A casa Cap Ferret, a natureza dentro de casa

16 de março de 2020
O design desta casa tem como premissa o respeito à natureza ao seu redor, sem esquecer que é um espaço onde o usuário deve ficar à vontade.

A casa Cap Ferret está intimamente relacionada à natureza da baía de Arcachon, na França. Estabelece uma relação direta com ela e com o espaço onde está inserida, permitindo que os pinheiros existentes no local passem através da sua estrutura. É um projeto paradigmático no que diz respeito ao tratamento da natureza preexistente no local em que ela está inserida.

Esta casa fica a alguns metros do nível do chão da colina onde ela foi construída. A casa está elevada o suficiente para que seja possível circular abaixo dela. Ao assentá-la sobre uma estrutura de estacas, Lacaton & Vassal tentaram não alterar demais a paisagem.

A arquitetura de Lacaton & Vassal busca fazer com que os espaços sejam ampliados por meio de um espaço extra, que inicialmente não faria parte do programa. Esse espaço extra é, para Lacaton & Vassal, uma maneira de deslocar as fronteiras da sua arquitetura.

Com isso, o limite fica diluído entre o interior da arquitetura e os seus arredores, e o espaço extra introduz uma parte do exterior no interior do edifício.

Além disso, também é algo essencial porque modifica os limites internos da casa. Esse espaço extra questiona a lógica convencional da planta arquitetônica. A arquitetura de Lacaton & Vassal prioriza o projeto, o seu usuário e a relação com o meio ambiente.

“Estamos sempre trabalhando em projetos diferentes, mas o nosso comportamento é sempre o mesmo. O objetivo não é criar obras de arte, mas sim construir casas nas quais o usuário esteja à vontade. No nosso trabalho, o básico é o ser humano; sem ele, a arquitetura não é necessária”, Anne Lacaton.

Lacaton & Vassal, construir na natureza

A casa Cap Ferret, natureza dentro de casa

Interior / atlasofplaces.com

Lacaton & Vassal é um escritório de arquitetura fundado em 1987, em Paris. Nele trabalham Anne Lacaton e Jean-Philippe Vassal, que se formaram em Bordeaux.

O seu trabalho é focado principalmente na relação entre forma, função, economia e meio ambiente. A sua visão se concentra no estudo e no entendimento da vida contemporânea e de suas relações. Eles procuram projetar espaços para atender às necessidades dos usuários por meio desse entendimento.

Além disso, eles aplicam a inovação tecnológica, como na casa Cap Ferret, onde são usados ​​materiais e métodos inovadores de construção. Os espaços projetados por este escritório francês buscam ser diáfanos e espaçosos.

As premissas do design de Lacaton & Vassal, que vêm tanto da sua formação em Bordeaux quanto da sua passagem pela África, concentram-se principalmente no uso do que está disponível.

“Permanecer simples” é, talvez, a sua principal aspiração. Eles também procuram tirar proveito do ar livre, honrar a luz, a liberdade e a graça. Este escritório pratica a arquitetura social baseada na economia, na modéstia e na beleza de seus contextos.

A casa Cap Ferret

A casa Cap Ferret, natureza dentro de casa

Interior / metalocus.es

Esta pequena casa está situada na espetacular baía de Arcachon, na costa oeste da França, com abertura para o Oceano Atlântico no Golfo de Biscaia.

A casa Cap Ferret foi projetada pelos arquitetos franceses Anne Lacaton e Jean Philippe Vassal. Esta casa conseguiu manter um diálogo respeitoso com o seu entorno, integrando-o de maneira bem-sucedida ao seu interior. 

O terreno era composto por um trecho de dunas altas cobertas com medronheiros, dormideiras e 46 pinheiros. Para evitar o corte dos pinheiros e a destruição da vegetação baixa dos medronheiros, foram utilizadas doze estacas que doram inseridas de oito a dez metros de profundidade. Finalmente, isso também evita movimentos pesados ​​da terra que prejudicam o terreno. 

Os pinheiros foram preservados, incluindo aqueles localizados dentro das quatro paredes do edifício. Como resultado, essas árvores atravessam a casa em suportes especiais adaptados ao balanço produzido pelo vento, pelo seu crescimento e manutenção da sua boa saúde.

Esse uso das estacas lembra o pavilhão de Sverre Fehn para a Bienal de Veneza, realizada em 1958, quarenta anos antes da construção dessa casa. Isso foi necessário devido ao ambiente natural muito mais valioso que estava presente neste projeto.

Espaços da casa Cap Ferret

A casa Cap Ferret, natureza dentro de casa

Terraço / metalocus.es

A casa é dividida em duas áreas distintas, a área diurna, onde estão localizados o terraço, a sala de estar e a cozinha e a área noturna, com os quartos e seus respectivos banheiros. Ela pode ser acessada através de uma escada em caracol localizada na colina.

Esta escada chega a um pequeno terraço onde é possível acessar a sala de estar com a cozinha integrada, que divide os quatro cômodos. Dois quartos são para uso familiar e os outros dois quartos são para convidados. Há um banheiro e um lavabo para cada dois quartos.

Portanto, esta casa é um exemplo de respeito ao meio ambiente, de entendimento das condições pré-existentes e da aplicação de estratégias para fazer dos problemas uma solução.

É necessário olhar com admiração para projetos que se adaptam facilmente ao seu ambiente natural, mas sem deixar de ter uma grande qualidade.