Saiba como foi criada a Casa da Cascata

· 8 de maio de 2019
Trata-se de uma das obras mais importantes da arquitetura do século XX. A Casa da Cascata nos Estados Unidos, foi construída nos anos 30 e ainda é admirada por arquitetos de todo o mundo.

A Casa da Cascata, como é popularmente conhecida, é uma das obras mais importantes da arquitetura moderna. Criada por Frank Lloyd Wright (o melhor arquiteto estadunidense), esta residência foi construída nos anos 30 e continua nos surpreendendo. Descubra tudo sobre ela no artigo a seguir.

História da Casa da Cascata

A residência Kaufmann, conhecida como ‘a Casa da Cascata’ (Fallingwater em Inglês), foi projetada pelo famoso arquiteto Frank Lloyd Wright. Foi construída sobre uma cascata de água produzida pelo rio Bear Run, na Pensilvânia, Estados Unidos, entre 1936 e 1939.

Sem dúvida, esta casa foi a obra-prima de seu criador, além de ser um marco para a arquitetura moderna. Até mesmo o Instituto Americano de Arquitetos a nomeou como “o melhor trabalho da arquitetura estadunidense na história”.

Era a casa de campo da família Kaufmann, formada pelo casal Edgar e Liliane e seu filho Edgar Jr. Eles possuíam grandes lojas na cidade de Pittsburgh e os terrenos tinham sido usados como acampamento de verão dos funcionários até que a Grande Depressão mudou os planos. A residência foi usada para o lazer da família entre 1937 e 1963.

Quando seus pais morreram, Edgar Jr doou a Casa da Cascata para a Western Pennsylvania Conservancy. Em 1964, foi aberta ao público e, desde então, recebeu mais de quatro milhões de visitantes.

Características

A família Kaufmann, inicialmente não havia escolhido esse local para construir sua casa de campo. No entanto, após estudos topográficos de suas terras, decidiram a localização que a tornaria a residência mais famosa do país.

A floresta que circunda a Casa da Cascata permaneceu praticamente virgem desde então, uma vez que um caminho de pedestres é usado para entrar na propriedade. O rio Bear Run é outro dos protagonistas do trabalho.

A Casa da Cascata tem dois andares e belos terraços. O coração da casa está localizado em seu interior, mais especificamente na lareira. Além disso, as suas janelas se estendem verticalmente entre um piso e outro para evitar que o interior seja visto do lado de fora.

Interior da Casa da Cachoeira

Interior / plataformaarquitectura.cl

No lado oposto ao que ‘voa’, a casa tem pérgulas que se conectam com um declive de pedra e as árvores ao redor. Esta área é conhecida como ‘a floresta da casa’ e é outro dos locais onde se mostra o respeito que o arquiteto tinha pela natureza.

O interior da casa tem vários ambientes de forma, localização e distribuição originais. Depois de passar pelo hall de entrada chegamos a uma escada que leva ao andar superior, onde estão os quartos, banheiros e escritório do Sr. Kaufmann. Em seguida, vem a sala de estar com seu o espaço para música e a escada de água, cujos degraus estão suspensos por alguns cabos.

Construção da Casa da Cascata

Dizem que o arquiteto Wright precisou de apenas duas horas para desenhar os planos dessa casa. O dono ficou muito surpreso pois achou que a construção seria feita ao lado da cascata… Não sobre ela!

Para a construção, foram utilizados materiais naturais do entorno, como as pedras para as fundações e a parte inferior do edifício. O restante da fachada é bege, o que contrasta com o ambiente marrom ou verde, dependendo da estação do ano.

Outra das características marcantes da Casa da Cascata é a sua forma octogonal, tanto em suas vigas como nas paredes. A construção foi feita respeitando o meio ambiente e, embora uma grande parte da casa esteja suspensa sobre o rio, foi capaz de resistir perfeitamente à passagem do tempo.

Saiba como foi criada a Casa da Cachoeira

Ambiente / bbc.com

Vale a pena destacar que os engenheiros de Wright não confiaram que isso seria um sucesso. Para tornar a casa ainda mais forte, duas placas de metal foram adicionadas para apoiar a ‘parte flutuante’. Isso permitiu que ela permanecesse de pé após um violento tornado que afetou a região um pouco mais tarde.

Sem dúvida, a Casa da Cascata é um dos lugares que nenhum amante da arquitetura – ou da natureza – pode deixar de visitar. Permanece intacta 80 anos após a sua construção e tem vistas deslumbrantes.