O barguenho: um móvel histórico e tradicional

17 de outubro de 2019
O barguenho é um móvel que proporciona uma estética que remete ao passado. Por isso, não hesite em lançar mão desse recurso para dar a sua casa um toque de elegância e um sentido de tradição.

Os móveis antigos se tornaram um recurso que transmite história e também proporciona uma estética elegante e muito atraente. Esse é o caso, por exemplo, do barguenho: um móvel histórico e tradicional.

O barguenho é um móvel espanhol, porém de origem moura. Tem a forma de um baú com alças nas laterais e tampa articulada. Pode ser usado como um tipo de escrivaninha com portas e gavetas internas.

A decoração de uma sala de estar ou de um quarto é feita lançando mão de elementos modernos; pelo menos as novas tendências apontam nesse sentido. Pouquíssimas tendências preservam o passado.

No fundo, o mobiliário antigo é um elemento inigualável que ficou preso a épocas passadas, mas que, na verdade, pode voltar à moda. O seu uso hoje em dia é mais limitado, mas pode ser trabalhado a partir de vários pontos de vista.

A estética do barguenho

barguenho

Barguenho / restaurayrecupera.com

O barguenho tem uma estrutura retangular, com uma cavidade interna ampla o suficiente para abrigar muitas gavetas pequenas. Pode ser colocado em cima de um suporte, mesa ou bancada para que fique na mesma altura das pessoas.

É fabricado em madeira e tem elementos decorativos como a intársia e outros adornos de marchetaria, como balaústres, pequenas colunas, arquitraves, etc. Na verdade, costuma imitar uma arquitetura em tamanho reduzido.

Historicamente, o emprego do barguenho como objeto decorativo teve o seu apogeu no período da Renascença e do Barroco. Ele guarda uma simetria estrutural, demonstrada por sua estética refinada, elegante e bem definida.

– A história nos deixou um legado muito interessante no mundo da decoração. –

O caráter tradicional que transmite

O barguenho, cuja origem é espanhola, é um recurso que remete ao meio nobre-palaciano. Nem todo mundo podia se dar ao luxo de ter um objeto como esse. Qual é a percepção que esse objeto passa?

  • Hoje em dia, a sua utilização pode servir para mostrar a importância de recuperar o passado.
  • Se você receber convidados, é bom explicar-lhes o que é e para que se utilizava esse objeto antigamente. É preciso situar os objetos de decoração dentro de um contexto histórico, quando assim for necessário.
  • A tradição fez com que esses móveis continuassem sendo utilizados nas casas, principalmente na Espanha.
  • É um objeto raro; esse fato vai despertar a curiosidade naqueles que o virem em alguma casa e, por conseguinte, vai refletir o gosto do morador por móveis tradicionais.
  • Ele passa uma sensação de trabalho muito elaborado e com um detalhismo excepcional. Pode se tornar a “joia” da casa.

– Não resta dúvida que o barguenho será um ‘divisor de águas’ na sua casa, marcando um antes e um depois. –

Onde colocar o barguenho em casa?

barguenho talhado

Barguenho talhado / todocoleccion.net

O que dizer diante da pergunta: qual é o melhor lugar da casa para colocar um barguenho? É preciso levar em consideração que ele não pode ficar em qualquer lugar. Não deve ser colocado em alguns cômodos como a cozinha e o banheiro.

  • Ele poderia ficar na sala de estar, já que será o local que terá maior circulação de pessoas na casa. Pode ficar em cima de um móvel; mas é bom ficar a meio metro de altura para que as pessoas possam manuseá-lo facilmente.
  • Ficaria muito bem em um quarto. Evidentemente, ele chamaria a atenção dos visitantes, já que é um tipo de móvel que simula uma pequena construção feita em madeira. No entanto, é bom que ele esteja em sintonia com o restante da decoração.
  • O hall da casa seria outro lugar ideal para colocar esse móvel. Por quê? Conforme entramos em uma casa, a primeira coisa que visualizamos é o hall. Se um barguenho for colocado na entrada, poderá transmitir, à primeira vista, a ideia de tradição, legado e elegância.

A sua relação com a decoração

móvel na parede

Barguenho / zumadia.com

Como dito anteriormente, é um móvel histórico que talvez não se encaixe em estilos tão modernos como o minimalista ou o racionalista. No entanto, há outros estilos de decoração que podem dialogar com ele.

  • Dentro do estilo clássico, ele pode desempenhar muito bem uma função decorativa e estar em sintonia com outros elementos.
  • Claro que ele se encaixa perfeitamente no estilo barroco. Além disso, transmitiria uma característica mais sofisticada e original.
  • Sem sombra de dúvida, no estilo rústico ele transmitiria um senso de originalidade, pelo fato de ser fabricado em madeira e de ter uma estética mais tradicional, ligada à nobreza e ao campo.

Você poderá encontrar barguenhos em lojas de antiguidades ou em antigas casas abandonadas ou que serão demolidas. É possível que haja móveis desse tipo que ficam abandonados ou que vão parar no lixo.

Villegas de Aneiva, Teresa: El mueble virreinal: el bargueño, La Paz, Museo Nacional de Arte, 1997.