Greenery: uma tendência que continua

· 7 de maio de 2019
Você conhece essa tendência decorativa? Provavelmente, pelo seu nome original, você não saiba do que estamos falando. Ela requer alguns truques que vale a pena conhecer.

Há alguns anos, os interiores das casas ficaram repletos de tons verdes. Uma cor que é bastante intimidante na decoração devido à dificuldade de misturar vários tons do mesmo verde, até o surgimento do greenery.

É uma tendência que enfatiza essa cor e incentiva o seu uso sem complexos. Porém, requer alguns truques que vale a pena conhecer; é disso que cuidaremos hoje.

Esta tendência de cor foi a protagonista em 2017, mas conseguiu permanecer, e parece que continuará por bastante tempo, visto que não há nada mais sereno, relaxante e refrescante do que os tons de verde na decoração de interiores. Ele traz uma experiência maravilhosa de conexão com a natureza e é uma maneira excelente de levá-la para dentro das nossas casas.

O greenery não é apenas uma cor ou um estilo de decoração. Ele se tornou todo um movimento artístico que está se refletindo no planejamento urbano e na arquitetura.

Na verdade, o greenery é um estilo de vida. Ocorre que esse verde é a cor dos novos começos. Um tom que oxigena e revitaliza, um toque de natureza nos seus espaços vitais que trará equilíbrio e tranquilidade à sua vida cotidiana.

Como introduzir o greenery na sua casa

Como introduzir o greenery na sua casa

Na verdade, greenery é o nome dado pela casa Pantone a um tom específico de verde. Trata-se de um verde amarelado muito vivo e que foi a cor do ano escolhida por esta empresa para o ano de 2017.

Mas, por ser uma tendência que continua válida, é possível usar diferentes tons de verde para combinar com ele e criar a mesma sensação de natureza dentro de casa. Acima de tudo, em espaços de inspiração boêmia.

Existem muitas maneiras, mas começaremos pelas mais simples. O mais básico, embora não menos importante, são as plantas. Esta é a maneira mais rápida e natural de preencher os seus espaços de natureza.

Você pode optar por plantas exuberantes e verdes. Não se limite ao terraço ou ao jardim. As plantas no interior da casa fornecem esse toque greenery que queremos alcançar.

Outra maneira simples é introduzir a cor verde nos acessórios decorativos. Por exemplo: algumas almofadas, um tapete, algum abajur ou pequenos móveis. No quarto, é a roupa de cama que adiciona facilmente o toque greenery.

E este é um lugar perfeito, porque os tons de verde proporcionam espaços onde é fácil relaxar e descansar. Nos ambientes como a sala de estar, é conveniente dar o protagonismo verde a alguma peça importante, como o sofá ou uma poltrona grande, por exemplo.

O equilíbrio e a harmonia

O equilíbrio e a harmonia

Existe uma regra universal na decoração de interiores para alcançar o equilíbrio entre os tons. De fato, é uma regra muito simples de lembrar e também de aplicar.

Use a cor principal em 60%, com 30% da cor secundária escolhida e 10% da cor de destaque ou dos pequenos detalhes. Dessa forma, a regra de 60-30-10 garante a harmonia de cores em qualquer tipo de decoração. Também é aplicável para criar espaços greenery sem erros.

A primeira porcentagem, 60%, é a que deve ser aplicada à maioria das paredes, pisos ou tetos. Os 30% da cor secundária seriam escolhidos para os móveis e algumas paredes.

Os 10% da cor de destaque são obtidos através dos complementos têxteis e acessórios decorativos, devendo ser escolhida uma cor que se destaque das demais. Esta regra é aplicada para dar profundidade aos espaços na decoração. Não é necessário aplicar a porcentagem exata, embora seja conveniente ajustá-la o máximo possível.

Combinações de cores para acertar com o greenery

Combinações de cores para acertar com o greenery

Por mais difícil que pareça, na decoração de interiores há alguns tons que combinam especialmente com ele. Para combiná-lo com quartzo rosa ou blush, o sucesso está em fazer com que a cor dominante seja o rosa, e o greenery deve ser usado como cor de destaque, ou seja, em 10%.

Outra combinação fantástica é com branco, cinza ou tons de creme. Esses tons neutros funcionam especialmente bem com o greenery, principalmente em banheiros e cozinhas. Nesse caso, o greenery também é usado como cor de destaque.

E, finalmente, a combinação de greenery com azuis e verdes escuros. Certamente esta combinação é perfeita para criar espaços sóbrios e sugestivos. Nesse caso, a cor de destaque seriam os tons escuros. Então, o que você acha? Você se atreve a trazer o verde para dentro da sua casa?