5 dicas para escolher o sofá ideal

· 12 de março de 2019

O sofá é o grande protagonista das salas. Ele é testemunha de inúmeras reuniões familiares, festas com os amigos ou tardes de filme com as crianças. Por isso, é importante seguir algumas dicas para escolher o sofá ideal para a sua casa.

Nesse sentido, é importante escolher bem o sofá que vamos colocar em nossa sala. Vale lembrar que não devemos apenas valorizar a estética, mas também a comodidade e o bem-estar.

Além disso, a nossa coluna poderá sofrer se nosso sofá não for muito confortável.

5 dicas básicas para escolher o sofá ideal

Dica nº 1: leve em conta as medidas

É importante escolher bem a mobília da nossa casa, e é mais importante ainda nos assegurarmos de que elas irão se encaixar no espaço em que queremos colocá-las.

Não existe nada mais decepcionante do que chegar em casa com um sofá novo e bonito, mas que não se encaixa, é muito estreito ou simplesmente desproporcional ao restante da sala.

Para que isso não aconteça, vá até a loja onde pretende comprar o seu sofá com as medidas da sua sala, a sua distribuição e com uma ideia aproximada do tamanho de sofá que você deseja.

Dica nº 2: bom, bonito e barato

Sempre que compramos algo, queremos que o produto apresente uma boa relação de custo-benefício. Por isso a nossa dica é não comprometer a qualidade pensando somente no preço.

Ou seja, a comodidade é mais importante do que o preço, pois como diz o ditado: “o barato pode sair caro”. E, sinceramente, com a saúde não é bom arriscar.

Existem 2 condições para testar na loja, se o sofá é confortável e de boa qualidade.

  • Deve nos proporcionar uma boa posição para o corpo: os seus quadris não devem ficar afundados. Ao se sentar, os seus pés não podem ficar pendurados e, muito menos, a parte de trás dos seus joelhos não deve ser pressionada pela borda do sofá.

Por fim, o apoio dos braços deve estar abaixo da altura do cotovelo.

  • Deve ser confortável em várias posições: ou seja, deite-se, sente-se, ponha os pés para cima, etc. Verifique se o sofá é confortável em todas as posições.
  • Com o tempo, os sofás vão se desgastando. Por isso, é preciso trocar a espuma aproximadamente a cada 5 anos. Teste para verificar se o sofá se molda ao seu corpo quando você se senta e se ele volta a sua forma original quando você se levanta.

Dica nº 3: a estrutura é importante

Para que seja um sofá de qualidade, é preciso que ele tenha uma boa estrutura. As pessoas compram um sofá com a expectativa de que ele dure muitos anos, portanto, a estrutura deve ser resistente.

  • A estrutura deve ser de madeira ou metal, isso garantirá resistência e estabilidade.
  • As pernas devem fazer parte da mesma estrutura do sofá.
  • O sofá será mais resistente se tiver correias ou molas em ziguezague que suportem as almofadas.
A estrutura do sofá é importante.

Sofá com estrutura de madeira / arqmasdeco.blogspot.com

Dica nº 4: o tecido é importante

Na hora de escolher o sofá ideal também é fundamental olharmos para o tecido da tapeçaria.

Depende muito de como é a sua família para que se escolha entre um material ou outro.

Se você tem filhos pequenos, é preciso buscar um material que seja difícil de sujar e fácil de limpar.

  • Algodão: por ser uma fibra natural, traz muito calor à sala.
  • Couro: é muito moderno é elegante. Além disso, traz um ar vintage à sala.
  • Técnico: é um tecido novo com uma tecnologia antimanchas. Ou seja, é muito conveniente se você tem filhos em casa e não quer ficar se preocupando com limpeza.
  • Chenile: é um tecido macio com uma sensação aveludada.
  • Veludo: também é um tecido muito utilizado para sofás, pois é macio e quente.
O tecido do sofá é importante.

Sofás de vários tecidos / fave.co

Dica nº 5: tipos de sofá

Tanto para escolher o tecido como para escolher as cores é importante considerar a decoração da sua sala.

Assim, escolher o tipo de sofá ideal também se relaciona com a decoração da sua sala. Por isso não é nada inteligente comprar um sofá novo e ter que mudar o restante da mobília, as cortinas, etc.

Os tipos de sofá mais comuns e cada vez mais em moda são:

  • Chaise longue: esse é o famoso sofá em L. Ideal para famílias grandes.
  • 3 + 2: É um sofá tradicional de três lugares e outro menor, com dois lugares.
  • Linha: são sofás simples e pequenos. Utilizados, normalmente, em salas com pouco espaço e para casais, já que não cabem mais do que duas pessoas.
  • Modulares: esse tipo de sofá permite mudar a distribuição da sala com as suas divisões em módulos. Por essa razão, é uma boa escolha se você tem uma família grande ou se costuma receber os seus amigos em casa.
  • Chester: eles são, geralmente, de dois ou três lugares. Além disso, são clássicos e remetem muito ao estilo inglês. O estofamento capitonê e as formas arredondadas são características do modelo. É perfeito para uma sala no estilo vintage.
Tipos de sofá

Sofá chester em couro preto / archiexpo.es

Conclusão

Sem dúvida, escolher o sofá ideal não é nada fácil, por isso a nossa dica é que você tome o tempo que for preciso e visite quantas lojas precisar para então escolher corretamente.

Ou seja, lembre-se de priorizar a qualidade (e não o preço) para que o seu sofá dure muitos anos.

Não se esqueça de levar em conta o estilo da decoração que você já tem na sala de estar, bem como as medidas, a distribuição e, claro, o número de pessoas que vivem na sua casa.