Como escolher os quadros para minha parede?

· 25 de outubro de 2018

No design de interiores, os quadros são um dos elementos mais importantes. E você poderá perguntar o porquê. Os quadros podem acompanhar a ambientação de uma casa com as paisagens e retratos que mais nos inspirem.

Às vezes, eles podem passar despercebidos. No entanto, se os destacarmos poderão ser a primeira coisa que veremos ao entrar em um cômodo.

Para que um quadro chame a atenção, nós devemos insistir em diversos fatores dos quais vamos falar a seguir.

Localização no espaço

Um fator indispensável na hora de escolher quadros para a sua casa é levar em consideração o lugar onde vamos colocá-los.

Não temos que pensar somente no espaço. Os móveis, a parede e a iluminação são elementos muito importantes que devemos considerar. Dessa forma, você poderá analisar diferentes opções e escolher a que melhor se adeque ao seu espaço.

Muitas vezes, os quadros ajudam a realçar determinadas partes do cômodo que nós gostamos e queremos destacar. Além disso, eles também ajudam a esconder áreas que não gostamos e que não queremos ressaltar.

É claro que a primeira coisa que devemos nos perguntar antes de colocar um quadro é o efeito que procuramos: qual parede queremos realçar e o que queremos destacar no quadro.

Tamanho do quadro

Dependendo do tamanho da parede e do teto, podemos escolher um tipo ou outro de quadro.

Se a sua casa é pequena, uma boa opção é colocar uma combinação de pequenos quadros. Isto substituirá um quadro grande que ocupe grande parte da parede.

quadros diferentes

Essa colagem de quadros é uma ideia que lhe dará a oportunidade de brincar com diferentes cores, formas e estilos. No entanto, você terá que levar em consideração o tamanho dos quadros que decidir incluir. Se eles forem muito grandes, terá que colocar menos quadros, caso contrário tomarão grande parte da parede.

Se por outro lado, você tiver um teto alto, poderá aproveitar para colocar um quadro grande. Também poderá fazer uma colagem de quadros que tenham bastante altura para dar uma sensação de amplitude ao local.

Tipos de pintura: qual escolher?

Se você tiver uma parede lisa e com cores claras poderá pensar melhor no tipo de moldura, no tamanho e a forma.

No entanto, se a sua casa já está decorada com um estilo definido, deverá combinar os seus quadros com as cores da sua casa. Dessa forma, eles vão se integrar e manter a harmonia nos diferentes ambientes.

Se você não tem preferência por um estilo específico, poderá optar por fotos artísticas, pinturas em aquarela que estão ‘em alta’ agora, estampas, frases, pinturas com motivos geométricos, etc. Dessa forma, emoldure alguma foto que o inspire ou faça você mesmo. Isto dará um toque muito pessoal e original para o seu quadro.

Tipos de moldura

Além de pensar na pintura do quadro, um fator que vai influenciar significativamente na estética que pretendemos dar será a moldura.

As molduras se diferenciam pelo material de que são feitas, pela cor e pela espessura ou tamanho. Além disso, tudo isso deve estar em sintonia com a pintura.

tipos de moldura

Se quisermos optar por um estilo mais minimalista e simples, poderemos colocar uma moldura fina, cujas cores não se destaquem demais. Dessa forma, a pintura em si não perde o protagonismo.

Por outro lado, se quisermos realçar muito o quadro, poderemos colocar uma moldura mais trabalhada que chame a atenção de todos que passam por ali.

Quadros para a sala de estar

A sala de estar é um espaço que permite diferentes composições com quadros. Entretanto, tudo dependerá da parede em que você deseja colocá-los.

Uma parede que dá muitas possibilidades é a do sofá. Uma boa opção é colocar um tríptico com todas as partes alinhadas. Mas você também pode poderá usar quadros com diferentes alturas e tamanhos. Nesse caso, separe a peça mais longa do tríptico, coloque no meio e mantenha a mesma distância entre eles.

quadros atrás do sofá

Para tetos altos com sofás que não são muito grandes fica muito bem colocar duas ou três fileiras de quadros. As composições com fotos e molduras leves são uma forte tendência.

Como podemos ver, escolher o quadro apropriado de acordo com a nossa casa não é uma tarefa fácil. E aí, você ousaria utilizar algumas das nossas propostas?