Excesso de roupas no armário: o que fazer com elas?

· 5 de janeiro de 2019
A sociedade está acostumada a comprar e levar para casa roupas que, muitas vezes, não vão ter um uso contínuo. Assim, é importante se livrar do que não está mais sendo usado.

O mundo consumista em que vivemos nos obriga a fazer compras desnecessárias, principalmente de peças de vestuário, que raramente usamos e armazenamos em casa. Dado o excesso de roupas no armário, o que fazer com elas?

Às vezes, temos a ideia de que as coisas, apesar de não serem usadas há muito tempo ou quase nunca, serão usadas amanhã. Nós nos enganamos, pensando que é melhor guardar tudo apenas para o caso de algum dia ser necessário.

Na verdade, acabamos transformando a casa em um depósito, principalmente o armário do quarto ou do closet, o que pode causar um estrago na estética do local. Assim, o caos predomina sobre a organização.

Diretrizes a serem seguidas antes de fazer uma compra

Se sabemos que dentro do nosso armário temos uma grande quantidade de roupas, devemos fazer uma autoavaliação da situação de vida em que nos encontramos, visto que o excesso de roupas não é nada bom, nem para a nossa casa nem para nós.

Assim, a própria pessoa deve reconhecer que vive em abundância e que usa metade do que tem; portanto, fazer mais compras se torna um hábito consumista e até mesmo um problema para as pessoas que precisam fazer isso quase diariamente.

Portanto, faça uma autocrítica antes de comprar. Se você realmente precisa de algo, não tem problema seguir em frente. No entanto, se essa compra for feita simplesmente porque você gostou de algo, mas já tem várias outras peças do mesmo tipo, então deve se questionar se isso que está fazendo é correto.

Excesso de roupas no armário

Soluções para o excesso de roupas no armário 

Caso você tenha decidido dar o passo de mudar e eliminar da sua casa as roupas que você não usa mais, algumas soluções possíveis são as seguintes:

  • Reutilização de roupas velhas como trapos ou para atividades que envolvam um novo uso, como a limpeza, por exemplo. Dessa forma, a roupa terá uma segunda função e o armário ficará mais arejado.
  • Doe roupas que estão em bom estado e que você não usa mais. Existem instituições de caridade que coletam roupas e as destinam a pessoas pobres.
  • Coloque no lixo reciclável para que ela possa ser reciclada ou usada para outros fins, até mesmo as roupas que estiverem rasgadas. Em todas as cidades, esse tipo de coleta seletiva está sendo organizado. O mundo da reciclagem está tendo cada vez mais sucesso.
  • Destine o tecido para outros usos: artesanato, remendos, decoração, etc.

A organização impede a sujeira

Outro fator a ser considerado é a possibilidade de não gerar sujeira através do acúmulo de roupas; pois isso certamente pode se tornar o ninho perfeito para qualquer inseto ou ainda um banquete ideal para as traças.

Ter o armário bem arejado, com espaço suficiente para que as roupas “respirem”, permite a prevenção do surgimento de qualquer inseto inesperado.

Dessa forma, a organização deve ser o principal meio para promover a higiene. Igualmente, nunca é demais usar um produto antitraça.

– É preferível ter um número determinado de roupas que serão úteis para você no dia a dia. –

O benefício de ter um armário espaçoso

É importante manter uma organização dentro do armário e das gavetas. De fato, é muito prático abrir o armário e verificar que há espaço suficiente para ver todas roupas, que elas não fiquem amassadas nem amontoadas.

  • A organização não estraga as roupas. Elas podem ficar dispostas corretamente e de forma acessível, sem a necessidade de procurar, tirando tudo do armário para, em seguida, colocar de volta.
  • A praticidade deve estar acima da ineficiência. Tudo o que supõe um armazenamento sem controle é negativo para as pessoas e para a convivência consigo mesmo.
  • Ter espaço disponível sempre que quiser guardar uma peça nova ou simplesmente para distribuir melhor todo o interior do armário.
  • Bem-estar, conforto e limpeza estarão presentes no seu dia a dia, desde que você mantenha a organização no armário e ele não se transforme em um local para o acúmulo de roupas.

– Os bons hábitos transformam as pessoas em pessoas nobres. –