Como escolher a sua árvore de Natal?

4 de dezembro de 2019
Escolher a árvore de Natal correta é algo que nos traz mais do que uma dor de cabeça, especialmente devido às muitas possibilidades oferecidas.

Atualmente, a escolha da árvore de Natal significa ter que decidir entre centenas de possibilidades. O mercado é tão cheio de opções que realmente não é fácil optar por uma em particular.

Além disso, sempre temos em mente as fantásticas árvores que aparecem em todos os filmes de Natal. Realmente, é algo básico em qualquer casa.

Qualquer que seja a árvore escolhida, seja artificial ou não, é sempre importante conhecer a sua origem antes de adquiri-la.

Obviamente, não podemos falar de uma árvore perfeita e ideal para todos. Para escolher uma árvore, devemos levar em conta os gostos pessoais, que irão influenciar o tamanho, um acabamento mais tradicional ou inovador, preço…

O que considerar antes de comprar a árvore de Natal?

  • Material: em primeiro lugar, você deve decidir se deseja uma árvore artificial (sintética) ou natural. Assim, você poderá descartar algumas possibilidades.

Cada opção tem os seus prós e contras: o bom das árvores sintéticas é que elas não deixam resíduos no chão. Por outro lado, você pode reutilizá-las quantos anos quiser. Diante do cuidado com o meio ambiente, o problema é que elas são construídas com certas resinas do petróleo. Como consequência, há um aumento na contaminação ambiental.

Quanto às árvores naturais, elas se destacam pela sua contribuição positiva ao meio ambiente, uma vez que absorvem dióxido de carbono. Além disso, emitem um bom perfume. A sua principal desvantagem é que elas precisam de mais cuidados, devem ser regadas e não podem ser colocadas em qualquer lugar.

É surpreendente o fato de que cada vez surgem mais iniciativas para replantar essas árvores depois do Natal; muitas delas, além disso, antes de sua venda foram cultivadas em viveiros.

  • Espaço disponível: antes de comprar a árvore, você deve pensar sobre o espaço em que irá colocá-la, quantos metros tem, qual a sua altura… Na verdade, isso não é um problema já que atualmente é possível encontrar árvores de todos os tamanhos.

E não só isso, é preciso pensar em como você vai transportá-la para sua casa. Caso não caiba em seu carro, há sempre alternativas, como contratar um serviço a domicílio ou alugar outro carro ou van maior. Mas é melhor tentar evitar esses pequenos inconvenientes.

  • Orçamento disponível: as árvores artificiais sempre serão mais baratas do que as árvores naturais. Se a sua ideia é comprar uma artificial para reutilizá-la em anos posteriores, procure não escolher a mais barata de todas, para assim ganhar em qualidade e, portanto, em durabilidade.

Quando você já comprou a sua árvore

  • Local ideal de colocação: embora você tenha pensado nisso antes de comprá-la, é hora de montá-la e ver se oferece um resultado convincente. Obviamente, a árvore deve ter um tamanho proporcional ao local escolhido.

O ideal seria que fosse colocada em um lugar onde não atrapalhe a passagem de pessoas, e ainda mais se houver crianças em casa. Normalmente, elas são colocadas em áreas de canto. Além disso, é muito importante levar em conta a altura do teto.

Assim, o topo da árvore deve estar sempre a alguns centímetros de distância. Nessa parte superior haverá algum enfeite que acrescente centímetros de altura, como uma estrelinha.

  • Adequação ao ambiente: além de não dificultar ou impedir a passagem, devemos levar em conta outros aspectos. Por exemplo: se você optou por uma árvore natural, deve afastá-la de áreas com alta temperatura, como radiadores.

Se você vai decorar a árvore com luzes, independentemente de a árvore ser natural ou artificial, deve haver uma tomada próxima. Uma alternativa possível é comprar guirlandas com pilhas, para que você possa deixar a bateria no chão. Além disso, é uma opção mais barata, não gasta nada com eletricidade.

Finalmente, se a árvore é grande e tem galhos longos, você deve considerar que podem ficar presos em móveis, prateleiras e outros.

  • Resultado final: ao decorar a sua árvore, predominarão os seus gostos pessoais. Dependendo disso, você poderá optar por um acabamento ou outro. Exemplos: árvore artificial branca (simulando neve), ou uma decoração mais tradicional, minimalista, baseada no uso de luzes… Se há crianças em casa, eles podem fazer enfeites para pendurar na árvore. O artesanato nunca falha com os pequenos.

Portanto, considere todas as opções, com seus prós e contras. Dessa forma, você conseguirá escolher a árvore de Natal mais adequada para você e sua casa.