Erros comuns ao escolher as cores para decorar

· 6 de dezembro de 2018
Apesar de parecer um assunto simples, a escolha das cores para decorar um ambiente (ou vários), na verdade, tem muitos fatores envolvidos.

É normal cometermos alguns erros ao escolher as cores para decorar, já que nem sempre sabemos tudo o que é preciso levar em conta. Ou, simplesmente, nos deixamos levar pelo impulso quando uma cor, tom ou elemento nos chama muito a atenção.

Ainda que se cometam erros, é possível solucioná-los com alguns truques muito fáceis de aplicar. Trata-se de fazer pequenos ajustes que ajudam a manter a harmonia dos espaços, e a reduzir os conflitos. O texto a seguir o ajudará tanto a corrigir os erros já cometidos, quanto a evitar outros erros no futuro.

Não utilizar os recursos disponíveis

O primeiro erro que geralmente se comete (e talvez, o mais comum de todos hoje em dia) é não utilizar as ferramentas online ou softwares para termos uma ideia mais aproximada de como nossos cômodos vão ficar após a pintura.

cores para decorar quentes

Agora que existem tantos recursos para recriar a decoração que queremos, devemos aproveitá-los para termos resultados ainda melhores.

Antigamente, algumas pessoas se animavam a desenhar e pintar os seus designs, mas essa era uma atividade não muito comum, já que poucas pessoas se sentem seguras ao desenhar.

A escolha da tinta

Quando chega o momento de ir à loja comprar as tintas, podemos cometer vários erros ao escolher as cores para decorar. Esses erros podem ser resumidos da seguinte maneira:

  • Olhar o mostruário e escolher a cor, sem pedir uma amostra para testar em casa antes.
  • Comprar exatamente a mesma cor do mostruário, sem levar em conta que ela pode variar ao ser aplicada sobre as paredes.
  • O próximo erro cometido, quase simultaneamente aos anteriores, é testar a tinta em só um ponto da casa. Assim, você não conseguirá ver todas as mudanças de luz e sombra que se produzem ao longo do dia, sobre determinada cor.
  • Escolher somente tinta com brilho mate, principalmente pelo seu baixo custo. Esse tipo de acabamento fica bem em paredes com imperfeições e muita luz natural, porque suaviza as superfícies. Mas, é preciso considerar que se trata de um quarto inteiro com essa mesma tinta e o resultado será muito monótono.
  • Deixar a escolha da cor da pintura por último. Ou, em outras palavras, escolher primeiro os móveis e depois as cores para decorar.
  • Pensar na cor do piso depois de ter selecionado a cor das paredes. 
cores para decorar a sala

A aplicação das cores para decorar 

Os erros a seguir geralmente são cometidos no momento de aplicar as cores para decorar.

  • Colocar muitas cores nas paredes, móveis e acessórios é algo a ser evitado. Inclusive na decoração com cores vibrantes, deve-se manter um equilíbrio.
  • Outro erro é o fato de se apoiar somente na tinta, e não utilizar outros materiais que podem tornar o local mais interessante. O papel de parede é um bom exemplo.
  • Pintar de uma cor escura um cômodo com muita luz natural não ajudará a criar um ambiente mais acolhedor ou a simular amplitude. Isso só criará uma espécie de bloqueia pesado para a vista.
  • Além disso, pintar o teto de uma cor escura evitará que o quarto seja harmonioso no que diz respeito à luminosidade e à profundidade.
  • Pintar cada cômodo da casa de uma cor diferente é um erro comum hoje em dia. Isso não dá um sentido de continuidade e cria mudanças muito bruscas que ficam longe de criar um lugar agradável e harmonioso.
  • Aplicar uma cor só em todo o quarto cria um ambiente muito plano, e isso também é um erro.
  • Em relação ao item anterior, não levar em conta os ajustes que devem ser feitos nos acessórios e nos móveis, ao pintar as paredes. Esse é outro erro porque traz peso e monotonia ao cômodo.
  • Pintar de branco tudo o que tenha pouca luz. Considere que isso pode fazer com que o ambiente fique muito frio. Esse é um erro muito comum na hora de decorar. Ao invés de pintar tudo de branco, você pode trabalhar com tons quentes neutros. Alguns exemplos são o marfim, baunilha, bege, entre outros. 

Como chegar à combinação ideal?

cores para decorar ideais

Para escolher a combinação perfeita de cores para decorar, é preciso pensar em tudo o que mencionamos. Mas a regra de ouro consiste em escolher uma cor dominante, uma cor secundária e uma cor auxiliar. Elas deverão ser distribuídas assim:

  • 60% do espaço deve ter a cor dominante.
  • 30% do espaço para a cor secundária.
  • 10% do espaço para a cor auxiliar.

Outro truque para que a pintura das paredes fique perfeita consiste em escolher uma cor e acompanhá-la com um tom mais claro e outro mais escuro. Lembre-se, os acessórios e os móveis sempre devem ser levados em conta. Parece apenas um detalhe, mas as cores também influenciam a nossa mente e corpo.