Estilo nórdico: tudo o que você precisa saber

· 26 de julho de 2018
É o estilo da luminosidade por excelência. Cores claras, claridade, tranquilidade ... Todas as qualidades que desejamos para a nossa casa.

O estilo nórdico ou escandinavo, nasceu no início do século XX nos países mais frios do norte da Europa: Noruega, Suécia e Dinamarca. Isso porque são caracterizados por serem lugares onde durante a maior parte do dia não há luz natural e os invernos são longos e frios.

De modo que a premissa básica deste estilo é não preencher o espaço com coisas sem utilidade. É por isso que defende o minimalismo em todas as suas formas. Baseia-se principalmente na cor branca, com linhas retas e funcionais. Nesse sentido, é aconchegante, claro, cheio de personalidade e luz.

Sem dúvida, este estilo é considerado um dos mais populares do mundo. Estas são as características principais do estilo nórdico.

A cor branca acima de tudo

Antes de tudo, a marca registrada do estilo nórdico é o uso do branco.  As paredes geralmente são dessa cor, de modo que os quartos irradiam luz. No entanto, agora propõe-se a inovação de colocar papéis de parede com algum tipo de estampa e dar um toque de modernidade e cor.

Sem dúvida, o branco reforça a sensação de limpeza visual e multiplica a luz. Mas, isso não significa que o preto ou alguma cor escura não sejam utilizadas. Assim, os tons mais suaves também podem ser combinados neste tipo de ambientes com papel de parede.

Isso é muito visto nas paredes principais da sala de estar, onde os sofás são colocados. Ou no quarto, onde a cabeceira da cama é colocada. Isso, por sua vez, traz aconchego e vitalidade. Na verdade, o branco puro está dando lugar a outras pinceladas.

Agora, a tendência é introduzir algumas cores metálicas, como ouro, prata e cobre. Isso proporciona ainda mais brilho ao ambiente e uma nuance industrial.

Por isso, se você está cansado com tanto branco em sua casa, pode combinar com tons cinzas e beges, tanto nas paredes como nos móveis ou complementos. No entanto, se você quiser adicionar um toque de cor mais escura, o marrom é uma ótima opção. Ou seja, é muito comum ver mesas em tons escuros com cadeiras brancas. Com esta combinação, a cor escura se destaca e ganha proeminência na decoração.

Mais e mais luz

Não importa se é luz natural ou artificial. A coisa mais importante deste estilo é que a luz seja abundante. Como dissemos antes, é um estilo que se originou nos países do norte da Europa, onde a luz é escassa. Daí a razão pela qual é tão apreciada e importante nas casas dessas regiões.

A cor branca acima de tudo

Para conseguir um ambiente com muita luz, é importante que você evite as cortinas de cor escura. Dessa forma, é preciso canalizar a luz em todos os ambientes de forma bem distribuída.

Além disso, à noite, temos que intensificar os pontos de luz. Para isso, colocar lustres, luminárias de mesa ou de chão é uma boa opção. Mas, para dar um clima muito mais aconchegante podemos incluir velas, lanternas ou castiçais e colocá-los em toda a casa. A atmosfera ficará extremamente acolhedora.

Minimalismo em estado puro

Sem dúvida, a decoração nórdica é sinônimo de minimalismo. Nesse sentido, o segredo é não sobrecarregar o ambiente com móveis ou outros elementos.

Outra das premissas básicas deste estilo é não ter coisas você não usa ou não fornecem um significado específico para a sua decoração.

Essa é uma grande vantagem, já que você pode investir mais dinheiro na mobília que mais gosta.

Assim, para seguir esta linha minimalista, opte por móveis leves e com linhas retas Além disso, que sejam confortáveis ​​e funcionais para uma decoração prática. Estes móveis propiciam uma decoração muito elegante, por mais simples que pareçam.

Elementos fundamentais

Antes de tudo, é importante lembrar que os elementos naturais não faltam no estilo nórdico. Isso porque eles trazem luminosidade e naturalidade aos ambientes.

Madeira

Para começar, a madeira é o material mais popular neste estilo, já que traz um ar rústico e um pouco de dureza a este estilo tão leve e calmo. Dessa forma, é muito usada em móveis e acessórios menores.

A decoração nórdica é sinônimo de minimalismo

De modo geral, é usada especialmente em tons claros, porque é a mais frequente nas florestas dos países nórdicos. Anteriormente, a madeira era o único elemento neste estilo. Agora, há uma tendência de combiná-la com metal, mármore ou cimento.

 Plantas

Por outro lado, as plantas, são outro grande elemento deste estilo. Não podem faltar, se quisermos conseguir esse ambiente 100% natural.

Elas são o principal elemento do estilo nórdico. De modo que podemos combiná-las dependendo da estação em que estamos. Aliás, a opção mais comum é decorar com muitas plantas verdes. No entanto, se morarmos perto de florestas ou campos, poderemos decorar com flores silvestres.

Se você mora em um lugar frio, as plantas artificiais são uma boa opção.

Nos acessórios, menos é mais

Um acessório que não pode faltar na decoração do estilo nórdico são os tecidos. Isso porque as mantas, tapetes e cortinas trazem conforto para sua casa. Os materiais mais utilizados são as peles ou tecidos com pelo, lãs grossas, algodão ou linho.

Nos acessórios, menos é mais

Outro detalhe que é básico neste estilo são os quadros e porta-retratos. Eles trazem cor e contraste para as paredes brancas. Assim, os quadros podem ser de vários tamanhos para combiná-los entre si e formar um mural na parede. Quanto à cor, geralmente é comum optar por quadros escuros para destacá-los do restante dos elementos.

O estilo nórdico é uma grande tendência. É comum ver esse tipo de decoração não apenas em casas, mas em lojas, cafés ou restaurantes, em busca de ambientes aconchegantes e confortáveis.

Em suma, se você não quiser implementar esse estilo em toda a sua casa, poderá incluir pequenos espaços com toques nórdicos ou distribuí-los da maneira que quiser.