Quais são os melhores pisos de cozinha?

· 10 de novembro de 2018
A praticidade e a boa distribuição se tornam pontos essenciais no projeto de uma cozinha.

As cozinhas de hoje mudaram a sua funcionalidade. Agora já não são mais meros espaços para preparar a comida. São grandes espaços de reunião onde passamos muitas horas por dia. Por isso, a praticidade e a boa distribuição se tornam pontos essenciais no seu projeto. No post de hoje, propomos algumas das tendências mais modernas e práticas em pisos de cozinha que poderão ficar bem na sua casa.

A estética não deve ser deixada de lado, pois devemos equilibrar as variáveis ​​design e conforto. Além disso, a cozinha não pode destoar do restante da casa, por isso teremos que escolher com cuidado os materiais que queremos para este espaço. Aqui entra em jogo o tipo de piso que desejamos. No post de hoje, propomos algumas das tendências mais modernas e práticas que poderão ficar bem na sua cozinha.

Os melhores pisos de cozinha

1. Piso de madeira

A madeira sempre dá um toque quente e acolhedor aos ambientes. Encaixa perfeitamente com as cozinhas modernas e vanguardistas.

Como é um material suscetível à água, não era aconselhável colocá-la nas cozinhas. No entanto, atualmente aumentou o seu uso em cozinhas. A sua qualidade melhorou e o piso de madeira se tornou mais durável e resistente.

Funciona muito bem nas cozinhas americanas que estão ligadas à sala de estar. Dessa forma, será criada uma continuidade visual entre os ambientes. Por isso, ela se adapta perfeitamente em cozinhas modernas e vanguardistas.

2. Pisos de porcelana

Os pisos de porcelana são uma tendência nas cozinhas atualmente. Entre outras coisas, porque oferecem grande resistência e baixa porosidade.

Podemos encontrar acabamentos que imitam ardósia, madeira ou aço. Para combinar bem com todos os elementos da cozinha, poderemos optar por tons neutros, que são muito higiênicos e não sujam facilmente. Você também poderá colocá-los sob a forma de porcelanato. Além de não precisarem de manutenção, são muito resistentes, não quebram e nem racham. Você poderá limpar com qualquer produto e incluir aquecimento radial, pois funciona perfeitamente com este material.

Na verdade, este tipo de piso não confere calor excessivo ao ambiente como no caso da madeira e a sua instalação costuma ser mais cara. No entanto, o acabamento é muito estético e se encaixa bem em qualquer tipo de cozinha.

pisos de cozinha

3. Parquet com multicamadas

Para formar o piso parquet são unidas duas lâminas de madeira com uma de bétula em um só bloco.

Este tipo de piso é liso e não se expande nem se contrai. É outra boa opção para incluir aquecimento radial, pois funciona muito bem.

Se, com o tempo, percebermos que precisa de uma revisão, as lâminas poderão ser lixadas e ficarão como novas.

4. Pisos de cerâmica

A cerâmica é um dos materiais mais utilizados para revestir o chão da cozinha.

Este tipo de piso oferece muitas cores e padrões, o que dá milhares de possibilidades quando se trata de decorar a sua cozinha. Além disso, uma das suas grandes vantagens é a capacidade de absorção da água, o que a torna prática e higiênica, sendo ao mesmo tempo, um dos materiais mais econômicos.

No entanto, a cerâmica tem uma desvantagem. É um material frágil e pode quebrar facilmente.

O piso de cerâmica se encaixa muito bem com o mobiliário das cozinhas mais modernas.

5. Pisos de madeira laminada

É perfeito para renovar cozinhas e lhe dar um ar de modernidade, sem ter que fazer uma grande obra, pois não é necessário remover o antigo revestimento do chão.

A madeira laminada é um material fabricado com várias folhas coladas e prensadas que conferem grande resistência a impactos, riscos, queimaduras, desgastes e produtos de limpeza.

Imitam diferentes tipos de madeira, sem a necessidade de raspar ou envernizar. Além disso, oferecem um alto nível de resistência ao desgaste e ao impacto.

Eles têm um preço econômico e com uma montagem rápida e limpa. Você poderá encontrá-los com vários desenhos e com diferentes acabamentos.

6. Ladrilhos hidráulicos

Este tipo de piso foi usado pela primeira vez no sul da França em meados do século XIX. Atualmente, é uma forte tendência na decoração.

É um material que oferece uma grande variedade de cores e desenhos que combinam perfeitamente com a estética da cozinha. Podem ser encontrados em diferentes tamanhos e formas, desde o quadrado tradicional até retângulos e hexágonos, o que permite criar diferentes composições.

Este tipo de piso fornece grande resistência e solidez.

7. Pisos de pedra

É uma das grandes apostas em casas de estilo rústico, pois têm uma beleza natural que adiciona profundidade ao espaço.

Além disso, é um material atemporal e elegante que sempre desperta elegância e limpeza. Se optarmos por este material, devemos lembrar que ele é muito durável e sua manutenção é muito fácil e simples. Como nos casos anteriores, o aquecimento radial também poderá ser usado, pois é um bom condutor de calor.

No entanto, a pedra em si é muito fria, no caso de você não ter aquecimento. As superfícies são geralmente irregulares e difíceis de limpar.

pisos de cozinha

8. Pisos de linóleo e vinil

A grande diferença é que o linóleo é completamente natural, enquanto o vinil é um produto sintético. Ambos são impermeáveis e resistentes à abrasão e ao desgaste.

No caso do linóleo, podemos dizer que é a opção mais ecológica de todas aquelas que citamos. É um material respeitoso com o meio ambiente, uma vez que é feito com materiais naturais: óleo de linhaça, farinha de madeira reciclada, pó de cortiça, calcário, pigmentos minerais e juta.

Podemos encontrá-lo em uma ampla gama de cores e desenhos. Uma das opções de estampa mais utilizadas é aquela que simula a aparência do mármore.

Também é muito quente e é perfeito para pessoas com alergias porque não contém ácaros. No entanto, para colocá-lo você deverá pedir a ajuda de um profissional, pois a sua instalação é bastante complicada.

Tanto o linóleo quanto o vinil são materiais muito diferentes, mas funcionam muito bem em cozinhas. A coisa boa sobre o vinil é que o seu preço e instalação são mais acessíveis.

9. Concreto polido

Este tipo de material fornece uma imagem muito moderna e vanguardista. Ficará muito bem se você tiver uma casa de estilo industrial, ou se quiser destacar a cozinha dos outros ambientes.

O concreto é muito resistente e dura muito tempo em perfeitas condições. Possui ótimas qualidades térmicas, já que absorve o calor durante o dia e o libera durante a noite. Podemos encontrá-lo em várias cores e é muito fácil de manter.

Se decidirmos incluí-lo na nossa cozinha, devemos saber que é um material flexível e poderá ficar escorregadio.

pisos de cozinha

10. Borracha

A borracha oferece uma superfície lisa e suave. Além disso, é forte, quente e durável. Podemos encontrá-la em uma grande variedade de cores e desenhos. É muito fácil de limpar e não é porosa. Tudo isso faz com que seja um dos pisos mais completos e higiênicos.