Escolher as almofadas: chaves para não cometer erros

18 de maio de 2020
Grandes, pequenas, de formas retangulares ou arredondadas, com diferentes texturas e cores... Não se preocupe, já que com as nossas dicas você saberá como escolher as almofadas perfeitas para a sua casa.

Escolher as almofadas para a sua casa pode ser uma tarefa simples. Sim, você leu corretamente. Atualmente, esses acessórios são indispensáveis ​​em qualquer tipo de ambiente, seja ele clássico, funcional ou informal.

Você deve considerar o tecido, a forma, o design e a cor, bem como a maneira de colocá-las em um determinado ambiente. Depois de ter uma ideia clara, você verá como elas se encaixam bem.

Escolher as almofadas: usos múltiplos

Escolher as almofadas

As almofadas podem ser usadas para unificar o esquema de cores de um espaço ou para quebrar a monotonia. Em um espaço aberto, onde predominem tecidos lisos e monocromáticos, as almofadas podem trazer um toque de cor e textura.

Por outro lado, se houver um excesso de texturas em um espaço, é possível usar tecidos lisos para as almofadas, a fim de equilibrar o ambiente e não o sobrecarregar.

As almofadas podem ser usadas como um elo entre tecidos de cores ou padrões diferentes em um mesmo cômodo. Assim, enquanto uma almofada pode combinar com o tecido da cortina, outra pode combinar com o do estofamento do sofá.

Além da cor e da textura oferecida pelos tecidos das almofadas, também é possível brincar com os diferentes tamanhos e formas. Colocadas em um canto do sofá ou em uma fileira na cabeceira da cama, elas podem se tornar um ponto focal.

Também devemos dizer que a sua presença proporciona uma sensação de conforto tanto nas áreas de estar quanto nos quartos. Lembre-se de que, se preferir, você pode usá-las apenas como objetos puramente ornamentais.

Escolher as almofadas: inúmeras variedades

Escolher as almofadas

Imagem: es.dhgate.com

As almofadas podem ser divididas em duas categorias básicas: aquelas feitas para serem adaptadas a um espaço específico e as independentes. Este último grupo inclui todos os tipos de formas e tamanhos. Tome nota!

Almofadas quadradas

Elas são as mais comuns e provavelmente as mais úteis. Encaixadas em cadeiras ou sofás, proporcionam elegância e maior conforto. Colocadas em uma fileira, elas podem oferecer contrastes cromáticos e tornar os móveis simples mais atraentes. Elas admitem diversos acabamentos e sistemas de fechamento.

Planas

Além de quadradas, as almofadas também podem ser planas e geralmente são usadas nos assentos das poltronas estofadas ou como base do sofá. Elas também podem ser feitas sob medida para que se adaptem para ser um assento sob uma janela.

Redondas

Elas podem ser combinadas com almofadas de diferentes formas e de linhas retas, especialmente na cabeceira da cama ou no sofá. Para fazê-las, basta usar um modelo circular. Elas ficam mais interessantes com a inclusão de renda ou bordas nos cantos.

Cilíndricas

Em geral, elas são usadas ​​como uma forma de apoio para outras almofadas. Se forem longas e finas, podem substituir as almofadas da cama e, quando mais estreitas, podem evitar as correntes de ar se colocadas ao pé da porta.

Almofadas para as cadeiras

As cadeiras de madeira ou de metal geralmente têm assentos rígidos. Acolchoar a superfície é muito simples: basta colocar esse tipo de almofada. Além de proporcionar conforto, esses acessórios trazem estilo e cor. Para prendê-las, use velcro ou laços.

Escolher as almofadas: ornamentos e fechos

 

São diversas as opções para decorar as almofadas. Existem ornamentos de várias cores, formas e texturas. Você mesmo poderá comprovar como eles ficam bonitos.

Frisos

Para ocultar as costuras nas bordas das almofadas, recomendamos a inclusão de frisos decorativos. Eles geralmente são feitos com fios torcidos de seda, algodão, juta ou lã, entre outras fibras naturais, e são cobertos com tecido para formar os frisos.

Franjas e tranças

Em geral, as franjas são feitas de lã, seda ou algodão e podem ser finas ou grossas. Como um detalhe decorativo, elas podem incluir nós ou contas. No entanto, o uso de tranças geralmente se destina a realçar a cor ou a forma da almofada.

Fechos

Botões, fitas, laços de tecido, zíperes e velcro são alguns dos sistemas para fechar as capas de almofada. Entre eles, o zíper geralmente é o mais prático e o mais usado.

Você pode comprá-los em diferentes tamanhos e sugerimos que você os insira e oculte na costura da almofada, pois assim o acabamento ficará mais bonito e profissional.

Escolher as almofadas: considere os enchimentos

Diferentes estampas

Sintético ou natural, o enchimento pode ser encontrado como um material à parte, preso à almofada ou separado da capa, para que ela possa ser trocada, facilitando assim a lavagem.

Os enchimentos naturais podem ser feitos de pluma ou de fibras naturais. Estas últimas duram mais e são mais fáceis de trabalhar.

Também existem enchimentos sintéticos que têm a desvantagem de perder a forma ao longo do tempo, porém eles são laváveis ​​e hipoalergênicos.

Esperamos que com essas dicas possamos ajudá-lo a decidir.