Jardim italiano ou jardim francês? Você decide

16 de maio de 2020
Os jardins, assim como as casas, têm diferentes atmosferas e estilos que os identificam e os diferenciam uns dos outros. Se você ainda não sabe qual estilo dar ao seu, continue lendo.

Se alguém lhe perguntasse se você prefere um jardim italiano ou um jardim francês, antes de responder, você deveria levar em consideração três parâmetros que determinarão a construção de um tipo de jardim ou do outro: o local, a quantidade de tempo que será usada para a sua manutenção e o orçamento que você tem.

Esses fatores influenciam os tipos de espécies a serem plantados, os seus cuidados e o design final do seu jardim. Portanto, antes de começar a construir, é importante pegar lápis e papel e anotar qualquer ideia ou requisito a esse respeito. 

Posteriormente, estudaremos o layout do terreno, as suas dimensões, contornos, as condições climáticas, o tipo de solo etc., para saber qual estilo de jardim é o mais adequado.

Aqui começa a fase mais criativa, na qual podemos dar asas à imaginação; por isso, não vamos mais deixar você esperando.

Dois jardins com estilos diferentes

Jardim italiano ou jardim francês

Apresentaremos as principais características e as variedades de plantas de maior destaque desses dois jardins. Dessa forma, você terá mais dados para poder decidir.

Jardim italiano ou jardim francês?

O elegante jardim italiano

Jardim italiano ou jardim francês

  • Predominam as formas, cheiros e cores com um forte toque mediterrâneo.
  • Destaca-se a disposição ordenada e formal de todos os elementos.
  • A arte da topiaria é aplicada para dar formas geométricas, esféricas ou piramidais às espécies de plantas utilizadas.
  • Há um grande uso de elementos decorativos, como guirlandas ou flores em todos os tipos de vasos.
  • Há um amplo uso da terracota nos recipientes. O mais comum geralmente é a decapagem em tons de rosa.
  • É generalizado o uso de estruturas elevadas, como pérgulas e gelosias, principalmente de ferro e madeira.

Plantas de destaque

Jardim italiano ou jardim francês

O buxo é um dos arbustos perenes mais amplamente utilizados, que geralmente é moldado em forma de bola. É combinado com árvores frutíferas anãs, como laranjeiras ou limoeiros, que também adicionam cor e fragrância ao ambiente. Também devemos mencionar o uso do louro e da eugenia.

Quanto às flores, é possível usar glicínias, buganvílias ou jasmim. Também é preciso destacar o uso de plantas aromáticas, como o orégano ou o manjericão de folhas espessas.

Nos muros ou gelosias, é muito característico o uso da hera-americana. Ela dá um aspecto muito decorativo à composição do jardim. Não hesite em aplicá-la, porque ela dará um ótimo resultado.

O simétrico jardim francês

Composção simétrica

  • O traçado geral tem inspiração cartesiana: simétrico, geométrico e equidistante. Tudo é ordenado a partir de um eixo central.
  • Não contém elementos em diferentes alturas. Tudo é plano; caso contrário, busca-se disfarçá-los.
  • Consiste em linhas ou caminhos retos de cascalho com canteiros de um lado e do outro, dispostos simetricamente em proporções idênticas.
  • Os acessórios decorativos são:  estátuas, vasos grandes… Tudo em estilo clássico.
  • O uso de materiais como mármore e bronze é muito comum.
  • Se você tiver espaço suficiente, é possível deixar grandes áreas de grama.
  • As bordas dos canteiros devem ser constantemente podadas para evitar que elas percam a forma e para que continuem impecáveis.
  • A manutenção é cara porque este é um jardim caracterizado pela sua forma, bem como pela geometria perfeita e pelo acabamento equilibrado.

Variedades vegetais

Plantas perenes

Os canteiros devem exibir flores muito coloridas. Portanto, é conveniente usar plantas perenes ou vivazes. A escolha das espécies dependerá das condições climáticas da região.

Algumas plantas de destaque são: agerato, boca-de-leão, rauwolfia serpentina, joia-do-cabo… Outra opção é plantar rosas híbridas de chá de qualquer cor. As bordas que cercarão essas plantas serão arbustos baixos que permitem o corte.

Outras variedades que também podem ser utilizadas, embora em menor grau, são a santolina, a lavanda ou o evônimo. Elas serão plantadas nos canteiros.

No perímetro do jardim, é conveniente plantar grandes coníferas, como os abetos ou cedros; e caducifólias, como o carvalho, juntamente com sebes baixas de abélia ou escalônia, entre outras. Já sabemos que, às vezes, não é fácil escolher. Portanto, não se apresse, e depois você nos dirá qual foi a sua decisão final.