanto quanto possível. Ainda assim, para esse tipo de cama, podemos encontrar colchões especificamente desenhados para essa função no mercado. Eles são um pouco mais finos e de boa qualidade. Esta é uma ótima opção para os quartos que não tenham muito espaço e que precisem de um colchão um pouco mais fino, mas sem perder o conforto.

A base

Independentemente de qual colchão você escolher, você deve ter em mente que o conjunto não deve exceder 35 cm. O segredo é brincar com a base e o colchão. Se decidirmos dar mais altura ao colchão, subtraímos altura da base, e vice-versa. Caso contrário, ficaria um ambiente muito estranho. Não seria nem uma cama baixa e nem uma cama de meia altura.

Cabeceira

Quanto à cabeceira, esse tipo de cama não costuma ter uma. Normalmente, elas estão “nuas”, para dessa maneira obter um efeito mais casual. Da mesma forma, se você é daqueles que amam cabeceiras, pode tentar colocar uma que não se destaque muito, desde que ela respeite a estética horizontal do ambiente.

O estilo perfeito para uma casa descontraída

As camas com base baixa trazem um ar descontraído ao nosso quarto. Combinam perfeitamente com os estilos mais boho, hippies e minimalistas. Elas trazem esse toque oriental e casual para o quarto que pode ficar realmente interessante. Não devemos nos esquecer que este tipo de cama é usado nos países asiáticos, com a base de futon.

O estilo perfeito para uma casa descontraída

Elas nos lembram muito do estilo das camas balinesas, pois proporcionam um toque de luxo minimalista, mas sem abrir mão dessa aparência boêmia. Elas permitem criar espaços diferentes. E isso é algo que gostamos muito.

Ampliam o espaço visual

Além de trazer esse estilo tão especial do qual estávamos falando, esse tipo de cama tem outras vantagens. Se você tiver um quarto de dimensões reduzidas, incluir uma cama baixa vai trazer muito mais amplitude. Isso acontece porque elas favorecem a sensação de um campo visual maior, uma vez que reduzem o volume do todo. Dessa forma, você terá um quarto muito maior. É claro, primeiro se certifique de que o seu quarto tem as proporções corretas para incluir este tipo cama, pois do contrário, causaria uma sensação estranha.

As camas baixas ampliam o espaço visual

Se o seu quarto tiver um teto baixo, este tipo de cama também será uma ótima opção. Por ser mais fina e não tão pesada, ela pode fazer com que o espaço pareça muito maior. Incrível, não é mesmo?

Uma coisa que não podemos nos esquecer é que uma boa cama é muito importante. Incorporar uma cama baixa no quarto não significa ter que desistir da comodidade e do conforto. Passamos boa parte do nosso dia dormindo. Portanto, é importante investir em um bom colchão que seja confortável. E ai, você ousaria colocar uma cama baixa no seu quarto?