Arte em casa: como acertar ao colocar quadros na parede

24 de setembro de 2019
Quando decidimos enfrentar a complicada tarefa de vestir as paredes, muitas vezes temos as mesmas dúvidas. A que altura devo pendurar os quadros na parede e como devo agrupá-los?

Para terminar de decorar a casa, sempre é necessário enfrentar a difícil tarefa de escolher e dispor corretamente os quadros, obras de arte ou coleções de gravuras ou fotos. Colocar quadros na parede é uma arte que dará um toque de design profissional para a sua casa.

Alguns espaços requerem um tratamento diferente quando começamos a colocar quadros na parede. Os cômodos modernos têm paredes grandes que parecem impossíveis de preencher. Ou, pelo contrário, às vezes temos uma bela coleção de pequenas gravuras que não sabemos como organizar corretamente na parede.

Como saber em que altura os colocar? Onde eles ficam melhor? Você deve colocar apenas um ou vários deles na mesma parede?

Com essas ideias e dicas, será muito mais fácil realizar essa tarefa. Seus quadros e coleções ficarão perfeitos e darão consistência ao espaço, bem como sentimento e uma boa dose da sua própria personalidade.

Dando vida à sua casa colocando quadros na parede

Dando vida à sua casa colocando quadros na parede

As obras de arte, sejam elas grandes ou pequenas, assim como os quadros e gravuras, são grandes aliados da decoração. Nossa dica é não se deixar intimidar pelo tamanho da parede. Pense, em primeiro lugar, que essas serão imagens que você verá constantemente, por isso é melhor que você escolha peças que despertem as suas emoções.

Ao mesmo tempo, temos que avaliar o tamanho da parede a que queremos dar vida. Se a parede for pequena, é melhor optar por peças também pequenas ou médias. Dessa forma, não a sobrecarregaremos.

Se, ao contrário, você tem uma parede grande, poderá escolher colocar quadros de grandes dimensões sem problemas, ou então optar por vários quadros de tamanho médio.

Os quadros são elementos decorativos que servem para todos os cômodos da casa. Os corredores, os quartos, as salas de estar, as cozinhas e os banheiros… Todos se beneficiarão do toque pessoal e do charme que as fotos ou quadros trazem. Porém, escolha-os de acordo com o espaço que eles irão preencher para que o tema não destoe da função de cada cômodo.

Arte em casa: altura correta para colocar quadros na parede

Altura na qual colocar quadros na parede

Esta é uma das chaves mais importantes quando falamos sobre colocar quadros na parede. A regra geral é colocá-los na altura dos olhos, embora essa regra tenha muitas variações, dependendo do tamanho do quadro e da parede, bem como do efeito que queremos alcançar com a composição.

Há uma regra no design de interiores em relação à altura na qual quadros ou fotografias devem ser colocados na parede que nunca falha: eles devem estar mais próximos do móvel que estiver abaixo deles do que a sua distância até o teto. Caso contrário, os quadros parecerão fora do lugar.

Como podemos distribuí-los?

Como distribuir os quadros

Esta é outra questão na qual um erro pode arruinar completamente a estética do cômodo. É aconselhável não se precipitar ao colocar quadros na parede antes de ter certeza da distribuição final dos móveis. Qualquer alteração na localização de um móvel pode colocar a composição de quadros escolhida a perder.

Seja qual for a composição final escolhida, o resultado será harmonioso e equilibrado se pudermos imaginar uma linha que cruze os quadros no meio.

A partir dessa linha, os quadros devem estar a uma altura média do chão. Esse é o sinal pelo qual saberemos se a composição foi bem montada.

Paredes com um único quadro

Paredes com um único quadro

Nas paredes onde decidirmos pendurar apenas um quadro, deveremos seguir algumas pequenas diretrizes para que o resultado final funcione. Eles devem estar centralizados e em harmonia com o restante dos elementos decorativos do cômodo.

O quadro deve ser mais estreito do que o móvel que estiver logo abaixo dele e nunca deve ser mais largo do que o sofá ou o aparador que estiver embaixo dele. Esta é a regra dos dois terços.

Se, por exemplo, o sofá tiver 3 metros, o quadro colocado acima dele deve ter 2 metros de largura e ser disposto na horizontal. Se o quadro for vertical, ele roubará todo o protagonismo do sofá. Portanto, tudo é uma questão de saber para qual peça queremos dar destaque.

Se houver vários quadros

Se houver vários quadros

Se vários quadros forem escolhidos, temos muitas opções para fazer uma composição perfeita. Podemos colocá-los na vertical, na horizontal, em nuvem. Todas as composições serão válidas se mantivermos o equilíbrio.

Para agrupar os quadros, devemos ter muito cuidado com a separação que deixaremos entre eles. A menos que um outro efeito seja buscado de forma intencional, a regra a ser seguida é: quanto maiores os quadros, maior a distância que devemos deixar entre eles.

O fio condutor

O fio condutor para os quadros

Certamente, quando criamos composições com vários quadros, devemos seguir um fio condutor que se relacione com todos eles. Pode ser o tema, a cor ou qualquer elemento que eles tenham em comum. Devemos descartar composições que não tenham esse elemento em comum porque, esteticamente, elas não funcionarão.

Mesmo assim, não tenha medo de misturar quadros; procure pelo ponto em comum e imagine várias maneiras diferentes de colocá-los juntos. Então, deixe a ideia amadurecer por alguns dias e, finalmente, você encontrará a forma certa de vestir as paredes da sua casa.