Fotografias tribais para decorar paredes

24 de abril de 2019
O significado dessas fotografias tribais irá depender de cada pessoa e das experiências que tenha vivido.

Aqueles que fizeram viagens para algum destino exótico, em qualquer um dos cinco continentes, geralmente têm experiências de vida que são muito significativas. Por isso, quando voltam para casa, muitos viajantes optam por decorar os seus espaços com fotografias tribais.

A simplicidade e os contrastes da vida nesses lugares é um tesouro de valor e beleza incalculáveis. E, por essa razão, as fotografias tribais são para alguns um pequeno lembrete de que há lugares onde o materialismo doméstico e urbano perdem todo o sentido.

Por outro lado, o encanto das fotografias tribais reside em seu misticismo. Os olhares profundos dos indígenas transmitem sentimentos de uma maneira singular e, por isso, a contemplação de sua imagem captada na fotografia nos convida a ir além do evidente.

Em alguns casos, a sua inclusão na decoração pode responder somente a um propósito artístico, como pode ser um interesse pelo trabalho de algum fotógrafo profissional ou em seu próprio trabalho.

Voltar às origens?

Há também pessoas que sentem afinidade por esse tipo de expressão artística, embora nunca tenham visitado os lugares onde essas tribos residem.

São atraídas principalmente pela soma de elementos que implica um determinado tema tribal. Se encantam com a paleta de cores, formas, texturas, tipo de paisagem ou relacionam a imagem com um conceito determinado: a liberdade, a espiritualidade, etc.

Agora, independentemente do significado dado às fotografias tribais, a verdade é que a decoração com essas fotos pode tornar um espaço muito mais expressivo.

Apenas a África?

Embora as fotografias tribais africanas geralmente sejam as mais populares na decoração, elas não são as únicas que podem ser usadas. Deve-se considerar que também podem ser tiradas fotos de indígenas americanos (do norte, centro ou sul), indígenas australianos e indígenas de outras partes do mundo.

A decoração no estilo africano foi popularizada em anos anteriores onde se mesclava o conceito tribal com o do safári. Isto resultava em uma proposta muito marcante, mas também divertida. Por isso, talvez seja muito mais fácil acessar elementos decorativos africanos do que de outros lugares.

O ABC para decorar com fotografias tribais

Ao decorar com fotografias tribais, existem duas tendências:

  • Recriação do local de origem da imagem. Neste sentido, pretende-se que a fotografia não fique isolada no espaço; mas seja reforçada pela incorporação de objetos, como esculturas, têxteis, vasos, máscaras, peças de cerâmica, acessórios, trajes típicos (parcial ou total), certos tipos de plantas, etc.
  • Criação de ambientes domésticos e, ao mesmo tempo, de alta sofisticação. Isto é obtido através de um equilíbrio de objetos rústicos e acessórios de design, claro que com um certo ar tribal.

Considerações importantes

Uma vez que esteja claro qual tendência será seguida, deve-se considerar o seguinte:

  • Tamanho. Este aspecto irá definir o local onde a imagem será colocada: apoiada no chão ou pendurada em uma parede vazia, perto de uma superfície (como pode ser uma mesa ou sofá ou outros móveis) se estará acompanhada por outras fotos tribais ou não, etc.
  • Tipo de retrato: individual ou em grupo? Esse é outro detalhe importante que ajudará a alcançar resultados espetaculares. Se a fotografia apenas retratar uma pessoa, o resultado não será o mesmo de uma representação em grupo.
  • Dinamismo da imagem: também devemos avaliar se a imagem tem movimento ou não. Os retratos individuais geralmente focalizam o rosto e capturam uma imagem que se move emocionalmente. No entanto, os retratos de grupo podem capturar imagens da vida em geral dos representados: danças, ritos religiosos, atividades agrícolas, pecuária, caça e pesca, e assim por diante.
  • Localização da(s) fotografia(s): hall, sala de estar, quarto, banheiro, etc.
  • Vários detalhes: se a fotografia tem moldura ou não, se é uma fotografia impressa em papel ou outro tipo de superfície, se é uma foto ou uma pintura, e assim por diante.
  • Em sépia, preto e branco ou em cores? A este respeito, é importante lembrar que a cor sépia traz um ar de nostalgia, enquanto que o preto e branco define e fornece dramatismo. Por sua vez, as fotografias coloridas criam uma conexão com o presente e fornecem dinamismo aos espaços.

Um aspecto importante

As feiras de artesanato, as lojas de artigos folclóricos e até mesmo as casas de decoração podem ter à disposição fotos tribais. Com a compra desses objetos, é feita uma doação de recursos para uma causa social que, em geral, consiste no envio de ajuda humanitária a um grupo específico.

É importante considerar que este tipo de peças nem sempre tem um custo elevado, embora seja uma boa ideia procurar acessoria e pesquisar um pouco antes de fazer o investimento. Afinal, além de decorar, o fato de fazer uma pequena contribuição pode ser extremamente gratificante.