2 tipos de calhas e tubos de queda de água

· 16 de março de 2019
Você tem problemas de umidade excessiva em casa e não sabe como solucioná-los? Aqui mostraremos alguns tipos de calhas e tubos de queda de água que você poderá escolher. 

Se você mora em áreas onde a umidade é excessiva e as chuvas são frequentes, é fundamental tomar as precauções necessárias para proteger a sua casa. Por este motivo, neste artigo falaremos detalhadamente sobre os diferentes tipos de calhas e tubos de queda de água que você poderá instalar em sua casa. Desta maneira, você poderá evitar a umidade tanto nos tetos e nas paredes, como no perímetro da sua casa.

Calhas e tubos de queda de água

Em primeiro lugar, é essencial que você entenda qual é a principal função das calhas e dos tubos de queda de água para saber quais riscos você poderá evitar ao instalá-los em sua casa.

As calhas e os tubos de queda de água são acessórios que são instalados sob o teto. No que se refere às calhas, são estruturas responsáveis ​​pela coleta de água das chuvas. Por outro lado, os tubos de queda (ligados às calhas) são responsáveis ​​pela condução da água do telhado para o chão.

Portanto, o principal objetivo desses elementos é fazer a água fluir, para evitar danos causados ​​pela umidade em uma casa. A água não se acumulará no telhado e correrá livremente por estes dutos, de cima para baixo.

Tipos de calhas

Existem diferentes tipos de calhas e tubos de queda de água que você pode instalar em sua casa

Há uma grande variedade de formas, materiais e cores de calhas e tubos de queda. É fundamental que você escolha aquela que mais se adapta à estética exterior da sua casa e, por sua vez, que seja resistente e durável. Neste espaço, mostraremos diferentes tipos de calhas que você deve considerar.

Calhas integradas

As calhas integradas são aquelas que se adaptam ao material e ao design exterior de uma casa. Portanto, geram uma unidade visual e não atrapalham a estética da casa.

Ficam localizadas abaixo do telhado. Este tipo de calha, com os seus respectivos tubos de queda de água, é projetado paralelamente com a casa. Ou seja, não são acessórios que são aplicados após a construção a qualquer momento.

Calhas independentes

Calhas independentes

As calhas independentes, ao contrário das calhas integradas, são estruturas que podem ser instaladas após a construção. Por esta razão, são chamadas de independentes, já que são acessórios externos ao telhado de uma casa.

Calhas tipo “U”

As calhas tipo “U” são as mais tradicionais e procuradas no mercado de construção, já que existem de diferentes tamanhos e materiais. Mas, os mais comuns são as de PVC, devido à sua leveza, resistência e opções de cores.

A sua forma em “U” faz com que a água se acumule e, por sua vez, flua rapidamente pelos respectivos tubos de queda. Desta maneira, o cliente poderá escolher a que melhor se adapta aos tons da fachada.

Calhas tipo “K”

Calha tipo K

As calhas tipo “K” são mais resistentes, ao contrário das calhas em forma de “U “. São elementos de maior complexidade no design, resistentes ao peso da água e mais duráveis. São chamadas de tipo “K” pelo fato de sua morfologia apresentar curvas que imitam a letra K.

Diferentemente de outras calhas, estas são mais profundas e, portanto, resistirão a um maior acúmulo de água. Além disso, há uma grande variedade de materiais e cores para este tipo de calha. Mas, as mais utilizadas ​​nas residências são as de alumínio ou as de ferro.

Se você quer priorizar a resistência de sua casa às chuvas, esses tipos de calhas serão os indicados. Mas você deve reconhecer que elas não são muito atraentes visualmente, já que a sua estética é rude e não passa despercebida.

Você deve levar em conta todos os fatores que mencionamos antes de escolher as calhas e os tubos de queda de água. O ideal é que você possa proteger a sua casa desses fatores externos que podem danificá-la todos os dias.

Tipos de calhas: conclusão

Lembre-se sempre de ser cauteloso e incorporar elementos em casa que o ajudarão a evitar esses problemas. Caso contrário, você poderá gastar muito tempo consertando telhados ou paredes úmidas danificadas pela chuva.

Além disso, é indispensável que você realize alguma manutenção nesses acessórios de construção, para maior precaução.