Tipos de piscinas adequadas para um jardim pequeno

16 de outubro de 2018
Mesmo que o seu jardim seja pequeno, ter uma piscina continua sendo uma possibilidade.

Neste artigo, daremos algumas informações sobre os tipos de piscinas mais adequadas para a sua casa, caso você tenha um jardim pequeno.

No verão, é claro que os jardins, assim como os terraços e quintais, se tornam os protagonistas das nossas casas. Por isso, é muito importante adaptá-los corretamente, para dessa forma aproveitar ao máximo as suas possibilidades.

Para isso, devemos combinar os acessórios, os móveis e a própria piscina, não deixando de levar em conta as dimensões do nosso jardim. Não importa que o jardim seja minúsculo pois, com uma distribuição correta, o espaço poderá parecer amplo, sem ficar sobrecarregado.

Às vezes, parece impossível que uma piscina caiba em um determinado espaço. No entanto, isso pode ser viável sim, desde que aproveitemos ao máximo as dimensões do jardim.

Tipos de piscinas: sob medida

As piscinas sob medida são a melhor opção para aproveitar todo o espaço disponível; também vemos isso com os móveis sob medida (como por exemplo os armários planejados), que nós mesmos podemos projetar.

Dessa forma, poderemos utilizar todos os recantos existentes, mesmo que isso signifique dar à piscina uma forma mais irregular. A melhor coisa a fazer será procurar ajuda de um profissional.

Não tem problema se o nosso jardim tiver uma forma mais irregular, uma vez que a piscina sob medida vai se adaptar ao seu formato. Estamos nos referindo a irregularidades tanto na forma quanto na altura: a piscina poderá ter degraus, aproveitando assim os desníveis.

Piscinas de canto

Muitas vezes não aproveitamos as áreas de canto, e essa não é nenhuma surpresa. Por esta razão, os móveis sob medida ou os móveis de canto (como por exemplo o chaise longue), são muito importantes, para ocupar assim os centímetros que perdemos por não usarmos de forma adequada esses espaços.

É muito importante aproveitar os cantos das casas, principalmente nas casas menores. E o mesmo vale para jardins, pátios, etc.

Com as piscinas, acontece a mesma coisa: para não obstruir a passagem, podemos optar por uma piscina em uma das extremidades do jardim, adaptando o seu formato ao espaço disponível.

Dessa forma, o jardim ficará muito mais organizado visualmente. Isso é importante: com uma boa organização, os espaços poderão parecer mais amplos do que são na realidade.

aproveitar os cantos-tipos de piscina

Piscinas altas

As piscinas altas são ideais para os jardins realmente pequenos, onde quase não temos espaço.

Em geral, as piscinas desse tipo não terão muita largura, mas por terem bastante profundidade, serão suficientes para nos refrescarmos no verão. Ela deve nos cobrir o suficiente para que nos sintamos confortáveis. Dessa forma, não será tão importante que a piscina não seja muito larga.

Uma variação disso são as piscinas elevadas. Elas criam bastante impacto visual, já que estão em um nível mais alto, por isso elas são ideais para as casas com mais de um andar, para que assim o resultado não fique muito sobrecarregado.

Se você quiser criar uma sensação de maior amplitude, poderá optar por uma piscina com paredes de vidro. O impacto visual é muito impressionante.

Cobertas por um deck

Em primeiro lugar, vamos explicar o que é um deck. É um tipo de estrutura feita de madeira natural ou de madeira composta de materiais reciclados. Portanto, é possível dizer que é um estrado. Pois bem, podemos escolher um deck retrátil ou dobrável, para cobrir a piscina nas épocas mais frias.

Dessa forma, poderemos ter uma piscina um pouco maior, já que poderemos cobri-la quando não formos usá-la. Além disso, eles ajudam a evitar parte da evaporação da água, e ao mesmo tempo evitam que folhas e sujeira caiam na piscina.

A piscina mais adequada para o seu jardim

Portanto, é possível ter uma piscina (ainda que seja pequena) no seu próprio jardim, por menores que sejam as suas dimensões.

Com uma boa organização também é possível ter um cantinho de leitura, outro para as refeições e jantares… O segredo é aproveitar todo o espaço disponível e distribuir os móveis e os objetos corretamente. Como você pode ver, poderá ter espaço até mesmo para uma piscina.