Dê um toque jovem ao banheiro com a cor laranja

9 de agosto de 2019
É hora de mudar a decoração do banheiro e lhe dar um toque jovem através da cor laranja.

Se você quer dar um ar fresco e renovado para a sua casa, há muitas possibilidades em termos decorativos. A melhor maneira de mudar e oferecer uma estética inovadora é principalmente através da cor. Por isso, deixe de lado os recursos clássicos e dê um toque jovem ao banheiro com a cor laranja.

Não importa que a sua casa seja antiga, pois as reformas podem ser feitas em qualquer espaço. A primeira coisa que você deve considerar é a possibilidade de lhe dar uma aparência mais interessante. Assim, ao entrar em um espaço, você receberá um estímulo através da cor, tendo a possibilidade de mostrar uma personalidade mais extrovertida.

Como regra geral, a cor branca predomina nos banheiros. No entanto, não percebemos que é possível mudar tendências e fazer combinações que dinamizam a estética do local e que fogem da regra.

A sutileza de um novo conceito cromático

A sutileza de um novo conceito cromático

Podemos sentir um pouco de receio quanto ao uso da cor laranja nas nossas casas. Aplicá-la na sala ou no próprio quarto pode ser um pouco ousado. Portanto, é necessário atuar na combinação cromática para alcançar um conceito decorativo mais sutil.

Esta ideia que acabamos de apresentar pode resultar um pouco abstrata. É no banheiro que a cor laranja pode ser trabalhada de uma forma muito mais inovadora, trazendo assim uma aparência diferente. De fato, a sua aplicação pode ser feita em vários elementos.

De qualquer forma, esse tom gera um pouco de saturação caso domine completamente o espaço ou se não for bem combinado com as outras cores. Por isso, é muito importante que possamos estabelecer uma relação adequada entre os conteúdos encontrados no banheiro.

Atreva-se a mudar e a exibir o seu lado mais jovem.

As paredes e os móveis com a cor laranja

As paredes e os móveis com a cor laranja

Cobrindo esses elementos com a cor laranja, atribuiremos um pouco do destaque da cor ao ambiente. Ao mesmo tempo, haverá uma sensação de calor e, acima de tudo, uma certa sobrecarga, caso não haja contraste com outros tons. Como isso pode ser feito?

  • Primeiramente, é necessário trabalhar a combinação cromática através dos vasos sanitários. Eles podem ser brancos para transmitir uma sensação de limpeza e higiene, mas, acima de tudo, para que haja uma clarificação e diferenciação das cores.
  • Outra possibilidade é aplicar a cor verde pistache em uma faixa na parede, em um móvel ou nas próprias cortinas do box. Esse tom naturaliza o espaço e, se adicionarmos branco aos vasos sanitários, conseguiremos um contraste realmente interessante.
  • O preto é outra possibilidade. Tanto no piso quanto em um uma faixa na parede ou em qualquer outra superfície, ele pode estar presente para escurecer um pouco mais a sensação de calor que domina o ambiente.
  • Finalmente, também podemos destacar o cinza, que é menos utilizado. No entanto, é bastante útil, tanto no piso quanto em qualquer outro recurso que você considere apropriado. Porém, é melhor que ele não tenha uma presença muito extensa.

Existe alguma possibilidade de revestir o piso com a cor laranja?

revestir o piso com a cor laranja

No piso, a cor laranja pode ser aplicada de uma maneira muito mais moderada e sem intensidade excessiva. O uso de uma cerâmica dessa cor pode ser bastante interessante; principalmente por causa do calor que reflete, oferecendo assim uma estética similar à da madeira.

Há muitos tipos de laranja, mas o que pode ficar melhor no piso é aquele que mais se aproxima do tom de telha.

Sem dúvida, se tivermos laranja no chão, não poderemos usar a mesma cor nem nas paredes nem nos móveis e vasos sanitários. Isto seria um uso abusivo, exagerado e sem um propósito claro.

Banheiro com a cor laranja: pequenos recursos com essa cor

Pequenos recursos com essa cor

Não é necessário que o laranja esteja localizado em grandes superfícies, em móveis ou em recursos determinantes. De fato, a cor também pode ser colocada em pequenos acessórios, como os conjuntos de toalhas, por exemplo. Esta é uma maneira de dar vida ao espaço.

Por outro lado, a cortina do box é um elemento com o qual é possível brincar tanto com a cor quanto com as estampas. Inclusive, pode ficar muito bonito se ela for combinada com o tapete para os pés.

Em suma, há muitas maneiras de se trabalhar essa tonalidade. Mas tenha em mente que a ideia fundamental é conseguir combiná-la adequadamente com o conjunto para evitar, desse modo, qualquer tipo de saturação cromática.

  • Lluch, Francisco Javier: Arte de armonizar los colores, Barcelona, Imprenta de El Porvenir, 1858.