Dicas para a manutenção do gramado

· 16 de fevereiro de 2019

O gramado natural é o acessório ideal para o jardim. Faz com que ele fique mais bonito e colorido. Para ter um gramado saudável e verde é essencial evitar pragas, doenças e ervas daninhas. Se isso for realizado da maneira correta, poderemos ter um gramado em perfeito estado.

Para ajudá-lo a ter um gramado bonito e bem cuidado, lhe deixaremos algumas dicas importantes que você deverá levar em conta.

A rega é essencial

É essencial para que a planta viva. Se você quer que o gramado fique verde durante todo o verão, é muito importante regá-lo adequadamente. Para que não nos excedamos ou que nos falte, temos que considerar aspectos como o volume de água a ser fornecido, a frequência da rega, a hora apropriada do dia, modos de regar (com mangueira ou automatizado), qualidade da água, etc….

Quanto à frequência da rega do gramado, depende da temperatura e umidade do lugar onde você vive. Você saberá quando a grama precisa de água porque ela começará a adquirir um tom azulado e acinzentado; e as folhas mais velhas da planta começarão a enrolar ou murchar.

Se você plantou um gramado novo, será indispensável regá-lo uma vez ao dia para que as sementes possam germinar e um sistema de raízes resistentes possa ser formado.

A forma de rega pode ser manual ou automática, com automatização parcial ou total. Os sistemas de irrigação automatizados são muito cômodos, pois você só precisará programá-los e eles se encarregam de todo o trabalho.

manutenção do gramado

 

Chegou a hora da poda

É uma das tarefas mais importantes, mas mais difíceis de realizar. A poda apropriada e a frequência são fatores essenciais para que o gramado pareça saudável e bonito.

É importante saber que deve ser feita uma poda semanal. Quando o gramado cresce dois ou três centímetros do chão está pronto para ser podado. Se deixar que ele cresça mais, ao realizar a poda, a grama enfraquecerá e não terá a densidade adequada.

Não retire os restos da poda. Eles podem servir ​​para fazer compostagem.

manurenção do gramado

 

A poda

A poda regular ajuda a deixar a grama mais compacta e conseguir a densidade que falamos anteriormente.

O essencial na técnica de corte é cortá-la pouco e frequentemente. É importante mudar a direção e o padrão de corte para que as raízes da grama não sejam pressionadas na mesma direção.

O conselho-chave para cada corte é reduzir o caule para metade ou dois terços, cerca de 5 cm. No verão, é aconselhável deixar a grama um pouco longa. Dessa forma, suportará melhor períodos de seca e não amarelará.

Quando é preciso adubar o gramado?

Desde o início da primavera, é aconselhável adubar o gramado a cada quatro ou cinco semanas. As embalagens de adubo mostrarão a quantidade que deve ser usada. É aconselhável adubar três vezes por ano: na primavera, verão e outono.

É importante que os adubos que você utiliza para o gramado sejam de longa duração, para não contaminar os aquíferos com nitrogênio.

Um problema que pode aparecer no gramado localizado na sombra, é começar a florescer musgo. Nas lojas especializadas, podemos encontrar adubos com um produto especial antimusgo que recuperam o verde do gramado.

Este processo é essencial para o cuidado do gramado, pois se não o fizermos, as ervas daninhas aparecerão. O trevo será um claro indicador da falta de adubagem. Neste caso, é recomendável utilizar um herbicida que elimine essas ervas.

manutenção do gramado

 

Controle as suas ervas daninhas

As ervas daninhas podem ser extraídas com máquinas especializadas. No entanto, as menores podem ser removidas com um escarificador manual, que é utilizado para impedir e dificultar o seu crescimento. Quando as extraímos, devemos remover o comprimento máximo da raiz para impedir que cresçam novamente.

Se houver mais raízes de erva daninha do que grama, você não terá escolha a não ser reestruturar todo o solo e cobri-lo com grama em rolo.

Processo de aeração

As raízes do gramado precisam de ar para crescer. Às vezes, o solo não é tão arenoso para que o ar atinja as raízes da planta e isso faz com que não haja crescimento.

A solução é usar um ancinho e fazer buracos no gramado. Dessa forma, a água da superfície poderá fluir e transportar oxigênio para as raízes. Isso proporcionará espaço para as partes inferiores respirarem e fazer com que os caules cresçam mais saudáveis. 

Com esses truques você fará com que o seu gramado seja invejado por toda a vizinhança. Coloque-os em prática e desfrute de um jardim saudável e bonito.