Vantagens e desvantagens de um sofá de couro

8 de junho de 2019
Antes de comprar um sofá de couro devemos avaliar algumas questões: se vai se adaptar bem à decoração, se gostamos do material, e se realmente queremos fazer esse investimento econômico.

Os sofás de couro são um clássico da decoração. Este recurso sempre despertou amor e ódio nos designers de interiores. Por que isso? A seguir, mostraremos as principais vantagens e desvantagens de um sofá de couro.

Escolher um sofá de qualidade é uma decisão muito importante, principalmente porque é o grande protagonista da sala. Não se pode negar que se configura como um eixo primário nesse cômodo. Portanto, um sofá de boa qualidade pode definir o estilo e a tendência da sala.

Além disso, é uma peça fundamental na casa. Faz parte do grupo de móveis que nos proporcionam descanso e nos ajudam a desfrutar de qualquer atividade de lazer, como assistir filmes ou ler. É um componente indispensável para poder desconectar do dia a dia.

Por que gostamos tanto do sofá de couro?

Estilisticamente falando, o sofá de couro gera uma certa atemporalidade e combina perfeitamente tanto em um estilo clássico, como em um mais contemporâneo

Estilisticamente falando, o sofá de couro gera uma certa atemporalidade e combina perfeitamente tanto em um estilo clássico, como em um mais contemporâneo. Essa característica o torna um recurso que nunca sai de moda.

Não há dúvida de que este material é o melhor que existe no mercado. Além disso, é natural e oferece uma qualidade incomparável. É muito resistente e requer apenas alguns cuidados para a sua manutenção. A sua resistência à passagem do tempo faz com que mantenha o esplendor do primeiro dia.

Investir em um sofá de couro é apostar na qualidade.

Variedade de designs

Escolher um sofá de qualidade é uma decisão muito importante, principalmente porque é o grande protagonista da sala

Existe uma grande variedade de sofás fabricados em couro. Vejamos a seguir alguns exemplos.

  • Estilo clássico: nesta categoria é preciso destacar um design muito interessante e sofisticado: o chester. Ele se encaixa perfeitamente no estilo britânico. Também pode ficar muito bem nos halls de hotéis e nas salas de trabalho.
  • Tipologia minimalista: enquanto o anterior geralmente é fabricado em tons naturais (tostados ou crus) este tipo pode ser encontrado em uma maior diversidade de cores. Além disso, possui linhas retas e austeridade decorativa. Combina muito bem com ambientes de estilo contemporâneo e monocromático.
  • Rústico: é claro que não podemos esquecer do estilo que melhor se adapta à decoração das residências. No final, apresenta uma estética semelhante aos sofás das nossas casas.

Manutenção e limpeza

Existe a crença de que um sofá de couro requer um cuidado intensivo. No entanto, este material repele facilmente a sujeira e sua manutenção é muito simples

Existe a crença de que um sofá de couro requer um cuidado intensivo. No entanto, este material repele facilmente a sujeira e a sua manutenção é muito simples.

  • Para remover a poeira e qualquer mancha recente na superfície basta limpar com um pano úmido, já que o material não é absorvente.
  • Recomenda-se aplicar uma camada de algum produto específico para este material apenas duas vezes por ano. A ideia é que o brilho do couro se mantenha ao longo do tempo. Não é de surpreender que, em alguma ocasião, você precise realizar algum reparo no couro.

Algumas desvantagens a considerar são:

  • Preço elevado: por se tratar de um material de alta qualidade, geralmente tem um preço muito alto, chegando até o triplo do preço de um sofá com características semelhantes, mas de material diferente, como o veludo.
  • É possível encontrar um sofá de couro sintético imitando o couro legítimo. No final, é uma imitação que, em certas ocasiões, pode chegar a ser praticamente idêntica, mas pode deteriorar-se mais rapidamente. É claro que o preço é menor.
  • A temperatura o afeta de forma direta. Os ambientes frios fazem com que o material se adapte a essa temperatura e não absorva calor; isto é, a sensação de frio estará presente assim que entrarmos em contato com o sofá.
  • Quanto ao calor, o couro se adapta à temperatura ambiente. Portanto, no verão, a sua textura pode nos incomodar mais e nos fazer suar.

Outras questões relativas ao sofá de couro

Existem móveis que nos proporcionam descanso e nos ajudam a desfrutar de qualquer atividade de lazer

Dependendo da época do ano, o couro pode ser mais ou menos confortável; acima de tudo, será a temperatura que o afetará de forma mais direta. Para evitar a sensação desagradável de sua temperatura, pode-se recorrer ao uso de capas para o sofá. No entanto, o material não ficaria tão visível e se perderia a função estética.

Em suma, é necessário avaliar as vantagens e desvantagens e saber claramente o que procuramos em um sofá, que utilidade vamos lhe atribuir, e se ele se adapta corretamente ao estilo decorativo da sala.