Aparelhos de som vintage, uma alternativa para a sua sala

7 de março de 2020
Os aparelhos de som vintage se tornaram um acessório decorativo muito procurado. Esses aparelhos de meados do século XX são peças únicas, dignas de serem admiradas, que se destacam em qualquer espaço moderno.

Os aparelhos de som vintage se tornaram uma alternativa cada vez mais comum para decorar a sala. E, se pudermos reciclar um aparelho de som antigo, não será necessário comprar um novo.

E isso não é tudo, já que usar aparelhos de som antigos dará ao seu espaço um toque pessoal e distinto. Ao invés da maioria dos aparelhos digitais de hoje em dia, propomos resgatar aparelhos antigos e torná-los parte do design de interiores da sua casa.

Os aparelhos de som ganharam muita fama durante o século passado, como o toca-discos, por exemplo. Ele manteve uma hegemonia na categoria dos reprodutores de música e assim continuou ao longo dos anos.

Os aparelhos de som tradicionais foram substituídos por outros aparelhos de som digitais, mas a sua presença no mercado não desapareceu completamente. 

Atualmente, é possível encontrar toca-discos e aparelhos de som vintage em muitas feiras de artesanato ou lojas de antiguidades. A seguir, mostraremos algumas alternativas de aparelhos retrô que ficarão perfeitos na sua sala, dando a ela um toque especial.   

Aparelhos de som vintage: rádio valvulado 

Aparelhos de música vintage

Os rádios antigos praticamente desapareceram da vida cotidiana e foram relegados às casas de povoados e aos sótãos, mas eles podem ter uma segunda chance como objetos decorativos.

Atualmente, os rádios valvulados se tornaram um item de colecionador. Esses rádios, completamente mono e feitos de baquelite e madeira, serão um complemento ideal para uma sala clássica.

Esse tipo de rádio demorava alguns minutos para esquentar antes de emitir os sons adequadamente. Alguns modelos clássicos se destacaram, como o mítico Philetta, produzido pela Philips nos anos cinquenta do século passado.

Esse modelo fez muito sucesso e continua assim ainda hoje. A Philips o relançou com materiais atuais, como plástico e chips digitais. Há também colecionadores que procuram rádios para restaurá-los e repará-los.

De um tempo para cá, algumas pessoas começaram a fabricar os seus próprios rádios valvulados usando peças atuais. Uma dica: esse tipo de rádio fica mais bonito se criarmos um espaço próprio para ele, dando-lhe o máximo destaque. Não é aconselhável sobrecarregar o espaço com outros elementos que chamem a atenção.

Podemos comprar um rádio desse tipo, ainda que ele não esteja funcionando, pois quando falamos de decoração, o importante é que ele se destaque. Como tem um formato notável, esta é uma peça que se destaca por si mesma. Um rádio desse tipo preencherá completamente o espaço.

A volta dos toca-discos ganhou muita força como tendência cultural, acompanhando espaços como salas ou halls de entrada.

Aparelhos de som vintage: toca-discos 

Aparelhos de música vintage

Os toca-discos conquistaram novamente um lugar na sala ou em qualquer outro espaço da casa. Este é um aparelho que, além de encher a casa de música, também pode ser integrado ao design de interiores de uma maneira excelente. Ele pode dar aos seus espaços um toque vintage.

É inegável que os toca-discos estão de volta, elevando o seu valor decorativo exponencialmente. O seu visual antigo pode ser perfeitamente combinado com elementos modernos sem quebrar a decoração. Uma menção especial deve ser feita aos discos de vinil, que são elementos decorativos por si só e que ficarão perfeitos na sua casa.

Eles experimentaram uma recuperação significativa, tanto assim que podemos dizer que os números estão próximos aos anos de glória do vinil. Isso ocorre porque quem compra esses discos de vinil precisa de um toca-discos, fazendo com que os toca-discos ocupem um lugar importante na decoração da sala. 

O retorno dos toca-discos ganhou muita força como tendência cultural, acompanhando lugares como salas ou halls de entrada. Os toca-discos são peças que precisam de um espaço próprio, de altura média e sem nenhum objeto em cima, exceto algumas prateleiras. Assim, poderemos ter o nosso próprio canto musical, juntamente com discos de vinil e peças vintage.

Aparelho compacto

Aparelhos de música vintage

Devido ao seu tamanho pequeno, os aparelhos de som compactos são versáteis. Encontrar um lugar para um aparelho de som compacto em uma prateleira, uma mesa lateral ou um aparador não é nada complicado. Se, além disso, o pequeno aparelho ainda estiver funcionando, poderemos desfrutar de uma boa música graças à sua versatilidade.

Muitas das marcas dos anos setenta e oitenta originárias do Japão, como Sony, Sansui ou Pioneer, produziram aparelhos de som de muita qualidade. Além disso, esses aparelhos podem ser encontrados atualmente a um ótimo preço.

Uma dica: os aparelhos de som compactos podem ser colocados em prateleiras ou estantes. Eles podem ser acompanhados por outras peças de colecionador: fotos da época, livros antigos ou simplesmente algumas informações que complementem o dispositivo, como a sua origem ou designer. 

Aparelhos de som modernos com inspiração vintage 

Modelos antigos e tecnologia atual

Atualmente, temos muitos dispositivos que combinam a tecnologia atual com a inspiração vintage. Graças a uma combinação de materiais, estampas e cores, eles são capazes de recriar uma estética totalmente dos anos sessenta ou setenta, mas com as características técnicas atuais.

Podemos encontrar diversos aparelhos com a tecnologia do século XXI.  Além disso, no mercado, existem rádios nos quais é possível programar as estações, com baterias que podem durar até 24 horas, com entradas para iPod e USB e até mesmo com Bluetooth.

Como vimos, há um grande número de possibilidades para decorar a sua sala usando aparelhos de música vintage. Tanto os aparelhos grandes quanto os aparelhos pequenos que ocupam pouco espaço são uma ótima alternativa para montar ambientes com inspiração retrô.