A estufa: um lugar ideal para as suas plantas

23 de fevereiro de 2020
Você gostaria que as suas plantas não dependessem das condições do clima.? A solução que propomos é a instalação de uma estufa.

Uma estufa é o lugar ideal para as suas plantas, pois, como se fosse uma bolha, ela as protegerá com grande eficiência. O calor e a umidade constantes são as principais características de uma estufa. Esses espaços envidraçados permitem o cultivo de plantas fora de estação e são adequados para a propagação das espécies.

Dicas úteis para tornar uma estufa o lugar ideal para as suas plantas

Além de fornecer as condições climáticas ideais para o desenvolvimento das plantas, uma estufa também tem outros usos, que veremos a seguir.

Tornar possível o impossível

A estufa: Um lugar ideal para as suas plantas

No inverno, essa estrutura permite que as plantas menos resistentes ao frio e à geada permaneçam vivas, bem como aquelas que não aceitam o ambiente seco da calefação. Durante o verão, aquelas que rejeitam o sol direto e exigem uma umidade estável podem ser reavivadas.

Hospital e viveiro

Um lugar ideal para as suas plantas

Devido às suas condições ambientais, as plantas mais fragilizadas podem se recuperar em uma estufa. Da mesma forma, estacas e mudas também ganham força dentro dela. Nesse ambiente, é possível adiantar as florações e também é ideal para a germinação das sementes.

Um ambiente estável

Um lugar ideal para as suas plantas

O interior da estufa deve ser mantido quente. Como no inverno o calor geralmente é perdido, é recomendável aquecê-la. No entanto, você deve saber que uma temperatura excessiva prejudica a umidade do ambiente.

Assim, para manter o ambiente ideal, a temperatura da estufa não deve ficar abaixo dos 15 °C e a umidade não deve exceder os 70%. 

Como conservar o clima interno da estufa

Um lugar ideal para as suas plantas

Se houver problemas com a umidade do ambiente, é aconselhável regar o solo e colocar bandejas de água sobre ele. Uma boa ventilação também é fundamental para diminuir a temperatura e evitar o ar viciado. Por esse motivo, as janelas de ventilação só devem permanecer fechadas quando o tempo estiver muito instável. 

Tipos de estufa

Em geral, esta pode ser uma construção fixada a uma parede ou construída isoladamente, ou seja, de forma independente, sem que a estrutura esteja apoiada nas paredes. Os materiais da estrutura e os painéis transparentes podem ser de diferentes materiais.

Estrutura de madeira

A estufa: Um lugar ideal para as suas plantas

A mais indicada é a madeira de cedro, teca ou sequoia. É atraente e fica bem em todos os jardins. Resiste à passagem do tempo e à maioria dos climas, seguindo os conselhos de conservação para o tipo de madeira. 

Estrutura de alumínio

A estufa: Um lugar ideal para as suas plantas

Geralmente é a mais utilizada. Este material é leve e de fácil manutenção. Resiste às intempéries de qualquer tipo de clima. Além disso, não enferruja nem apodrece. No entanto, o alumínio reage intensamente às mudanças extremas de temperatura, portanto, é necessário ter cuidado.

Estrutura plástica

A estufa: Um lugar ideal para as suas plantas

É uma estrutura pré-fabricada, leve e de fácil manutenção, mas tem a desvantagem de não ser muito resistente.

Painéis de vidro em uma estufa

Um lugar ideal para as suas plantas

As paredes de vidro permitem uma maior passagem da luz e retêm o calor. Elas são estéticas, porém muito pesadas; portanto, elas exigem estruturas sólidas para suportar o seu peso.  

Painéis de plástico

Um lugar ideal para as suas plantas

Os mais utilizados são de PVC e policarbonato; menos luminosos do que o vidro, duram até 10 anos. Existem também os de polietileno, que não apresentam boa luminosidade e duram cerca de 2 anos.

Manutenção de rotina

Um lugar ideal para as suas plantas

A duração de uma estufa depende dos materiais com os quais ela foi construída, mas a sua manutenção também é muito importante. Para prolongar a vida útil dessa estrutura de cultivo, vale a pena levar em consideração algumas recomendações básicas: 

  • É essencial manter os painéis limpos. Independentemente do tipo de material, eles podem ser lavados com a mangueira e é possível usar uma escova de cabo longo para remover a sujeira. Se ela estiver muito incrustada, é aconselhável usar um produto especial.
  • Vidros quebrados devem ser trocados.
  • As calhas de água do telhado devem ser mantidas em boas condições. Também é necessário tomar cuidado para que elas não fiquem com folhas ou pedras acumuladas.
  • É muito importante observar, se as molduras forem de madeira, que elas estejam em boas condições. Se houver problemas, devem ser substituídas imediatamente.

Aspectos a serem considerados se você tiver uma estufa

Um lugar ideal para as suas plantas

É muito importante que a estufa esteja limpa, pois a sujeira é um foco de infecções. A higiene deve ser cuidadosa em sua estrutura interna e externa, bem como a limpeza das plantas.

Para que cada planta esteja em perfeitas condições, é necessário remover as folhas mortas e os resíduos regularmente, evitando assim a propagação de pragas e doenças. É aconselhável fazer uma limpeza profunda uma vez por mês.

Além de ser de fácil acesso, a estufa também deve ter conexões de água e eletricidade. Para completar o equipamento, é conveniente instalar um termômetro que marque as temperaturas máximas e mínimas, bem como um higrômetro para controlar a umidade do ambiente. O que você acha da ideia de ter uma estufa no seu jardim?