Detalhes em cores vibrantes: a tendência que promete avivar seus espaços

30 de outubro de 2018
Você quer adicionar um toque de cor à sua casa? Hoje mostraremos como utilizar detalhes em cores vibrantes na sua decoração.

Os detalhes em cores vibrantes são uma boa forma de alegrar os diferentes espaços da nossa casa. Introduzir pequenos detalhes de cor na decoração faz com que, sem dúvida, seja um espaço dinâmico e nada entediante ou sem graça.

Há muitas maneiras de atribuir dinamismo aos ambientes e uma delas é através da cor: hoje existem várias tendências que defendem o uso predominante de cores claras, por exemplo, o estilo nórdico.

A tendência do branco total, que também defende o uso desta cor em toda a decoração. No entanto, quando utilizamos apenas uma gama de cores tão clara, corremos o risco de criar ambientes entediantes.

Portanto, neste tipo de tendência é muito comum recorrermos ao uso da cor para romper com a monotonia. Neste artigo, mostraremos como introduzir detalhes em cores vibrantes para avivar seus espaços.

Quais são as cores vibrantes?

Evidentemente, antes de aprofundar no assunto, é importante saber quais são as chamadas cores vibrantes. Em primeiro lugar, cabe destacar que o conceito de cor vibrante refere-se à cores sólidas e de grande brilho e luminosidade. Estão excluídas, por exemplo, as cores pastéis.

Portanto, algumas cores vibrantes são o magenta, o azul, o amarelo, o verde, o vermelho, o laranja, etc. Tratam-se de cores ousadas que, do nosso ponto de vista e gosto pessoal, devem ser utilizadas em pequenos detalhes e não em todo ambiente.

ambiente com detalhes em cores vibrantes

Onde utilizar detalhes em cores vibrantes?

O uso de cores vibrantes não se restringe a uma área da casa em particular; podem ser utilizadas em qualquer parte da casa. A única coisa que você deve ter em mente é quais são os detalhes que deseja introduzir.

Por exemplo, se você quiser utilizar alguns detalhes em cores vibrantes em uma luminária, o mais lógico é que, se você já tiver duas luminárias, não coloque outra, mesmo que uma delas seja colorida Trata-se de introduzir as cores em detalhes, em pequenos elementos, mas utilizando a lógica, a razão e não repetindo elementos.

Portanto, esta seria uma boa forma de utilizar cores vibrantes:

  • Tecidos: são sempre uma boa opção para adicionar um toque de cor e avivar os quartos, a sala de estar ou o banheiro.
  • Elementos decorativos: jarros, vasos de flores, quadros ou porta-retratos, por exemplo, são bons aliados para utilizar detalhes em cores vibrantes.
  • Utensílios: no caso da cozinha, uma boa maneira de introduzir um toque de cor é através dos utensílios de cozinha. Por exemplo, louças, copos, xícaras, conchas, etc. Uma maneira sutil de dinamizar a área.

O que as cores vibrantes acrescentam?

Decorar com detalhes em cores vibrantes, sem dúvida, é uma das melhores opções se você não gosta muito de cor. Esses detalhes significam toques sutis que irão adicionar e não subtrair algo da sua casa.

Em primeiro lugar, poderíamos dizer que, as cores vibrantes adicionam muita luz ao lugar. Além disso, melhora o nosso estado de ânimo, já que as cores desse tipo nos fazem sentir mais alegres.

Por outro lado, as cores vibrantes ajudam os ambientes a terem mais volume. Ou seja, que não pareçam sem graça, entediantes ou chatos. De fato, a sua utilização na decoração da nossa casa, também pode transmitir muitas sensações, como frescor e modernidade.

Essas cores são perfeitas para energizar uma área da casa. A principal vantagem é que, ao serem introduzidas de maneira sutil, em pequenos detalhes, podemos modificá-las facilmente quando nos entediarmos.

Essa tendência é perfeita para as pessoas que gostam de decorar com linhas simples e sem muita cor, já que a cor não é introduzida em grandes quantidades.  

Da mesma forma, os detalhes em cores vibrantes são cada vez mais comuns em estilos decorativos como o nórdico ou o minimalista. Em outros, como o estilo oriental, é muito comum ter elementos vermelhos combinados com o preto como cores principais.

Uma ideia equivocada sobre as cores vibrantes é que, ao utilizá-las, o espaço parecerá sobrecarregado, ou muito infantil. No entanto, como dissemos anteriormente, para conseguir um efeito de elegância e sutileza, devemos incorporar essas cores pensando nos elementos-chave que faltam no ambiente e que farão a diferença.