6 truques para começar a plantar no terraço

30 de outubro de 2019
Com esses truques para começar a plantar, você desejará ter o seu espaço natural o mais rápido possível.

Não ter um jardim não é um impedimento para ter uma horta ou algumas plantas, caso você tenha um terraço ou varanda. A seguir, mostraremos uma série de truques para começar a plantar no terraço ou varanda da sua casa e, assim, apreciar um dos hobbies mais ecológicos e saudáveis ​​que podem existir.

1. Melhor local para começar a plantar no terraço 

truques para começar a plantar

O primeiro aspecto que deve ser levado em consideração ao começar a plantar no terraço é o local exato do espaço onde faremos a horta.

Para isso, devemos escolher o local do terraço ou varanda onde exista a maior exposição contínua ao sol. A luz natural é muito importante para o crescimento e desenvolvimento dos vegetais.

Como às vezes não temos exposição total à luz do sol durante o dia, devemos verificar o local onde há luz o maior número de horas.

Apesar disso, é verdade que essa exposição ao sol também depende do tipo de vegetal ou fruta que você plantará, já que alguns precisam de muito mais horas de luz do que outros. Portanto, você deve se informar previamente sobre as necessidades específicas de cada um.

2. Água: um elemento muito importante para começar a plantar no terraço

truques para começar a plantar no terraço

A água é um dos elementos essenciais para que as plantas cresçam e amadureçam adequadamente. Por isso, é aconselhável ter uma torneira por perto, para que a rega seja muito mais fácil.

Às vezes, devido aos tipos de instalações da casa e ao espaço do terraço ou varanda, não é possível ter essa torneira por perto, por isso, temos duas opções:

  • Fazer a rega manual se não tivermos uma horta muito grande.
  • Instalar um sistema de irrigação automática do tipo gotejamento, evitando assim gastar mais água do que o necessário. Dessa forma, não será necessário regar manualmente.

3. Os recipientes

Coma o que você planta

Para cultivar e plantar praticamente qualquer tipo de recipiente é útil e aceitável. Os vasos são a maneira mais conhecida de fazer isso, no entanto, se você tiver caixas que não têm utilidade em casa, elas também podem ser outra forma útil de cultivar.

O mais importante do recipiente usado para plantar é que ele possua um fundo firme e resistente para impedir que se quebre quando as raízes crescerem.

4. Aproveite todo o espaço

plantar no terraço

É possível ter uma horta maior do que o piso do terraço ou varanda através do uso das paredes, que também servem para cultivar e plantar.

As paredes são uma das melhores maneiras de aproveitar todo o espaço que você tem. Assim poderá criar uma pequena horta vertical ou colocar nelas as plantas de que você mais gosta.

Esses espaços verticais evitam as dores nas costas já que não será necessário ficar encurvado por muito tempo. Portanto, eles são uma ótima opção para os idosos que gostam de apreciar a natureza ou para as pessoas com problemas nas costas.

5. Coma o que você planta

Aproveite todo o espaço

Ao considerar ter uma horta no seu terraço ou varanda, você só terá vantagens. Em primeiro lugar, ter esses itens naturais ​​fará com que você repense os seus hábitos alimentares e o seu estilo de vida, tendo a possibilidade de melhorá-los, tornando-os mais saudáveis.

Em segundo lugar, você estará cultivando alimentos totalmente naturais e frescos, que você certamente sabe de onde vêm. Que alimento pode ser melhor do que aquele que você plantou e cuidou?

6. Uma atividade perfeita para fazer em família

atividade perfeita

Às vezes queremos fazer atividades familiares diferentes para que os pequenos não caiam na monotonia diária. Sem dúvida, começar a plantar no terraço é uma atividade que vocês podem fazer em família e que é uma opção diferente e original para apreciarem juntos.

Fazer com que as crianças participem e que elas mesmas cultivem e vejam o desenvolvimento progressivo dos alimentos até eles chegarem ao seu prato poderá produzir efeitos benéficos:

  • Elas se sentirão úteis ao contribuir.
  • É uma maneira simples de se alimentarem de uma forma saudável, comendo alimentos cultivados por elas mesmas.
  • Elas se sentirão responsáveis e autônomas por terem que cuidar das plantas.