O melhor material para as portas de interiores

· 10 de fevereiro de 2019
É difícil saber qual é o melhor material para as portas de interiores. A seguir, apresentaremos uma série de dicas para facilitar a sua escolha.

Se você está mudando as portas internas da sua casa e foi pesquisar em qualquer grande loja de decoração, certamente ficou surpreso ao ver todas as variedades disponíveis. Acabamentos, material, espessura… as opções são infinitas. Por isso é realmente difícil escolher o melhor material para as portas de interiores.

De um modo geral, para escolher uma porta de interior, você deverá levar em consideração três aspectos: o orçamento disponível, o acabamento e o material. Dependendo do seu orçamento, você terá que descartar um tipo ou outro de porta. Sugerimos que você escolha a melhor porta possível dentro do seu orçamento.

Portas de interiores maciças

As portas maciças são formadas tanto externamente como internamente por madeira sendo, por isso, as mais compactas. Dependendo dos preços, este tipo de porta tem o interior maciço ou de aglomerado.

  • Portas com interior maciço. Este tipo de porta é fabricado inteiramente em abeto, pinho ou carvalho. Elas são formadas por uma espessa lâmina de madeira, de modo que a madeira é exatamente a mesma no exterior como no interior. São as portas mais resistentes e também as mais pesadas. O seu preço é alto por serem fabricadas inteiramente com madeira de qualidade.
  • Portas de interiores de aglomerado. Assim como as portas anteriores, também são maciças. A diferença reside no fato de que apenas a camada externa é feita de madeira de qualidade: abeto, pinho ou carvalho. O interior da porta é formado por um aglomerado de madeiras mais baratas compactadas. Pode-se dizer que elas são a versão econômica das portas verdadeiramente maciças. Visualmente parecem iguais, mas obviamente, a qualidade não é a mesma. Não se esqueça de que as portas maciças exigem um maior cuidado.
portas de interiores

 

Se optarmos por uma porta desse tipo, devemos levar em conta que ela requer tarefas de manutenção. Como essas portas são compostas de madeira 100% natural, elas precisam ser tratadas como algo vivo. Você deverá ter cuidado com a umidade e com as mudanças de temperatura para evitar que as portas enverguem, especialmente se as instalar no banheiro. Com uma boa manutenção, estas portas duram a vida toda.

Portas interiores ocas

Passamos agora para as portas mais econômicas. Estas são as portas ocas. Elas se caracterizam pelo seu interior parcialmente oco. No exterior, apresentam a aparência de uma porta convencional, mas o seu interior é formado por uma forma geométrica semelhante à dos ninhos de abelha. Essa estrutura é de papelão, por isso o conjunto da porta é muito leve, cerca de 20kg.

Como principais desvantagens, encontramos a baixa capacidade de isolar tanto o ruído quanto a temperatura. Será necessário avaliar se compensa que o ambiente perca calor no inverno e que todos os ruídos sejam ouvidos, em relação ao preço que valem essas portas. Se, por exemplo, procuramos uma porta nova que separe a sala e o corredor e que sempre estará aberta, talvez não tenhamos porque gastar mais dinheiro.

porta de interiores

Então, qual porta eu escolho?

Depois de ler tudo isso, certamente você já entendeu algumas coisas mais claramente. Ou pelo menos descartou algum tipo de porta. Como você pode ver, o principal fator a considerar é o dinheiro que planejamos gastar ou quanto podemos pagar pelas portas. Com base nisso, você deverá fazer uma primeira eliminação.

É evidente que o carvalho é o melhor material para as portas de interiores de madeira maciça. A principal desvantagem é que uma porta totalmente maciça custa, em média, três ou quatro vezes mais do que uma porta oca. Isso, multiplicado pelo número de portas que queremos comprar, faz o orçamento disparar.

Com isso, não queremos dizer para que você deve optar por uma porta oca. Esse tipo de porta é o exemplo claro de que o barato sai caro. Elas não suportam bem a passagem do tempo, isolam muito mal e também podem se quebrar se forem atingidas por uma pancada forte.

É por isso que optamos por portas de interiores maciças com interior aglomerado. Nos parecem a melhor opção por serem o ponto médio entre as ocas e as totalmente maciças. São boas isolantes tanto de temperatura como de umidade e podem ser compradas por um bom preço. Além disso, poderemos escolher o tipo de madeira que queremos para o exterior, para combinar perfeitamente com a decoração da nossa casa.