As fibras naturais mais utilizadas no design de interiores

· 30 de abril de 2019
Decore a sua casa com fibras naturais, você vai adorar o resultado. Daremos algumas ideias para inspirá-lo.

Neste artigo, mostraremos como decorar com fibras naturais, para que os espaços exalem calor, naturalidade e conforto, independentemente de estarmos falando de áreas interiores ou exteriores.

Um aspecto muito importante dessas fibras é que elas geralmente são uma opção muito barata. Além disso, estamos vendo um uso cada vez mais frequente dessas fibras no mundo do design de interiores, sobretudo na fabricação de móveis e tapetes, embora também possamos vê-las em acessórios.

Podemos colocá-las tanto em espaços interiores quanto exteriores, embora seja verdade que, neste último caso, devemos estar mais atentos ao seu cuidado e manutenção. Em um terraço ou jardim esses móveis ficariam mais expostos à chuva, ao frio, à neve…

Para que o resultado seja totalmente homogêneo, é importante combinar esses móveis e acessórios de maneira adequada. É isso, entre outras coisas, o que queremos mostrar ao longo deste artigo.

Algumas das fibras naturais mais utilizadas

Tenha em mente que elas podem ser de origem tanto vegetal quanto animal. Com elas, você fará com que qualquer canto da casa tenha um encantador toque natural. Além disso, apesar da sua aparência delicada, elas geralmente são bastante resistentes. A seguir, mostraremos algumas fibras naturais mais utilizadas.

O primeiro exemplo que queremos mostrar é o vime, que pode ser encontrado em formatos muito variados: cestos, poltronas, cadeiras ou sofás: o mais comum é encontrar este tipo de móvel em ambientes exteriores, como terraços, pátios ou jardins.

Algumas das fibras naturais mais utilizadas

Também é comum usar o rattan, principalmente em cestas, móveis ou molduras para fotos ou espelhos. Os produtos feitos com essas fibras são muito simples e atraentes. Já no caso do sisal, o mais comum é vê-lo em cordas ou cordões. Dessa forma, podemos usá-lo para pendurar objetos decorativos ou então para amarrar mantas, cortinas…

Além disso, não podemos nos esquecer do linho, ideal para cortinas ou persianas, capas de sofá ou de almofadas. No caso das capas, o algodão também pode ser uma ótima opção. Algumas peças são decoradas com estampas realmente marcantes. E, é claro, as mantas de lã para os sofás e poltronas são essenciais para as nossas salas e nos cantinhos de leitura.

Estes são apenas alguns exemplos; também podemos encontrar objetos e móveis feitos com fibras de bambu, juta… O que fica claro é que as fibras naturais são tendência e trazem um toque muito caloroso e, ao mesmo tempo, simples e natural.

Com quais materiais podemos combiná-las?

Obviamente, o lugar onde colocamos os nossos móveis e objetos feitos com fibras naturais também é muito importante. O nosso objetivo é um espaço homogêneo, com um estilo semelhante, que não destoe do restante da decoração.

A melhor opção é que sejam materiais muito naturais como, por exemplo, a madeira, de preferência que não tenha sido submetida a tratamentos. Não importa que as suas estrias e outras imperfeições estejam visíveis, pois nisso reside o seu encanto. Você poderá usar madeiras recicladas, como os paletes ou caixotes de fruta. Você também poderá usar a madeira para decorar pisos e paredes.

Opte por objetos de barro para decorar, como vasos, tigelas, jarros ou, se você quiser dar um passo além, também poderá optar por ladrilhos feitos com este material.

Combinando fibras naturais com outros materiais

Uma opção muito recorrente é a cortiça; tanto fazendo parte de pequenos objetos decorativos (porta-copos, luminárias, etc.) quanto disposta nas paredes a título de painel decorativo ou inspiracional.

Além disso, você também poderá usar materiais como a serapilheira (também conhecida como pano de saco) ou o couro; mas sempre tendo em mente qual o resultado estilístico que você está procurando: mais rústico, mais moderno… Você pode usar a serapilheira para fazer capas de almofadas e tapetes, por exemplo, e o couro, para sofás ou pufes.

Para pisos e paredes, o microcimento pode ser a opção ideal para você. A verdade é que este é um material antiderrapante e impermeável que fica ótimo com este tipo de fibra ou em espaços decorados com o estilo industrial. Sem dúvida, este material já é uma tendência dentro do mundo do design de interiores.

Finalmente, não devemos nos esquecer do papel, principalmente os papéis de parede. Existem várias lojas e empresas que oferecem inúmeros designs que você pode adquirir até mesmo online. Um exemplo é a Coordonne.

E não se esqueça de incluir algumas plantas

Como você pode ver neste artigo, as fibras naturais podem ser perfeitamente combinadas com determinados materiais. Além disso, recomendamos que você aposte em uma paleta de cores suaves.

E, obviamente, deve haver algumas plantas por perto; independentemente de ser um espaço interior ou exterior. Além de trazer muitos benefícios para a nossa saúde, também podemos decorar com as plantas de forma criativa, dando assim um toque original para a nossa casa.

Armas, Eva. “Mimbre, caña y BAMBÚ” Revista Architectural Digest. 2015. Información disponible en el siguiente enlace: https://www.revistaad.es/decoracion/articulos/muebles-de-mimbre-y-cana/17300

Mora, Gala. “Sencillamente BONITA”. Revista Architectural Digest. 2018. Información disponible en el siguiente enlace: https://www.revistaad.es/decoracion/diseno/articulos/deco-living-tienda-madrid-decoracion/20806