Vasos como elementos decorativos: algumas sugestões

· 28 de agosto de 2018
Os vasos são um elemento decorativo que nunca saem de moda. Grande, pequeno, vidro, cristal, vime... Certamente, há um que se encaixa perfeitamente em sua casa.

Os vasos são um elemento decorativo atemporal. Eles nunca saem de moda e suas versões, que são muitas, vão se renovando constantemente. É por isso que nós o encorajamos a utilizar os vasos como elementos decorativos.

Hoje daremos algumas informações sobre os tipos de vasos que encontraremos no mercado, os materiais de que são feitos e algumas ideias para utilizá-los na sua decoração.

Vasos como elementos decorativos: tipos de vasos

Do mais clássico ao mais moderno, passando pelo mais simples ou pelo mais barroco. Os tipos de vasos que podemos encontrar são muitos e, portanto, não é fácil falar sobre todos eles. Apesar disso, abaixo analisaremos quais são os tipos de vasos mais populares:

  • Vasos de cerâmica: são os vasos mais conhecidos, aqueles que passam de geração em geração e costumam ser pintados com muitos detalhes. Eles ficam perfeitos em casas com decoração barroca ou do século XIX. Se, por outro lado, você optar por ambientes mais informais, provavelmente essa não será a melhor opção.
  • Vasos de vidro: talvez seja o tipo de vaso que está mais em tendência atualmente. Em diferentes formas, tamanhos e cores, os vasos de vidro se adaptam a qualquer espaço. Uma opção é preenchê-los com diferentes tipos de areia, flores, pedras ou conchas. É uma maneira de brincar com as texturas e cores que você pode levar para a sua casa.
  • Vasos de vime: se tivermos crianças em casa, os vasos de vime são a melhor opção. Não teremos que nos preocupar se eles caírem no chão ou se os pequenos se aproximarem deles. Além disso, esse tipo de vaso não é tão formal quanto os outros, por isso dará um toque casual à sua sala de estar, hall de entrada ou quarto.
Jarro de cristal-Vasos como elementos decorativos

O tamanho não é um problema

A desculpa típica de “eu não tenho espaço em casa” não funciona. Os vasos podem ser pequenos ou grandes, por isso temos a certeza que encontraremos um que se adapte a nossa casa e necessidades. Se tivermos pouco espaço, um simples vaso sobre uma mesa ou no corredor fará a diferença. Se for transparente, recomendamos encher até metade da sua capacidade com diferentes combinações de pedras. Além disso, como toque final, você pode incluir algumas flores. Dessa forma, uma superfície vazia e sem graça pode ganhar um ar renovado.

Se o problema for o contrário, ou seja, se tivermos um grande espaço vazio e não soubermos decorá-lo, os vasos também serão uma boa opção. Os maiores podem ser colocados diretamente no chão. Assim, adicionaremos um toque elegante ao ambiente. Se você tiver crianças em casa, pode ser melhor não ter um vaso dessas dimensões. Afinal, eles são frágeis e nós todos sabemos que as crianças não param.

E por que você não faz seu próprio vaso?

A tendência DIY, faça você mesmo, está se tornando cada vez mais tendência. Por isso, nós encorajamos você a deixar sua imaginação voar. Sendo assim, você pode criar seu próprio vaso como um elemento decorativo. Se você não consegue pensar em nenhuma ideia, pode pesquisar em blogs e sites e, certamente, encontrará inspiração.

Para fazer o seu próprio vaso, você pode usar elementos que não usa mais. É uma maneira de reciclar e dar uma segunda vida para: garrafas, potes, tigelas ou até aquários. Para criar harmonia, você deve levar em conta o tipo de decoração da sala e as cores predominantes. Dessa forma, você saberá quais cores serão as mais adequadas para o seu vaso. Entretanto, lembre-se de que até mesmo deixá-lo sem pintura também pode ser um acerto.

Além de relaxar fazendo artesanato, você terá um vaso único feito por você mesmo. Por fim, a satisfação de ter feito algo com as próprias mãos, não tem preço. Se você optar pela opção DIY, certamente o seu vaso chamará a atenção e ganhará muitos elogios.