Como escolher as almofadas para sua casa

16 de outubro de 2018
Das maiores até as menores; as almofadas nunca devem faltar em sua casa.

Escolher as almofadas para a sua casa é uma tarefa fácil e também muito gratificante pelos grandes resultados que podem ser obtidos.

As almofadas são complementos indispensáveis ​​na decoração de interiores, uma vez que são ideais para quebrar esquemas monocromáticos.

Além disso, são elementos perfeitos para revitalizar os ambientes, proporcionando um novo aspecto com pouco esforço.

As almofadas são ideais para quando mudamos a decoração da casa de uma estação para outra, pois podemos encontrá-las com diferentes tecidos, padrões, texturas e de acordo com a época do ano.

Os quartos, a sala de estar, o jardim ou a varanda são alguns dos ambientes que, geralmente, possuem almofadas como elemento decorativo.

O número de almofadas que devemos usar para uma boa composição deverá ser entre 3 e 5, dependendo do tamanho da cama ou sofá.

É aconselhável sempre ser um número ímpar e não sobrecarregar demais os móveis.

Cores

Um dos aspectos que devemos levar em conta ao escolher as almofadas da casa são as cores que usaremos.

Em primeiro lugar, teremos que considerar a cor de fundo. Ou seja, a cor do sofá ou dos tecidos da cama.

Se a cor de fundo for neutra, as almofadas devem ser coloridas. Para isso, escolha duas ou três cores para realizar o contraste.

Por outro lado, se o fundo for colorido, escolha duas ou três cores do fundo para focar a atenção nas texturas ou padrões das almofadas.

Lembre-se de que, como em tudo, deverá haver harmonia no conjunto.

Misturas

Tal como acontece com as cadeiras da sala de jantar, a tendência Mix & Match também alcançou as almofadas.

Portanto, não tenha medo e se atreva a misturar as texturas, isto é, os tecidos. Isso causará um grande impacto visual.

Outra das misturas propostas são as de estampas.

Certamente você deve ter notado essa tendência ao ver linhas geométricas com estampas florais ou poás com linhas.

escolher as almofadas

Aparentemente, essas estampas tão diferentes não têm nada em comum, mas como um todo, elas formam uma harmonia e sintonia únicas.

Escolher as almofadas: formas e tamanhos

Como esperado, escolher as almofadas adequadas também é escolher o seu tamanho e a sua forma.

Como se trata de um elemento que pertence à família dos têxteis, encontramos almofadas de todos os tamanhos (grandes, pequenas, mini) e de muitas formas (redondas, quadradas, retangulares).

A chave é usar o tamanho certo.

Se o nosso sofá for pequeno, não é aconselhável sobrecarregá-lo com almofadas. Pelo contrário, se for grande, poderemos usar várias almofadas de tamanhos diferentes.

Se quisermos um estilo formal, as almofadas deverão ser do mesmo tamanho e forma. Mas, se o estilo que queremos alcançar for mais familiar e informal, será melhor combinarmos tamanhos e formas diferentes.

Escolher as almofadas de acordo com a estação

No início dissemos que, se quisermos, poderemos dar aos nossos ambientes a atmosfera própria de cada estação.

Para mudar a decoração de inverno para o verão, basta trocar as capas das almofadas. De tecidos grossos para mais leves e com estampas mais claras, que transmitem frescor.

Há também capas de inverno, com tecidos que transmitem mais calor.

escolher as almofadas

Quando entendemos que podemos ter almofadas diferentes apenas mudando a sua capa, percebemos a versatilidade deste elemento e as muitas possibilidades que ele nos oferece.

Conclusão

As almofadas são elementos essenciais para decorar salas e quartosA sua versatilidade nos permite, apenas com uma mudança de capas, mudar completamente a atmosfera dos ambientes.

Essa versatilidade é o que facilita a combinação, tanto de cores como de formas ou padrões, permitindo criar composições únicas, sofisticadas e harmoniosas.

A harmonia é essencial ao realizar as combinações e deve estar em total harmonia com o restante dos elementos. Ou seja, não deve haver equilíbrio somente entre as almofadas, mas também entre elas e o sofá e os outros elementos decorativos do ambiente.

Além de ser um item decorativo, é uma peça que ajuda a corrigir a postura ao sentar. Portanto, a sua função também está relacionada com a nossa saúde corporal.

Portanto, a qualidade do enchimento deve ser boa. Não pode ser muito mole ou muito duro.

Finalmente, gostaríamos de encorajá-lo a deixar a sua imaginação voar. Crie composições que quebrem a monotonia de uma única gama de cores.

Tente fazer composições que à primeira vista pareçam impossíveis e você descobrirá que na desordem também há harmonia.

Em suma, ouse, use a sua criatividade e brinque com as almofadas.