Dicas para escolher a cômoda do seu quarto

· 4 de agosto de 2018
Mais altas ou mais baixas, simples ou enfeitadas, decoradas por você... Estas são apenas algumas das variáveis nos tipos de cômoda que podemos encontrar no mercado. Aqui estão algumas ideias que vão lhe ajudar.

Desta vez vamos falar sobre uma das múltiplas opções com as quais podemos contar para armazenamento: as cômodas. Para escolher a cômoda perfeita, é preciso levar em consideração diferentes variáveis, a fim de obter o máximo aproveitamento do espaço. Neste caso nos concentraremos nos quartos, mas podemos encontrá-las em outros espaços, como por exemplo o hall de entrada ou a sala de estar.

Quanto aos tipos, realmente encontramos uma grande variedade. Além disso, você pode encontrar cômodas feitas de materiais reciclados ou comprar uma sem pintura, para decorar depois, de acordo com o seu gosto.

Critérios para escolher a cômoda do seu quarto

Em primeiro lugar, é necessário tomar as medidas, para assim poder aproveitar todo o espaço disponível, sem saturá-lo.

Além disso, devemos pensar no quanto as gavetas medem, precisamos deixar cerca de 30 centímetros de margem para que possamos abri-las com facilidade. Assim, poderemos abri-las ao máximo sem obstruir a circulação no quarto.

Intimamente relacionado com o item anterior, há a questão da porta de acesso ao quarto, assim como a dos armários. Há a possibilidade de que, se a porta estiver aberta ao mesmo tempo que as gavetas, exista um leve choque. Isso poderia levar a um desgaste maior da madeira.

Quanto à altura, poderíamos dizer que encontramos duas alturas padrão: aproximadamente na altura do peito e na altura da cintura. Com as cômodas mais baixas, você ganhará uma sensação de amplitude.

Critérios para escolher a cômoda do seu quarto

Cômodas quarto / proyectos.habitissimo.es

Se você optar por uma cômoda baixa, pode colocar uma gravura ou um espelho, deixando uma margem entre ela e o teto. Você também pode fazer uma pequena penteadeira na parte superior, como se fosse um pequeno banheiro ou lavabo.

Por outro lado, não se deve esquecer que tipo de coisas você quer guardar. Em função disso, vamos procurar por um número específico de gavetas. O mais comum é armazenar itens pequenos, acessórios ou material de estudo, como se fosse um classificador de documentos.

Finalmente, uma recomendação para levar em conta depois de comprar a cômoda escolhida: fixá-la na parede por segurança, independentemente de haver ou não crianças em casa.

Leve em conta o estilo ao escolher a cômoda para um quarto

Devemos prestar atenção no estilo decorativo do restante do cômodo, a fim de optarmos, por exemplo, por uma cômoda mais ou menos clássica, com mais ou menos decoração, uma cor ou outra, mais simples ou mais enfeitada…

Por exemplo: se o estilo da casa for oriental, recomendamos uma cômoda baixa, vermelha, preta ou branca, com linhas simples e precisas. Se o estilo for vitoriano, então opte por uma cômoda baixa que tenha os pés decorados. As opções são infinitas.

Podemos também comprá-las em conjunto com outros móveis do quarto, como o criado-mudo, a cabeceira e o pé da cama, ou até mesmo o guarda-roupa.

Leve em conta o estilo ao escolher a cômoda para um quarto

Cômoda de madeira / pinterest.es

Os puxadores das gavetas devem manter a continuidade do estilo da cômoda, para não chamar muito a atenção. Uma outra opção consiste em gavetas com uma fenda na área central, porém bem lixada para evitar possíveis ferimentos com farpas.

Além disso, como mencionamos no início do artigo, podemos comprá-las para decorar depois, embora possamos encontrá-las já decoradas.

Ainda que em geral sejam bastante simples e simétricas, há algumas que mostram um aspecto contrário a essas ideias. Nestas cômodas, cada gaveta pode ter uma altura e largura diferentes, criando então uma assimetria.

Portanto, são móveis práticos e funcionais que, além disso, nos oferecem resultados muito variados.

Diferenças entre chiffonier e cômoda

Embora a sua função seja exatamente a mesma (armazenar), encontramos dois termos para nos referirmos a esse tipo de móvel. Apesar disso, os critérios para escolher qualquer um dos dois não mudam em nada.

Mais especificamente, com o termo chiffonier nos referimos ao móvel alto e estreito, em oposição às cômodas, que são mais largas e mais baixas.

Diferenças entre chiffonier e cômoda

Cômoda assimétrica / portobellostreet.es

O maior problema é que muitas pessoas os confundem e não diferenciam os dois termos. Por isso, às vezes é possível encontrar os dois no mesmo quarto, geralmente combinando.

Finalmente, queremos enfatizar a versatilidade e a funcionalidade destes móveis, que não precisam ocupar muito espaço. Na verdade, eles fazem você ganhar espaço, devido à grande capacidade das gavetas. É muito fácil escolher a cômoda perfeita!