Design e decoração de cozinhas modernas

· 4 de agosto de 2018

O estilo moderno ganha relevância nos espaços que requerem maior funcionalidade, mas ainda com um toque de estilo. É assim que tem sido quando falamos de design e decoração das cozinhas modernas.

Sem dúvida, elas têm sido locais de trabalho para a preparação das refeições, além de abrigar cheiros, utensílios e pouca decoração, já que precisavam ser um espaço eficiente para o uso.

Porém, atualmente, a sua concepção mudou, dando lugar para um novo projeto decorativo, além dos demais espaços da casa que, sem dúvida, foram mais favoráveis ao design.

Na verdade, a sala de estar deixou de ser o único ambiente aconchegante para receber convidados; a cozinha também pode ser um espaço confortável para reuniões, sendo um lugar agradável e útil para um almoço ou jantar.

Assim, a sua estética mudou, não existindo mais um sentido funcional único. A cozinha também pode proporcionar bem-estar e vários outros usos comuns. Adiante, ofereceremos algumas ideias para projetar e decorar a sua cozinha seguindo o estilo moderno.

Adequar a decoração ao espaço

Antes de tudo, é imprescindível otimizar o espaço, e, também, aproveitar as paredes, colocando prateleiras ou nichos para o armazenamento dos utensílios de cozinha.

Além disso, as medidas devem ser bem controladas e estabelecidas durante o projeto. Tenha em mente todas as dimensões e a distribuição dos móveis, principalmente para que você não se arrependa no futuro, especialmente se a sua cozinha tiver um tamanho reduzido.

Não é necessário sobrecarregar o espaço. Na verdade, é recomendável que se deixem lacunas para que o conjunto possa ficar bem arejado. Além disso, não é interessante tirar muito do espaço central da cozinha, tendo em vista que ele deve ser amplo e transitável.

É pensando nisso que falamos sobre proporções e escalas. Afinal, se temos uma cozinha espaçosa, podemos pensar em um mobiliário amplo e extenso, incluindo, por exemplo, uma geladeira de duas portas.

Em contrapartida, se o espaço é pequeno e estreito, é mais comum o uso de móveis mais compactos; que não sejam muito grandes. A pior coisa que você pode fazer é colocar móveis e eletrodomésticos que saturem o espaço da sua cozinha.

Estilo decorativo

Sem dúvida, na hora de aplicar o estilo moderno, o conceito que deve estar bem assimilado é o da funcionalidade. Para que ele funcione na prática, é imprescindível que se trabalhe com linhas, seguindo uma perspectiva.

Nesse sentido, a simplicidade é um recurso recorrente. A linha reta constitui o princípio central; permitindo a transmissão de um sentimento de estabilidade e ordem. Dessa maneira, forma-se um conjunto harmonioso, através de uma estética que se baseia na linearidade básica (minimalismo).

No entanto, outros designs dinâmicos podem ser aplicados na decoração dos azulejos. Porém, esses elementos não devem ser os protagonistas do projeto, mas sim um complemento à decoração, ajudando a estabelecer um leve contraste entre diferentes formas.

Além disso, é possível incluir uma ilha no meio da cozinha; esse recurso está cada vez mais presente nos designs de interiores, seguindo o estilo americano.

Estilo decorativo

Cozinha moderna com ilha central / m.archiproducts.com

Cor

Por outro lado, um fator a se considerar é a iluminação que a cozinha recebe; ou seja, a escolha entre um conjunto ou outro de cores vai depender da intensidade da luz recebida na cozinha. Vejamos quais são as mais apropriadas.

Certamente, não é recomendável a utilização de cores escuras em uma cozinha que receba pouca luz. Sendo assim, as cores listadas a seguir só devem ser aplicadas em cozinhas que recebam bastante luz ao longo do dia:

  • Preto.
  • Azul escuro.
  • Cinza escuro.
  • Bordô.
  • Vinho.
  • Madeira.
Cores para cozinhas

Tenha em mente que essas cores são mais ousadas e saturadas, podendo ficar muito interessantes se forem combinadas com os azulejos das paredes.

Por outro lado, o uso de tons mais claros pode facilitar as combinações entre os móveis. Também, se houver pouca iluminação natural no interior, uma gama de cores mais claras ajudará a transmitir uma sensação de brilho e limpeza.

Além disso, essas cores claras também podem ser combinadas com outras, em tons escuros. Peguemos um exemplo: os tons claros podem ser aplicados para os eletrodomésticos e para as paredes, enquanto as cores escuras serão usadas nos móveis. Então, quais são as cores claras que podemos utilizar?

  • Branco.
  • Verde folha.
  • Cinza claro.
  • Azul celeste.
  • Coral.

Pisos e paredes

Ainda, é possível encontrar diferentes variantes para o piso e para as paredes. Para os primeiros, a mais nova tendência é a aplicação de madeira; mas, sem dúvida, os azulejos e os ladrilhos ainda são os mais utilizados e são a melhor escolha para o piso de uma cozinha.

Desse modo, é aconselhável usar um tom neutro, não muito claro. Por que não usar a madeira para o piso? Existem algumas desvantagens: manchas de óleo, arranhões e a dificuldade para limpar. Portanto, a manutenção de um piso de azulejo acaba sendo muito mais fácil.

Quanto as paredes, é possível dar um toque mais informal com a aplicação de pedra ou aglomerado, passando uma sensação de rusticidade; no entanto, a limpeza também pode ser bastante complexa.

Pisos e paredes para as cozinhas

Sendo assim, é mais proveitoso optar pelas paredes com azulejo, de cor lisa ou com desenhos. Isso oferece um estilo mais simples, facilitando as combinações entre os móveis; Claro, é preciso que haja um contraste entre o tom das paredes e o restante dos móveis e eletrodomésticos.

Conclusão

Em suma, seja ousado e aproveite ao máximo a sua cozinha. Faça dela um ambiente confortável e interessante. Transforme a sua cozinha no lugar ideal da casa para se compartilhar momentos com a família e os amigos.