3 vitrines de vidro para decorar sua casa

22 de dezembro de 2019
As vitrines estão de volta. Escolha a que mais se adapta a sua casa e entre nesta nova moda.

As vitrines de vidro são um elemento diferenciador em qualquer casa. Por sua elegância, são o centro da atenção de todos os olhares e o complemento perfeito para decorar uma sala de estar, sala de jantar ou hall de entrada. A seguir, mostraremos três ideias diferentes para que você se inspire na hora de decorar a sua casa.

Como você verá, existem muitos designs, tamanhos e formas. Mesmo que, a princípio, as vitrines de vidro pareçam algo formal e clássico, você verá que não é bem assim. Além disso, nos últimos anos, esse móvel se popularizou, e cada vez é mais comum vê-los em todos os tipos de ambientes e casas.

Por último, antes de começar a mostrar os diferentes modelos, não esqueça que se você decidir comprar uma vitrine de vidro, terá que ser organizado. Isso porque essas vitrines são transparentes, e por isso mostram o que está guardado no seu interior. Se você é desorganizado, é melhor escolher outro tipo de móvel, porque o cômodo parecerá descuidado.

Vitrines de madeiras

As vitrines de madeira são as mais utilizadas, e as primeiras que vêm à cabeça quando pensamos em vitrines. Mesmo sendo as mais clássicas, também podemos encontrá-las em estilos decorativos mais modernos e diferenciados. Nos últimos anos, entraram muito em moda, principalmente aquelas restauradas por profissionais ou por nós mesmos.

Entre as vitrines de madeira, temos dois tipos. O primeiro deles engloba aquelas vitrines cujas portas são envidraçadas. Criam uma sensação de amplitude e, como falamos anteriormente, requerem que você seja organizado. Uma boa forma de destacar a vitrine sem que você precise se preocupar, é comprar caixas ou cestas de vime que combinem com ela. Assim, você poderá colocar diferentes objetos dentro e, de fora, se verá uma bonita caixa ou cesta.

Outra opção é comprar uma vitrine que combine as portas envidraçadas com gavetas ou portas de madeira. Assim, cria-se uma combinação entre ambos os tipos de materiais. Podemos guardar as louças especiais nas portas envidraçadas, e os objetos do dia a dia nas de madeira. Essa opção é muito útil e uma das mais práticas para o dia a dia.

vitrine de madeira e vidro

Vitrines de vidro simples

Esse tipo de vitrines de vidro é a mais simples que podemos encontrar. É uma estante fabricada em vidro, que geralmente não tem portas. Podemos encontrar de vários tamanhos e uni-las para formar uma maior. Sobre o design, são simples e retas. Isso faz com que não ganhem protagonismo, e toda a atenção fique nos objetos que contém.

Se você quer criar uma separação entre a sala de estar e a sala de jantar, as vitrines de vidro são uma opção a ser levada em conta.

Essas vitrines são perfeitas para criar uma separação de espaços. Por conta de sua transparência, o cômodo fica com dois ambientes diferenciados, mas ao mesmo tempo unidos visualmente e bem iluminados.

Além disso, como as vitrines de vidro simples não têm fundo nem portas, continua havendo contato entre uma área e outra.

Se sua casa tem uma decoração underground ou industrial, recomendamos que você escolha colocar rodas ao invés de pés. Rodas metálicas ou de borracha grandes lhe darão um ambiente industrial perfeito. Além disso, você poderá movimentá-las facilmente e assim criar diferentes ambientes, de acordo com as suas necessidades.

vitrine de vidro

Vitrine de vidro / Ikea.com

Vitrines de alumínio

As vitrines de alumínio e vidro são menos utilizadas e o seu tamanho geralmente é menor. São fabricadas em vidro e os seus elementos de junção são de alumínio. São perfeitas para colecionadores ou para os objetos decorativos mais delicados. Esse tipo de vitrine faz com que os objetos no seu interior chamem mais a atenção, pela sua transparência e formas retas, que formam um efeito similar ao de qualquer peça que podemos encontrar em um museu.

vitrine de alumínio

Vitrine de alumínio / ikea.com

O inconveniente dessas vitrines é que geralmente dão um aspecto frio e pouco acolhedor. Recomendamos que você escolha um tamanho não muito grande, e que a use para guardar as peças realmente especiais.

Podem ser artigos de colecionador ou elementos familiares que passaram de geração em geração.

Se você quer dar ainda mais protagonismo aos objetos que deseja expor, recomendamos que você use lâmpadas ou barras luminosas. Você as dissimulará no interior da vitrine e deixará que a sua decoração brilhe e fale por si mesma.