Estilo funcional urbano: conforto e pragmatismo

3 de maio de 2020
Se você tem um apartamento pequeno localizado na cidade e não sabe qual estilo dar ao seu lar, recomendamos que você leia este post. Ele será muito útil!

O estilo funcional urbano se adapta à vida moderna. As limitações das novas construções, juntamente com um novo conceito de vida urbana, resultaram no surgimento desse estilo.

O que dá sentido ao design funcional urbano é a sua visão prática e simples da decoração. Ele aparece com o surgimento de um novo conceito de habitação, caracterizado pela falta de espaço e pela ausência de detalhes arquitetônicos.

Esse fato se combina com uma nova realidade social: cada vez mais pessoas têm pouco tempo para se dedicar ao lar. Assim surgiu um estilo funcional, simples e de fácil manutenção.

Conforto e versatilidade no estilo funcional urbano

Estilo funcional urbano

Nos seus interiores contemporâneos, o conforto prevalece e as frivolidades são evitadas, principalmente quando elas afetam a distribuição do espaço e o seu uso.

Em geral, predominam linhas retas, sóbrias e leves. Para os móveis, busca-se a facilidade de montagem e desmontagem. Por isso, há uma preferência pelas composições modulares, que permitem que a distribuição seja mudada facilmente.

Também são escolhidos os móveis extremamente práticos e aqueles que cumprem várias funções, como prateleiras ou móveis baixos, que servem também para separar espaços.

Para que a casa seja confortável e prática, é importante que cada coisa tenha o seu lugar e que seja fácil de encontrar. Por isso, nesse estilo, são frequentemente utilizados os móveis destinados ​​para o armazenamento, o que também é feito nos cantos mais inesperados da casa para aproveitar o espaço ao máximo.

Materiais de todos os tipos

Estilo funcional urbano

Esse estilo não discrimina nenhum tipo de material. Em seus ambientes, materiais naturais, como madeira e couro, convivem harmoniosamente com materiais industriais, como aço, alumínio e vidro.

Para o revestimento dos pisos, são usados os pisos de parquet e cerâmica, que são os tipos de piso mais utilizados. No entanto, também são comuns os pisos flexíveis, como as placas vinílicas e linóleo.

Os têxteis favoritos para vestir a casa têm uma variedade muito ampla. São utilizadas tanto fibras naturais, como algodão, linho e lã, quanto tecidos de última geração como a trevira, chenille, microfibra.

Os tapetes e carpetes são confeccionados em fibras naturais, como a fibra de coco, juta…, podem ser um bom complemento para finalizar a decoração dos pisos.

Como usar a cor no estilo funcional urbano?

Sala de estar conjugada

Você se perguntará quais cores são as mais adequadas para esse estilo, então daremos algumas orientações para você saber quais escolher. As casas urbanas nem sempre têm uma boa iluminação natural, por isso é conveniente decorar as paredes e pisos com cores claras.

Da mesma forma, ao usar tons claros e luminosos, será possível disfarçar a falta de espaço, um aspecto muito comum nessas construções.

O mais indicado nesses casos é usar uma ou duas cores claras, com diferentes tons e subtons, e aplicá-las a todos os elementos do conjunto decorativo, adicionando pinceladas coloridas em alguns elementos.

Cor funcional

No entanto, quando temos uma casa espaçosa e iluminadapode haver um uso ousado da cor. Nestes casos, o contraste de cores para a decoração das paredes faz muito sucesso.

Outra maneira altamente recomendável de dar cor aos espaços é usar o papel de parede com estampas alegres, que dão um toque cool ao ambiente.

Crie um espaço íntimo com o estilo funcional urbano

Estilo funcional urbano

Muitas vezes reclamamos que as paisagens urbanas nem sempre são tão estimulantes quanto se poderia desejar. Além disso, os edifícios residenciais são tão próximos uns dos outros que isso pode causar uma falta de privacidade.

Por esse motivo, esse estilo dá muita atenção às cortinas e persianas, elementos que ajudam a isolar a casa visualmente. Os materiais favoritos são o linho, o algodão e a organza natural. Dessa forma, ele foge das cortinas muito pesadas e volumosas.

Certamente você deve ter tirado boas ideias deste post; agora, só falta começar a colocá-las em prática. É hora de aproveitar o espaço da sua casa urbana!